Receita do dia: torta holandesa na taça

Um doce fácil e delicioso

Que tal começar o dia de um jeito bem doce? A receita do dia é a torta holandesa na taça que com certeza vai te surpreender porque além de muito fácil de preparar, fica uma delícia.

Por aqui, adoro servir doces em taças. Além de ficar um charme à mesa, é um jeito diferente para servir de forma individual com porções na medida.

Já fiz um bombom de sonho de valsa dentro de copos e foi um sucesso. E agora, chegou a vez de experimentar a torta holandesa de um formato totalmente diferente.

O resultado ficou assim:

Torta holandesa na taça

Além disso, é lindo, delicioso e muito fácil de fazer. Vale a pena conferir esta receita para testar hoje mesmo por aí.

Receita do dia: torta holandesa na taça

Ingredientes:
100 g de biscoito de maisena
50 g de manteiga derretida
2 xícaras de creme de leite fresco
1 lata de leite condensado
1 barra de chocolate meio amargo picado
2 barras de chocolate ao leite picado
1 caixinha de creme de leite
Biscoitos banhados com chocolate para decorar

Modo de fazer:
Primeiramente, em um processador ou liquidificador, triture os biscoitos de maisena e junte a manteiga derretida. Reserve.

Então, com a batedeira, bata o creme de leite fresco e o leite condensado até que a mistura fique consistente. Reserve.

Em seguida, derreta o chocolate meio amargo e o chocolate ao leite em banho maria. Então, retire do calor e junte o creme de leite. Misture bem e reserve.

Em taças, faça uma camada de farofa de biscoito e por cima disponha o creme de leite condensado. Então leve à geladeira por uma hora.

Enfim, disponha a ganache de chocolate mista por cima e decore com biscoitos banhados em chocolate. Está pronto para servir!

Torta holandesa na taça
Torta holandesa na taça

E então, o que achou desta receita? Conta aqui mas já adianto: tenho certeza que você vai amar! 🙂

    Dolce Gusto x Nespresso: quem vence?

    Qual a melhor máquina de cápsulas?

    Que comece a batalha. Dolce Gusto x Nespresso: quem vence? Para você, qual a melhor máquina de cápsulas de café? Por aqui, eu aproveitei dois espaços de cantinho do café para apresentar as duas máquinas e deixar para você decidir qual é a sua preferida!

    Primeiramente, você precisa conhecer os diversos tipos de máquina que estão disponíveis no mercado. Existe Dolce Gusto, Nespresso e algumas outras marcas que fazem bebidas em cápsulas. Além disso, você precisa entender qual a sua necessidade.

    Tanto Dolce Gusto quanto Nespresso oferecem opções compactas ou robustas que também apresentam uma variação de preço de acordo com cada modelo.

    A partir daí, é possível começar a sua pesquisa e então, escolher a sua máquina favorita.

    No cantinho do café do sítio, nós optamos pela máquina Dolce Gusto Mini Me vermelha e preta. Como sempre estamos em uma quantidade maior de pessoas por lá, fizemos uma escolha democrática: esta máquina prepara além de café outras bebidas como chá, capuccino, chocolate entre outras. Além disso, as bebidas podem servidas ser quentes ou frias.

    Batalhe Dolce Gusto x Nespresso: quem vence?

    Por outro lado, no meu apartamento em São Paulo, eu tenho a Nespresso CitiZ Vermelha que vem com um aeroccino acoplado junto à máquina.

    Esta máquina é meu verdadeiro xodó pois comprei em 2011 logo que saí da casa dos meus pais e ela me acompanha firme e forte até hoje. Para quem gosta de café encorpado do tipo espresso, esta é a opção perfeita.

    Batalhe Dolce Gusto x Nespresso: quem vence?

    Batalha Dolce Gusto x Nespresso: quem vence?

    O preço das cápsulas é bem parecido e é possível encontrar facilmente opções em mercados ou mesmo pela internet. Vale a pena conferir o vídeo para esclarecer algumas dúvidas sobre esta escolha.

    Então, clique aqui e vem correndo pro Youtube da Caubi conferir os prós e contras de cada máquina e tirar a sua própria conclusão!

    Mas antes, um spoiler: vai ser muito difícil decidir! 🙂

      Tour completo da casa nova

      Depois das obras, a calmaria

      Finalmente, acabaram-se as obras e reformas por aqui e então chegou o momento de comemorar: vai ter tour completo da casa nova!

      Tour completo da casa nova

      Depois de alguns anos, reformando um cantinho por vez, a área social do meu apartamento está pronta. Não dá nem para acreditar! Agora, minha casa está com a minha cara em todos os detalhes por aqui. Ou seja, muita cor, muitas plantas e muita alegria em cada cantinho.

      Tour completo da casa nova

      Com os espaços integrados e sem paredes, a casa parece maior que seus 82 metros quadrados. Eu transformei um dos quartos em sala e a minha área social se transformou em uma só: cozinha, sala de tv, cantinho do café, varanda, churrasqueira. Tudo no mesmo espaço para poder aproveitar bem cada cantinho do apartamento.

      Varanda integrada
      Tour completo da casa nova

      E por aqui, aproveito cada espaço para preencher com plantas naturais. Como o sol bate em pontos diferentes e com intensidades diferentes em cada cantinho da casa, é possível misturar diversas espécies por aqui.

