A difícil tarefa de fazer arroz na panela de arroz

Por Peu.

“Saudades crianças? Bem, hoje vou contar para vocês todo o drama da receita mais difícil que já fiz na panela elétrica de arroz,  uma receita de arroz doce. A receita em si é bem simples mas o problema são os monstros mutantes que se formam na panela durante a receita. Mas vamos aos ingredientes:

  • 4 medidas de arroz (copinho que acompanha a maioria das panelas)
  • 12 medidas de leite
  • 2 medidas de água
  • uma lata de leite condensado
  • 2 medidas e meia de açúcar

A teoria é bem simples, após lavar o arroz é só colocar na panela junto com o leite e o açúcar e ligar a panela. Essa medidas são apenas um exemplo, mas a proporção que é importante.  O triplo de leite para a quantidade de arroz, a água e açúcar depende do gosto de cada um.

1

De tempos em tempos tem que dar uma olhada na panela, por algum motivo muito estranho (pelo menos na minha panela) enquanto fervia o arroz foi se juntando e virando um bolo único mutante e radioativo no meio da panela. rsrsrs Mas é só ir adicionando a água e mexer de tempos em tempos que fica tudo tranquilo.

2

Quando o arroz já estiver cozido, basta controlar o tempo para deixar o arroz mais cremoso ou mais liquido. Quando já estiver no ponto que você gosta, adicione a lata do leite condensado. Misture bem e deixe ferver mais um pouco.  Experimente o açúcar.

3

Como o arroz fica bem mais grosso que o normal, é importante tomar cuidado pra cozinhar por igual e não queimar o fundo. Basta de tempos em tempos mexer, essa é a parte chata da receita. Na verdade não é difícil, só trabalhosa. É preciso ficar de olho direto e não se assustar com as formas que o arroz pode tomar…rsrsrs

4

A galera aqui de casa aprovou. Eu que também não sou muito fã de doce gostei e agora espero a opinião de vocês. Grande Abraço e até a próxima !!!”

10 total views, 1 views today

    Uma rapaz “de família”, nascido no interior e que veio ainda pequeno pra São Paulo, mas que não deixou o jeito bruto, rústico e sistemático de ser para trás. Trabalho com tecnologia e gosto muito de criar; aliás acho que exercitar a criatividade e botar a mão na massa são a minha praia. Não gosto de fórmulas, receitas, regras e ordens. Acredito que essas coisas limitam nossa capacidade de criar e ir além do que já fizeram. Dizem que sou chato, louco e do contra, mas eu discordo de tudo isso rsrsrs… Sou muito prático. Sou uma tentativa de conciliação entre ser empresário, amigo, dono de casa, cozinheiro, apreciador de cerveja, bom filho e bom vizinho. Mas no final das contas sou apenas mais um cara que gosta muito de estar entre amigos, de musica, cerveja e churrasco.

    7 thoughts on “A difícil tarefa de fazer arroz na panela de arroz

    1. maria jose ramos

      Peu! nunca vou poder opinar ou testar suas receitas ??? Você é muito simples e descomplica a arte de cozinhar e isso acho sensacional ! Mas eu não como nada com açúcar, leite condensado, gordura, carne .. ( sim eu estou viva rsrs ) . Gostaria muito de testar um dia suas receitas, afinal não tenho muito tempo e preciso de receitinhas rápidas, praticas e gostosas, mas sem gordura… quem sabe um dia ?!. Sucesso e Parabéns!

      [Reply]

    2. Peu

      Maria Helena, tudo bom? Vale a pena testar a receita, é simples e fica bem gostoso!!! ;D
      Dona Mj a minha ideia é sempre descomplicar a vida, só acho difícil conseguir fazer alguma receita sem tudo isso que você falou rsrsrsrs Receitas de saladas não são muito meu forte.rsrs
      Mas seu comentários nos deu algumas ideias, aguardem novidades!!!!!

      [Reply]

    3. Cida

      Adadorei o pão de quejo. Mas como estou c colesterol muito alto. Gostaria de saber se VC tem receitas mais light.

      [Reply]

      caubi Reply:

      Oi Cida, muito obrigada pela visita!
      Estamos procurando as receitas mais lights sim! Mais magrinhas mas sem perder o sabor. Continue acompanhando que vai aparecer coisa boa por aqui! Bjoooss 😉

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *