Os 7 anos de blog

Nunca gostei de números ímpares, sempre achei sinal de azar. mas por incrível que pareça estou comemorando os 7 anos de blog justamente em um ano ímpar e que agora tem sido o melhor de todos para mim e para a Casa da Caubi.

O que significa que superstições não querem dizer nada e muitas vezes nos impedem de seguirmos em frente livres e sem pensar muito naquilo que nos prende.

E foi justamente assim com o blog: quando eu decidi ser livre é que comecei a ser feliz. E se passaram 7 anos de muito trabalho, persistência e perseverança. Uma dose diária de fé e algumas vezes, sorte.

O apoio incondicional da minha família foi o pilar mais importante para me levantar nos momentos difíceis. Acredite: tiveram muitos. Aquela hora que você pensa em jogar tudo para o alto e desistir. E aquela hora em que a vida manda um sinal para seguir em frente.

E hoje eu vejo: tudo valeu a pena.
Que sorte eu tenho em compartilhar a minha vida na internet e receber tanto carinho em troca. Tanto trabalho incrível ao lado de marcas que sempre admirei.
Quantos amigos o blog me trouxe. E quanta coisa ruim eu superei e deixei pra trás.

Ano 1: estava no apartamento onde o blog começou. Era alugado e foi o lugar em que me juntei e logo depois me separei. Apesar da intensidade das histórias que aconteceram por ali, a passagem foi bem rápida. Fiquei um pouco mais de um ano mas ali aprendi que lar é onde nosso coração está.

Ano 2: o primeiro ano na casa nova. Ainda estava insegura com o grande passo que eu tinha dado. Afinal, não poderia mais desistir: minha casa, minha obra e meu financiamento. Com a ajuda da família e amigos passei por mais um ano de cabeça erguida e seguindo em frente comemorando sempre.

Ano 3: existe algo mais simples e delicioso que reunir quem a gente ama em um piquenique no parque? Resolvi comemorar mais um ano de blog em uma manhã no parque cheia de delícias e pessoas queridas. Tinha muito para comemorar naquele ano mas ainda não sabia a proporção que o blog tinha tomado na minha vida.

Ano 4: decidi repetir a comemoração do ano anterior em um piquenique em que cada convidado levaria um prato para que todos pudessem experimentar e compartilhar receitas e experiências. Todas as receitas foram para o blog como forma de homenagear quem sempre esteve ali comigo.

Ano 5: de volta para casa. Comemorei os 5 anos do blog no salão de festas do prédio e a celebração foi um concurso: desafiei os convidados a preparem seus pratos favoritos: ou doce ou salgado. Na festa, todos deveriam provar os pratos e votar no seu favorito e o ganhador ganharia um presente da Casa da Caubi. Mais uma comemoração incrível.

Ano 6: foi um ano de reflexão. Não fiz festa, mas também não deixei passar em branco. Em uma celebração para meus pais e a minha irmã, agradeci pelo sexto ano de blog e havia chegado ao ponto que eu realmente queria levar tudo isso como trabalho, me dedicando com ainda mais amor e empenho porque eu tinha a certeza que a Casa da Caubi iria fazer a diferença.

Ano 7: descobri que o melhor tempo é HOJE. Aprendi com o passado e tenho muito o que planejar para o futuro. Mas eu quero ser feliz agora e me dedicar ao que realmente importa: compartilhar o amor sempre através das minhas postagens… que elas possam chegar até você com as melhores energias e que eu possa fazer a diferença com o conteúdo que produzo com muito carinho.

Que venham 8, 9, 10 …. e muito mais! Quero passar o resto dos meus dias compartilhando amor por aqui. Viva a Casa da Caubi! 🙂

    Vídeo novo: como cuidar de astromélias em casa

    Sexta-feira é dia de vídeo novo no Youtube da Caubi! Nesta semana conto um pouquinho mais como cuido das minhas flores em casa para que elas durem mais.

    Toda semana compro astromélias no mercado e ao longo do tempo descobri alguns truques para fazer com que elas durem mais em casa.
    Através do passo a passo do vídeo de hoje é possível fazer com que elas durem até duas vezes mais.

    Aperta o play e vem conferir todas as dicas:

    E me conta o que achou das dicas para que as flores durem muito mais na sua casa 🙂