Aula no Eataly: Menu italiano

 

Esta semana tive o prazer em participar mais uma vez de um curso no Eataly. Com o tema “menu italiano”, o chef Giampiero Giuliani ~ responsável pelo cardápio do restaurante Due Cuochi ~ ensinou três receitas tipicamente italianas, com alguns truques que vou compartilhar por aqui. Lápis e papel (ou print) na mão para anotar o passo a passo destas receitas deliciosas.

Creme de ervilha com queijo de cabra

Ingredientes:
½ cebola roxa picada
1 alho poró picado
500g de ervilhas frescas (o chef usou as frescas congeladas)
Aproximadamente 300 ml de caldo de legumes (em 1 litro de água, coloca 1 cebola cortada grade, 1 salsão/alho poró cortado em pedaços grandes, 2 cenouras cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta à gosto, deixa ferver por 15 min)
300 ml de água com gás (dica do chef para deixar a sopa mais leve)
Manjericão a gosto
Salsinha a gosto
Sal e pimenta a gosto
1 pitada de bicarbonato (o bicarbonato ajuda o creme a ficar com um verde vivo)
100g de queijo de cabra tipo Buchette esfarelado

Modo de fazer:
Em uma panela larga, aqueça um fio de azeite e dourar a cebola e o alho poró. Acrescente a ervilha e deixe refogar por 5 minutos.

Coloque em fogo baixo e acrescente a água com gás e 150 ml de caldo de legumes (como é um creme, o ideal é não colocar todo o caldo e ir acrescentando até chegar na textura desejada), deixe ferver por 5 minutos, acrescente o bicarbonato e depois acrescente o manjericão e a salsinha.

Bata no liquidificador (ou com o mixer) até obter o creme (se necessário coloque um pouco mais de caldo), passe esse creme na peneira (ajude com uma colher ou com o próprio mixer – se necessário coloque um pouco mais de caldo para chegar na consistência desejada). Volte ao fogo para ferver.

Depois que ferver, coloque mais azeite e tempere com sal e pimenta, misture com o mixer para emulsionar.

Sirva o creme em um prato fundo finalizando com os pedaços de queijo de cabra, azeite e ervas. Pode ser servido quente ou gelado.

 

Risoto de aspargos frescos com queijo brie e presunto parma

Ingredientes:
12 fatias finas de presunto cru
400g de aspargos frescos
4 colheres de sopa de azeite extra virgem
½ cebola picada
400 g de arroz carnaroli
½ xícara de vinho branco seco
1 ½ litro de caldo de legumes (em 1 litro de água, coloca 1 cebola cortada grade, 1 salsão/alho poró cortado em pedaços grandes, 2 cenouras cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta à gosto, deixa ferver por 15 min)
240g de queijo brie picado em cubinhos
2 colheres de sopa de manteiga
¾ de xícara de chá de queijo parmesão

Modo de fazer:
Coloque o presunto em uma assadeira e leve ao forno pré aquecido a 200 graus por 5 minutos, até ficar crocante. Quebre grosseiramente com os dedos e reserve.

Corte os aspargos em rodelas finas e reserve as pontas, despreze a base dos aspargos.

Numa panela, aqueça em fogo médio, o azeite (2 colheres) e refogue a cebola mexendo bem para não queimar, até ficar translucida. Acrescente as rodelas dos aspargos e cozinhe um pouco, sem parar de mexer. Coloque o sal no arroz e acrescente o arroz na panela e mexa até começar a pegar, aumente o fogo e acrescente o vinho e mexa até evaporar.

Depois, diminua o fogo e acrescente o caldo de legumes (acrescente o caldo até cobrir o arroz, mexe um pouco e deixa o caldo evaporar, sem mexer – isso ajuda a não soltar muito o amido do arroz), quando o caldo estiver quase evaporado, acrescente mais caldo, até que o arroz esteja ao dente.

Desligue o fogo e coloque 2 colheres de azeite e ¼ de xícara de caldo, mexa rapidamente para emulsificar. Finalize com manteiga, queijo parmesão e brie, misture e sirva.

No prato acrescente as pontas do aspargo e o presunto.

 

Pannacotta com frutti di bosco

Ingredientes:
2 litros de creme de leite fresco
3 favas de baunilha
450 g de açúcar
10 folhas de gelatinha incolor
Calda de Frutas Vermelhas (blueberry, framboesa, amora, morangos. Colocar em uma panela, com ½ kg de açúcar mascavo, deixar ferver e colocar 1 cálice de vinho Dom Izidro, deixar fever até reduzir a um terço)
Biscoitos quebrados em pedações pequenos (o chef usou cantuccini)

Modo de fazer:
Em fogo baixo, coloque o creme de leite em uma panela com a fava de baunilha aberta ao meio (abrir a fava, retirar as sementes e colocar as sementes e a fava na panela) e o açúcar, deixe ferver.