      Plantas de casa

      E enfim, a última parte da casa a ficar pronta: meu cantinho do café. Anteriormente, ali naquele canto da sala, logo na entrada na casa, ficava uma sala de jantar. Como eu tenho uma mesa para seis lugares na varanda com espaço maior, melhor circulação e melhor claridade, a sala de jantar ficava de lado e tinha se tornado um espaço inútil na minha sala.

      Portanto, com apenas uma mesa para refeição, ganhei um espaço dedicado ao café e aos drinks. Além disso, foi possível ganhar mais espaço com alguns armários e gavetas para poder organizar e setorizar utensílios da casa para servir e cozinhar.

      cantinho do café

      Ainda, ganhei mais espaço de circulação entre os ambientes da casa, o que facilita na limpeza e aumenta a sensação de liberdade.

      Então, vem conferir o tour completo no Youtube da Caubi:

        Minha parede de flores do home office

        Começando a transformação

        Quem me conhece já sabe: eu amo uma reforma! Sou aquela pessoa em transformação constante e, quem frequenta a minha casa, sempre percebe. Aliás, eu mudo tudo de lugar: móveis, plantas, objetos. Ou seja, nada aqui é constante e eu compro novos, reformo antigos e por aí vai… mas, desta vez, depois de reformar a sala e o cantinho do café, chegou a vez de transformar o meu segundo quarto e comecei pela minha parede de flores do novo home office.

        Primeiramente, a escolha do que fazer com a parede branca atrás do sofá. Pensei em várias opções como tijolinho, papel de parede e até combinações de quadros. Mas, depois de pesquisar muito e pedir a opinião de amigos, encontrei esta tendência de pinturas na parede com desenhos florais e formas abstratas.

        A variedade é enorme e para encontrar alguém que fizesse exatamente o mesmo estilo que o meu, foi uma enorme busca por aí.

        Minha parede de flores do home office

        Minha parede de flores do home office
        Minha parede de flores do home office

        A artista escolhida foi a Lu Cesetti. Coincidência ou não, nos conhecemos pela internet e já amei o seu trabalho logo de cara: desenhos florais bem delicados, com muitas cores e personalidade.

        A Lu caprichou demais no desenho da minha parede e eu simplesmente amei o resultado. Para contratá-la, basta conhecer o seu trabalho pelo instagram, que é uma verdadeira vitrine linda do trabalho da Lu.

        Então, é possível solicitar um orçamento e já ir pensando nos desenhos. A Lu me mandou uma prévia da arte da parede e eu logo aprovei. Então, agendamos o dia de trabalho e em menos de oito horas, ela me entregou esta parede pronta e incrível.

        Minha parede de flores do home office

        Então, aperta o play no Youtube da Caubi e vem conferir esse vídeo com o processo completo do desenvolvimento da arte na parede:

        E não se esqueça: se inscreva no canal para não perder nada!

          Comidas da horta para a mesa

          Conhecendo uma horta e um pomar orgânicos

          Já pensou se você pudesse levar comidas da horta para a mesa de um jeito fresquinho, saudável e orgânico? Em Monte Azul isso é possível! Aliás, dentro de casa também é. Com um pedacinho de terra ou algum vaso, é possível montar uma horta ou um pomar orgânico com muito amor e comida fresca e saudável.

          Este é o tema do novo vídeo do Youtube da Caubi. Eu e mami resolvemos fazer um tour especial pelas frutas, verduras e legumes que encontramos pelo interior e então, compartilhamos um pouco dessa aventura com você.

          Ou seja, foi possível encontrar dentro e fora de casa itens deliciosos, frescos e direto do pé.

          As frutas do nosso pomar

          Primeiramente, o tour se inicia pelo sítio. Por lá, nós temos algumas árvores frutíferas espalhadas pelo nosso quintal. Encontramos frutas como amora, limão, uma variedade de espécies de manga, romã entre outras.

          Em alguns pés de fruta foi possível experimentar diretamente do pé. Que sabor!

          Da horta para a mesa nossas frutas
          Da horta para a mesa

          Comidas da horta para a mesa

          Em seguida, encontramos uma horta orgânica perto de casa. Esta horta oferece uma variedade enorme de legumes, verduras e até ovos caipira.

          Tudo o que encontramos lá é muito fresco e é possível comprar um saquinho de qualquer produto por apenas R$ 5.

          A horta, chamada Sabor da Roça, faz parte do Programa Jovem Agricultor, apoiado pelo Sindicato Rural e pela Prefeitura de Monte Azul.

          Comidas da horta para a mesa
          beterraba fresca
          beterraba da terra

          Então, pudemos nos aventurar pelas plantações e ficamos encantadas com a variedade e principalmente a qualidade dos alimentos. Tudo ali tem muito carinho e muita saúde para oferecer.

          Foi incrível descobrir um lugar tão especial e tão perto do sítio. É possível se alimentar bem!

          repolho Comidas da horta

          Quer ver mais? Então, aperta o play e vem conferir o tour completo no Youtube da Caubi:

          E não se esqueça de se inscrever no canal porque sua participação é muito importante 🙂