Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo

Quem diria que encontramos no Brasil um dos melhores azeites do mundo? Então, eu tive esta experiência conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo e vou compartilhar por aqui todos os detalhes desta visita inesquecível.

Ontem fiz uma visita à Fazenda do Campo Alto, localizada em Santo Antônio do Pinhal e produtora do Azeite de Oliva Sabiá. Então, em uma paisagem de tirar o fôlego na Serra da Mantiqueira, pude conhecer um dos melhores azeites do mundo.

Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo
Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo

Cultivando oliveiras neste local desde 2014, o Azeite Sabiá possui produção tanto em Santo Antônio do Pinhal quanto em Encruzilhada do Sul, no Rio Grande do Sul.

Em Santo Antônio do Pinhal, a fazenda conta com uma produção de quase 6 mil oliveiras e em um processo artesanal, foi possível acompanhar todas as etapas desde a plantação até o preparo dos azeites que são disponibilizados à venda.

Então, o diferencial deste azeite é a sua pequena produção com uma acidez surpreendente e qualidade incrível, que levou a marca a receber diversos prêmios como melhor azeite do mundo.

No tour, foi possível conhecer a história dos produtores e apreciar a paisagem linda onde as oliveiras estão plantadas. Primeiramente, podemos ver uma oliveira com mais de 300 anos que veio do Uruguai para a Fazenda. Ela é a entrada para a plantação que vem logo a seguir.

Em seguida, é possível mergulhar na história do azeite e do local e se perder com tamanha beleza da natureza que serve como cenário para uma deliciosa história.

 Fazenda do Campo Alto
Primeira oliveira de Sabiá com mais de 300 anos
 Fazenda do Campo Alto

Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo

As azeitonas são colhidas ainda verdes, ou seja, a chamada colheita precoce, o que oferece um sabor fresco e um aroma único ao Azeite Sabiá.

Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo

É possível encontrar o Azeite Sabiá em 4 tipos diferentes:

  • Arbequina: azeitona de origem espanhola, a arbequina produz um azeite equilibrado, aromático, frutado e com uma leve picância no final;
  • Arbosana: azeitona de origem catalã, Espanha, a arbosana produz um azeite com toques de tomates maduros, amêndoas e frutas tropicais. Médio frutado, picante e levemente amargo;
  • Koroneiki: azeitona originária da Grécia, a koroneiki produz um azeite de sabor frutado, com toques de tomate verde e maçã. É picante e tem um leve amargor. Possui um alto teor de polifenóis, o que lhe dá maior estabilidade de sabor e frescor;
  • Coratina: azeitona de origem italiana, da região da Puglia, a coratina produz um azeite médio frutado com toques de alcachofra, amêndoas e rúcula. Tem alto teor de polifenóis, antioxidante que faz muito bem à saúde, com amargor e picância intensos. É ideal para acompanhar pratos mais temperados, cordeiro, entrecôte e verduras amargas.
 Fazenda do Campo Alto
Uma azeitona do olival Sabiá
Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo
Azeitona no pé Sabiá
Azeitona colhida direto do pé
Que tal colher uma azeitona direto do pé

Ou seja, um passeio de descobertas

Ao final do passeio, pudemos fazer uma degustação às cegas e então entender um pouco mais sobre os azeites testando o nosso paladar.

Enfim, foi possível aprender sobre aromas, picância, armargor e harmonia dos tipos de azeite, bem como a importância de escolher um bom azeite extra-virgem tanto para as receitas quanto para a nossa saúde.

Ou seja, com certeza este é um passeio imperdível para quem vai visitar a região da Serra da Mantiqueira. Portanto, super recomendo!

Degustação às cegas de azeite
Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo
Conhecendo uma produção de azeite no interior de São Paulo

O passeio custa R$ 30 por pessoas e deve ser agendado com antecedência através do contato do site do Azeite Sabiá.

E então, o que achou deste passeio e desta descoberta? Me conta, quero muito saber! 

Acompanhe a Casa da Caubi nas redes sociais:
Blog: casadacaubi.com.br
Instagram: @casadacaubi
Facebook: /casadacaubi
Pinterest: casadacaubi
Youtube: casadacaubi

    Experiência Dinner in the Sky

    Fui conhecer uma das atrações mais legais na cidade de São Paulo: a experiência Dinner in the Sky promete surpreender com uma vista de tirar o fôlego a 50 metros de altura, no Parque do Ibirapuera.