Depois de ferver, desligue o fogo, peneire e acrescente a gelatina (antes de acrescentar a gelatina colocar as folhas em um pouco de gelo para elas amolecerem  – o gelo ajuda a amolecer, sem mudar a forma da folha, o que ajuda a derreter melhor quando entra em contato com o creme).

Porcione a pannacota (porcionar primeiro 2/3 da massa e depois o 1/3 final, pois as sementes de baunilha têm um tendência a ficar no fundo, dessa forma todas as porções terão esse toque da baunilha) e deixar gelar por pelo menos 3 horas.

Na hora de servir coloque uma colher de calda sobre a pannacotta e finalize com uma farofa de biscoitos da sua preferência. Bom apetite!

E aí, o que achou destas receitas? Conta por aqui 🙂

17 total views, no views today

    Vídeo novo: dia de madrinha

     

    E estamos começando a semana por aqui com mais um vídeo no canal do Youtube: um dia de madrinha com a participação especial do Max, meu afilhado de um aninho e filho da Carol <3
    Com certeza este será o vídeo mais fofo que você verá hoje!

    A Carol propôs para mim um Quiz sobre bebês, com perguntas e curiosidades ~ quase ~ impossíveis de responder. E, a cada resposta errada, eu teria que pagar uma prenda bem esquisita. Ficou curioso pra saber?

    Então aperta o PLAY pra conferir!

    E aí, gostou do vídeo?
    Conta aqui 🙂

    28 total views, no views today

      A minha varanda

       

      Neste post vou contar ~ e mostrar ~ um pouquinho mais sobre a varanda da minha casa. Na verdade, ela foi um dos motivos principais por eu ter comprado este apartamento… quando vi, foi amor à primeira vista.

      Com uma vista privilegiada de São Paulo, eu moro no 26º andar e logo que me mudei para cá, fiz algumas alterações na planta original. Inicialmente, meu apartamento tinha 3 dormitórios mas, por morar sozinha não vi a necessidade de ter três quartos. Então, desmanchei o ‘dormitório 2’ para ampliar a sala e tirei a porta da varanda, tornando toda a área social da casa em uma só.

      Outro problema que eu tinha e que acabou virando uma solução, foi o ar condicionado. Por aqui, só tenho o ar condicionado no quarto e a máquina de saída do ar fica na varanda (fiz um post há um tempo atrás mostrando o antes e depois aqui). Então, meu pai fez o projeto deste móvel em madeira ripada para esconder a máquina do ar. E o que era improviso virou um dos meus cantinhos favoritos da casa: minha horta e cantinho do café.

      E uso também este móvel como mesa de apoio quando recebo mais pessoas por aqui.

      O único ponto negativo por aqui é a obrigação de manter pelo menos uma das partes de vidro aberta quando for ligar o ar condicionado. Como o ar que sai da máquina é quente, é preciso manter algum tipo de ventilação para não esquentar muito o ambiente ou a máquina.

      Do outro lado, fica a churrasqueira. Não sei se a exaustão do prédio é muito boa ou se é porque eu moro no último andar, mas nunca tive problema com fumaça ou cheiro por aqui. Claro que sempre que uso, as portas de vidro ficam abertas e preciso ligar o botão do exaustor. Com o ambiente integrado, a área da churrasqueira ficou maior e mais confortável para os convidados.

      Se a planta do seu apartamento é parecida com essa, recomendo pensar em abrir os ambientes para integrar a área social da casa. Além de ficarmos com a impressão de amplitude, você usa muito mais todos os ambientes da casa.

      Gostou dessa mudança? Conta aqui o que achou 🙂

      44 total views, no views today

        Aula no Eataly: Noite Romana

         

        Para quem ama comida italiana: este post é pra você! <3
        Ontem fui a uma aula incrível no Eataly, ministrada pelo chef italiano Ale Lupini, do restaurante Fior di Zucca. Com o tema “noite romana” pude aprender a verdadeira receita original italiana de três massada: Fettucine Alfredo, Tagliatelle alla Papalina e Spaghetti alla Carbonara. Além de deliciosas, as receitas são muito menos complexas do que a gente imagina. Segundo o chef, na culinária romana simplicidade é tudo.

        Por isso, prestei muita atenção na aula e separei o passo a passo para que você possa tornar a sua casa uma verdadeira cantina italiana e testar estas receitas por aí. Veja a seguir.

        Fettucine Alfredo

        Ingredientes:
        400g de fettucine (massa fresca)
        200g de manteiga sem sal
        300g de parmesão ralado
        Sal a gosto
        Azeite extra virgem
        Pimenta do reino a gosto

        Modo de fazer:
        Em uma panela com abundante água, ferver a massa fresca. Ao mesmo tempo, em uma panela colocar a manteiga a fogo baixo para derreter. Quando estiver totalmente derretida e formar um espuma dourada, acrescentar uma concha da água de fervura da massa fresca.

        Tirar o fettucine e acrescentar na panela com a manteiga derretida. Saltear por cerca de 1 a 2 minutos. Corrigir o sal e acrescentar o parmesão com o fogo desligado. Colocar uma pitada de pimenta do reino. Deixar bem cremoso acrescentando mais uma concha de água de fervura se precisar.

        Servir bem quente. Bom apetite!

         

        Tagliatelle alla Papalina

        Ingredientes:
        400g de tagliatelle
        150g de presunto parma
        100g de manteiga sem sal
        1/2 cebola branca
        2 ovos
        200g de parmesão ralado
        100ml de creme de leite fresco
        Sal e pimenta do reino a gosto

        Modo de fazer:
        Em uma panela, dourar a manteiga e a cebola branca fatiada bem fina. Acrescentar o presunto parma.

        Cozinhar a massa em água abundante e coar ela bem al dente e refogar por 1 minuto na manteiga e presunto.

        Em um bowl, colocar as gemas dos ovos, o parmesão ralado e o creme de leite fresco. Bater tudo com a ajuda de um fouet e acrescentar na panela da massa com o fogo desligado ou muito baixo. Mexer bem para deixar a massa bem cremosa.

        Servir bem quente. Bom apetite!

         

        Spaghetti alla Carbonara

        Ingredientes:
        500g de spaghetti
        8 ovos
        300g de queijo pecorino ralado
        400g de guanciale (bochecha do porco)
        Pimenta do reino e sal a gosto
        Azeite extra virgem

        Modo de fazer:
        Em uma frigideira, dourar o guanciale cortado em cubinhos no azeite extra virgem e deixar ele bem dourado.

        Em um bowl, colocar os ovos e o pecorino romano e bater até obter um creme bem denso e acrescentar a pimenta do reino.

        Ferver o spaghetti e coar ele bem al dente. Acrescentar o spaghetti na frigideira com o guanciale e deixar a massa pegar o sabor, salteando bem.

        Com o fogo desligado, acrescentar o creme de ovos e pecorino romano, aproveitando o calor da panela para deixar os ovos mais densos. Deixar bem cremoso.

        Servir bem quente. Bom apetite!

        E aí, o que achou destas receitas?
        Conta aqui 🙂

        Para ver as aulas disponíveis e comprar um curso no Eataly, clique aqui.

        21 total views, no views today

          Receita do dia: suflê de frango com milho

           

          Que tal começar a semana com uma receita super gostosa e fácil de fazer? A San testou e aprovou um suflê de frango com milho super prático e compartilhou com a gente para você testar por aí também. Vem conferir o passo a passo:

          Ingredientes:
          2 colheres de sopa de manteiga
          1 dente de alho picado
          1/2 cebola picada
          1 lata de milho verde escorrido
          3 xícaras de chá de peito de frango cozido e desfiado
          1 cubo de caldo de galinha (nesta etapa, a San fez o seu próprio caldo de galinha: colocou os peitos se frango para cozinhar com 1 cebola, 2 dentes de alho, 1 cenoura, 1/2 pimentão, 1 folha se louro, 1/2 colher de chá de páprica doce e sal por aproximadamente 15 minutos)
          1 colher de sopa de farinha de trigo
          1 xícara de chá de água morna ~a San usou caldo de galinha no lugar da água
          Sal e cheiro-verde picado a gosto
          4 claras em neve
          Manteiga para untar
          1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado

          Modo de fazer:
          Aqueça uma panela com a manteiga, em fogo médio, e frite o alho e a cebola até dourar.

          Adicione o milho, o frango e refogue por 3 minutos. Junte a farinha dissolvida no caldo de galinha, tempere com sal, cheiro-verde e cozinhe até engrossar levemente, mexendo.

          Desligue e deixe amornar. Misture delicadamente com as claras em neve e despeje em ramequins untados.

          Polvilhe com o parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 15 minutos. Retire e sirva em seguida. Bom apetite!

          E aí, o que achou desta receita?
          Conta aqui 🙂

          29 total views, no views today