Sopa creme de abóbora

 

Que tal levar as inspirações do Dia das Bruxas para a cozinha? Semana passada fiz um arranjo de mesa de abóbora com suculentas e a polpa da abóbora, reaproveitei e utilizei para fazer esta receita deliciosa de sopa creme. Veja como é simples e delicioso fazer

Ingredientes:
1 kg de abóbora moranga
2 colheres de sopa de manteiga
½ cebola
1 dente de alho
1 litro de caldo de legumes
½ xícara de chá de creme de leite fresco
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Pedacinhos de queijo branco para decorar

Modo de fazer:
Lave a abóbora sob água corrente. Sobre uma tábua, descasque-a e corte ao meio. Retire as sementes e corte a abóbora em cubos. Pique a cebola e o alho.

Numa panela média, coloque a manteiga e leve ao fogo baixo. Quando derreter, acrescente a cebola e refogue, mexendo sempre, até ela ficar transparente. Junte o alho picado e mexa por 1 minuto. Adicione os cubos de abóbora e refogue por mais 1 minuto.

Em seguida, coloque o caldo de legumes quente e tampe a panela. Quando começar a ferver, deixe cozinhar por 20 minutos ou até que os cubos de abóbora fiquem macios. Retire do fogo e bata no liquidificador por 1 minuto.

Volte o creme de abóbora para a panela e leve ao fogo baixo. Acrescente o creme de leite fresco e deixe ferver novamente. Desligue o fogo.

Coloque a sopa numa tigela ou numa minimoranga e finalize com pedacinhos de queijo branco. Está pronta para servir. Bom apetite!

E aí, o que achou desta receita?
Vale a pena provar 🙂

    Mesa posta para o Dia das Bruxas

     

    A semana começa assustadora por aqui! Com a ajuda da Rica Festa, montei uma mesa posta para receber e divertir neste Dia da Bruxas, que acontece esta semana.

    Comecei a decoração com uma toalha neutra e em um tom mais escuro, que pudesse destacar a decoração: a escolhida foi um azul jeans, bem neutro. A partir deste ponto, escolhi as flores. Astromélia é sempre a opção mais econômica e versátil por causa da variedade de cores. E para combinar com o Halloween, optei pela laranja com amarela combinando também com a abóbora com suculentas que já tinha pronta em casa.

    Confeitos, bolo e doces foram o toque para alegrar e adoçar ainda mais a produção, que ficou cheia de elementos assustadores e tradicionais desta festa como bruxa, caveiras e insetos mas, sem deixar de ser divertida com muitos toques de cores espalhados e misturados pela mesa.

    Um dos grandes pontos de destaque foi o bolo cemitério, com massa de chocolate e bolachas de maisena para formar as lápides. As cruzes e o “RIP” foram desenhados com palito de dente de chocolate derretido e ainda, acrescentei minhocas de jujuba para complementar o cenário e deixar tudo mais assustador e colorido. Para servir o bolo, usei uma tábua azul de madeira o que tornou tudo ainda mais rústico. Para servir, os convidados podem cortar as fatias ~ ou lápides ~ ali na tábua mesmo e comer com as mãos.

    E bem atrás, as taças coloridas serviram como poção mágica de confeitos coloridos com morcego e a bruxa voando em busca de mais um feitiço.

    No detalhe, a mistura de caveiras deixou tudo ainda mais divertido. Minha mãe tinha em casa a caveira mexicana vermelha e esta com o sapo na cabeça. Aproveitamos o momento para deixá-las junto com o crânio super real e bem pertinho do cemitério e da placa “Gostosuras ou travessuras”.

    A caneca de café laranja também virou vaso com uma plantinha e ganhou minhocas coloridas ao fundo, deixando o cemitério ainda mais colorido.

    Logo à frente e bem ao lado da caveira, uma bruxa repousando de seu passeio de vassoura em cima de um pão de mel com uma abóbora na mão. Porque bruxa também pode ser fofa e fazer magia para o bem né? Aqui na Casa da Caubi, todo feitiço é cheio de boas energias e muita luz sempre!

    No cantinho das abóboras, misturei vários estilos que deixou a bruxa apaixonada pela decoração. Teve a abóbora de verdade com as suculentas mas também teve abóboras de cerâmica em tons de laranja, cobre e até branca com bolinhas pretas.

    Ah, e também teve uma aranha cheia de brilhos que foi bisbilhotar neste cantinho também.

    E aí, o que achou desta inspiração para assustar e alegrar o seu Dia das Bruxas? Que ele seja engraçado, divertido e cheio de gostosuras e travessuras! 🙂

      Salada de fregola

       

      Você já comeu fregola? Ainda não? Então corra para o mercado mais próximo para comprar este ingrediente e testar esta receita! Eu experimentei pela primeira vez nesta salada preparada pelo Portal da Gastronomia e já amei.

      Fregola sarda ou fregula é uma massa seca, rústica com aparência de um grão e muito antiga feita de semolina e tostada ao forno. É reconhecida também como couscous de Israel graças ao seu formato de bolinhas que variam entre pequenas e menores ainda (2 mm a 3 mm de diâmetro ). A variação maior das tais bolinhas irregulares são chamadas de fregolone.

      A fregola tem origem na cozinha da Sardenha e à mesa ela se presta a diversos preparos como: sopas de frutos do mar; cozida em água e escorrida como qualquer macarrão; temperada com molho de tomate, queijo e ervas; ou ainda fervida com cubos de pancetta, tomate e salsa. Há ainda a salada de fregola, que deixamos a receita abaixo para você testar por aí também.

      Fregola
      Ingredientes:
      500 g de fregola
      2 litros de água
      2 cápsulas de café de torra escura / alta intensidade
      1 dúzia de ovos de codorna cozidos
      200 g de tomate sweet grape (pode ser cereja, ou similares)
      200 g de presunto picado em cubinho
      1 cebola roxa bem picadinha
      1 maço de salsinha
      1 colher de sopa de gengibre em pó
      1 colher de sopa de noz moscada ralada
      Pimenta do reino moída na hora à gosto
      Sal a gosto
      50 ml de azeite extra virgem
      250 g de nozes picadas
      Ramos de hortelã para decorar

      Modo de fazer:
      Em uma panela, coloque a água para ferver com sal. Após fervura, adicione o café e a fregola. Deixe cozinhar por 16 a 18 minutos. Se estiver al dente, escorra a água e pare a fervura com bastante água gelada.

      Com os grãos resfriados, adicione todos os ingredientes (exceto as nozes e hortelã).

      Misture bem e garanta que os grãos tenham aderência do azeite. Lembre-se de acertar o sal.

      Após misturar bem, leve à geladeira, por pelo menos 12 horas antes de servir. 1 hora antes de servir, adicione o molho pesto (receita abaixo), as nozes e decore com os ramos de hortelã.

       

      Molho pesto especial com limão siciliano
      Ingredientes
      2 dentes de alho assados em um pouco de azeite em forno baixo por 10 minutos
      De 20 a 30 folhas de hortelã
      1 limão siciliano espremido
      50 ml de azeite extra virgem
      20 ml de água
      1/2 colher de chá de sal

      Modo de fazer:
      Bata tudo num liquidificador ou mixer ou similar.

      Dica do Portal da Gastronomia: Sirva pelo menos 12 horas após a término do preparo, pois este tipo de salada precisa de muitas horas para que tenha o gosto dos temperos. Sempre preparo 1 dia antes e ela costuma durar tranquilamente, na geladeira, por 4 a 5 dias.

      Aproveite e bom apetite!

      E aí, o que achou desta receita pra terminar bem a semana? Experimente, você vai se surpreender!
      Conta aqui 🙂

        25 de outubro: o dia da massa

         

        O dia 25 de outubro é mais conhecido como “Dia mundial da Massa”. Existe comemoração melhor do que aquela que reúne comida boa e amigos queridos? A convite da La Pastina, reuni uma galera aqui em casa para celebrar este dia com pratos deliciosos feitos com ingredientes da marca. Veja como foi:

        Antes de todas as receitas, começo sempre pela mesa posta: quantas pessoas, qual o tipo de comida e bebia que iremos servir e a ocasião. Como este era um convite mais informal, abusei das cores à mesa com pratos e taças diferentes e um arranjo ao centro bem colorido.

        Tanto a entrada quanto o prato principal e sobremesa seriam servidos no balcão da cozinha, então cada convidado estava à vontade para se servir e sentar onde desejasse.

        Para os antepastos: mix de vegetais e mix de vegetais na brasa, bruschetta de tomate seco e azeitona preta acompanhados por fatias de pão italiano com azeite bem quentinhas. Iniciamos o nosso almoço com o vinho rosé francês da La Pastina King Rabbit, ideal para servir com entradinhas e comidas leves. Fomos servindo e comendo no balcão mesmo, para dar um toque descontraído, informal e resolver o problema de espaço para muitas pessoas em um espaço pequeno.

        Em seguida, foi servida uma salada de fregola feita pelo Portal da Gastronomia. Fregola é um tipo de massa da Sardenha, muito presente na cozinha mediterrânea e esta foi a primeira vez que provei este ingrediente e já fiquei apaixonada. Os meninos fizeram e serviram a receita ao estilo cuscuz marroquinho e a salada foi servida fria acompanhada por tomates, ovo de cordona e outros ingredientes que irei postar em breve por aqui.

        Comemos a salada acompanhada por mini torradinhas e ficou deliciosos demais!

        Para o prato principal, a Cy do Menu do Dia e o Leandro do Portal da Gastronomia preparam um trio de conchiglione recheado com cream cheese e muçarela de búfala utilizando 3 molhos La Pastina: alcachofra com tomates, funghi e pesto. Esta foi uma opção para agradar a todos os paladares para quem quisesse comer os sabores juntos ou separados. Foi um verdadeiro sucesso por aqui e aprovado por todos os convidados!

        Como acompanhamento, o vinho branco português Morgado de Silgueiros, que realçou ainda mais o sabor dos molhos e da massa.

        E este é o pessoal que deixou o dia da massa ainda mais gostoso: Rô e Jorge do @palpitesgourmet, Manu e Edu do @meuape81, Leandro e Caio do @portal_da_gastronomia, Cy do @menudodia , Cris e Marcelo do @cookpointbr e A Lari do @estiloitaim. Afinal, não existe nada melhor que compartilhar comida com quem a gente ama né?

        E você, já pensou como irá celebrar o dia de hoje? 🙂

        68 total views, 4 views today

          Pavlova de lasagna

           

          Que tal começar as comemorações do dia da massa com uma receita surpreendente? A pavlova de lasanha foi uma sugestão que recebemos da La Pastina para celebrar 25 de outubro, dia mundial da massa, muito bem acompanhados. Veja abaixo o passo a passo para testar por aí essa delícia também:

          Ingredientes
          Para a massa:
          ½ pacote de lasagna DIVELLA
          Manteiga derretida – aproximadamente 50g
          Açúcar cristal

          Para o recheio:
          500 ml de creme de leite fresco
          4 colheres de sopa de açúcar
          2 colheres de sopa de açúcar mascavo
          1 colher de sopa de essência de baunilha
          3 bandejas de morango (250g cada)
          300 g de blueberry congelado
          4 colheres de chá de polpa de maracujá

          Para polvilhar:
          Açúcar de confeiteiro

          Modo de fazer:
          Leve ao fogo uma panela com 4 litros de água. Quando a água ferver, adicione 1 ½ colher de sopa de sal e espere ferver novamente antes de colocar a massa para cozinhar. Cozinhe as folhas de lasagna por 4 minutos, escorra-as  e seque com um pano.

          Corte cada folha em 3 partes retangulares iguais. Unte o fundo de uma forma com manteiga, disponha as massas na mesma e pincele o lado de cima também.

          Polvilhe com o açúcar cristal e asse em forno moderado (180ºC), até a massa ficar levemente dourada (aproximadamente 8 minutos). Dependendo do tamanho de sua forma, serão mais ou menos 5 fornadas. Reserve.

          Bata o creme de leite com o açúcar e a baunilha, até obter o ponto de chantilly. Reserve.

          Faça uma calda com 1 bandeja de morango cortadinho, 200 g de blueberries e o açúcar mascavo. Dissolva em fogo baixo, amassando e mexendo até que cozinhe e forme uma calda com pequenos pedaços de frutas ~ de 8 a 10 minutos. Espere esfriar.

          Para a montagem da sobremesa, coloque uma folha de lasagna crocante no centro de cada prato e, por cima um pouco de chantilly. Arrume fatias de morango e 2 blueberries. Jogue uma colher da calda por cima. Coloque outra folha de lasagna crocante e repita a operação. Finalize com uma folha de lasagna crocante polvilhada com açúcar de confeiteiro.

          A altura da sobremesa pode variar de acordo com o gosto, mas sugerimos 2 camadas de recheio de chantilly e frutas com calda.

          Deixe gelar por pelo menos 2 horas. Está pronta para servir!

          Babando nesta receita!
          O que você achou? Conta aqui 🙂