    Então, mais que um evento, esta é uma experiência que acontece em vários países do mundo, o qual uma plataforma é elevada às alturas para experiências gastronômicas.

    E, desta vez, eu saí do apartamento e conferi pessoalmente todos os detalhes em um café da manhã super especial.

    A experiência Dinner in the Sky

    Este ano, os organizadores escolheram a Praça Armando de Sales Oliveira, em frente ao Parque do Ibirapuera, na Vila Mariana. Ou seja, um verdadeiro ícone da cidade de São Paulo e com uma das melhores vistas para admirar né?

    O evento acontece até o dia 14 de novembro neste local e durante a experiência (subida) é tudo incluído (alimentos e bebidas alcoólicas / não alcoólicas). Para comer e beber bem!

    As experiências são disponíveis: brunch (10h duração 40 minutos), almoço (12h/14h duração 50 minutos), coquetel (16h duração 40 minutos), sunset (17h30 duração 55 minutos) e jantar (20h/22h duração 70 minutos) com valores a partir de R$ 250.

    Jantar nas alturas com Dinner in the sky

    Experiência Dinner in the Sky

    Eu pude vivenciar o café da manhã e foi incrível! Com opções de café, champanhe, cerveja e água para beber e pães, frios, iogurte com frutas e quiche para comer, os pratos são bem servidos e bem caprichados.

    Café da manhã dinner in the sky
    Parque do Ibirapuera
    A experiência Dinner in the Sky
    Experiência incrível a 50 metros do chão

    Mas, apesar da altura, esta foi uma experiência muito segura. Utilizamos cintos de segurança bem reforçados e a plataforma com capacidade para 22 pessoas se movimenta super devagar. Mas, se você tiver medo de altura, é só não olhar para baixo rsrsrs…

    O Dinner in the Sky também possui aquecimento e entrega mantinhas para manter os convidados aquecidos. Então, mesmo com frio, eu recomendo a experiência.

    A experiência vai até o dia 14 de novembro na cidade e oferece as opções de café da manhã, brunch, almoço de jantar com um cardápio super completo. Ou seja, dá pra aproveitar em vários momentos do dia – ou da noite!

    Então para comprar ingressos, clique aqui e acesse o site do evento!

    E aí, você teria coragem para encarar esta aventura a 50 metros do chão? Me conta! E também não perca nada no Youtube na Caubi! 🙂

      Comidas da horta para a mesa

      Conhecendo uma horta e um pomar orgânicos

      Já pensou se você pudesse levar comidas da horta para a mesa de um jeito fresquinho, saudável e orgânico? Em Monte Azul isso é possível! Aliás, dentro de casa também é. Com um pedacinho de terra ou algum vaso, é possível montar uma horta ou um pomar orgânico com muito amor e comida fresca e saudável.

      Este é o tema do novo vídeo do Youtube da Caubi. Eu e mami resolvemos fazer um tour especial pelas frutas, verduras e legumes que encontramos pelo interior e então, compartilhamos um pouco dessa aventura com você.

      Ou seja, foi possível encontrar dentro e fora de casa itens deliciosos, frescos e direto do pé.

      As frutas do nosso pomar

      Primeiramente, o tour se inicia pelo sítio. Por lá, nós temos algumas árvores frutíferas espalhadas pelo nosso quintal. Encontramos frutas como amora, limão, uma variedade de espécies de manga, romã entre outras.

      Em alguns pés de fruta foi possível experimentar diretamente do pé. Que sabor!

      Da horta para a mesa nossas frutas
      Da horta para a mesa

      Comidas da horta para a mesa

      Em seguida, encontramos uma horta orgânica perto de casa. Esta horta oferece uma variedade enorme de legumes, verduras e até ovos caipira.

      Tudo o que encontramos lá é muito fresco e é possível comprar um saquinho de qualquer produto por apenas R$ 5.

      A horta, chamada Sabor da Roça, faz parte do Programa Jovem Agricultor, apoiado pelo Sindicato Rural e pela Prefeitura de Monte Azul.

      Comidas da horta para a mesa
      beterraba fresca
      beterraba da terra

      Então, pudemos nos aventurar pelas plantações e ficamos encantadas com a variedade e principalmente a qualidade dos alimentos. Tudo ali tem muito carinho e muita saúde para oferecer.

      Foi incrível descobrir um lugar tão especial e tão perto do sítio. É possível se alimentar bem!

      repolho Comidas da horta

      Quer ver mais? Então, aperta o play e vem conferir o tour completo no Youtube da Caubi:

      E não se esqueça de se inscrever no canal porque sua participação é muito importante 🙂

        Vlog: dois dias em Frankfurt

        Vamos explorar a cidade de Frankfurt, na Alemanha?

        A cidade foi o trecho final das minhas férias. Como tem voo direto para São Paulo, optamos por voltar por Frankfurt e ficar duas noites para conhecer o principal centro financeiro da Alemanha.

        Ficamos hospedados no Steigenberger Frankfurter Hof, bem próximo ao centro histórico da cidade. Além de um hotel incrível, a localização era perfeita: fizemos tudo a pé e pudemos conhecer bastante da cidade caminhando aos redores do hotel.

        Aperta o play e vem conhecer Frankfurt comigo!

        Me conta o que achou dessa viagem 🙂

          Vídeo novo: Colônia

          Vlog um dia por Colônia na Alemanha

          Vamos para Köln? Traduzindo para o português, Colônia é a quarta cidade mais povoada da Alemanha e cortada pelo Rio Reno. Vem viajar comigo e com mami no vídeo novo: Colônia.

          Esta foi uma das minhas cidades favoritas nesta viagem, que possui muita cultura e, ao mesmo tempo é aconchegante e muio alegre.

          Vídeo novo: Colônia

          Colônia foi uma das cidades mais bombardeadas da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial, sendo que a Força Aérea Real  jogou 35.268 toneladas de bombas na região durante o conflito.

          O bombardeio reduziu a população em 95%, principalmente devido à evacuação e destruiu quase toda a estrutura da cidade. Com a intenção de restaurar tantos edifícios históricos quanto possível, a reconstrução bem sucedida do pós-guerra resultou em uma paisagem urbana muito mista e única.

          A Catedral de Colônia

          Primeiramente, começamos o passeio pela Catedral.

          A Catedral de Colônia ~ Kölner Dom ~ é a quinta igreja mais alta do mundo e foi considerada um patrimônio da humanidade. Este é o ponto mais visitado da Alemanha. Esta Catedral demorou aproximadamente 600 anos para ser construída e resistiu aos 14 ataques de bomba da Segunda Guerra Mundial

          Segundo a lenda, nesta catedral estão guardados os restos mortais dos três reis magos (no vídeo eu mostro onde eles estão, não perca!).

          Vídeo novo: Colônia
          Vídeo novo: Colônia

          Em seguida, a ponte Hohenzollern é um ponto obrigatório para quem vai à Colônia. Destruída em 1945 pelos militares alemães em uma tentativa de evitar a invasão das tropas aliadas na cidade, ela foi reconstruída logo após a guerra e voltou a ser utilizada em 1948. Atualmente mais de 1300 trens cruzam a ponte diariamente. 

          Comida boa e muito amor

          Ao longo da ponte encontram-se cadeados com nomes de casais. Segundo a lenda, um rapaz apaixonado escreveu seu nome e de sua amada em um cadeado, prendeu na grande da ponte, pegou a única chave existente e arremessou no Rio Reno. Assim, a única forma de acabar com o amor deles seria achando a chave e abrindo o cadeado. 

          Por isso, cada casal apaixonado que passa pela ponte, prende um cadeado de amor eterno.

          A ponte dos cadeados

          Então, depois da caminhada, uma pausa para o almoço. Sentamos no Cafe Reichard, bem em frente à Catedral. Vista linda, comida deliciosa.

          Enfim, minha escolha: wiener kalbsschnitzel, ou carne de vitela empanada com batatas e salada.

          Tradicional prato alemao

          Logo depois, veio a caminhada em direção ao Schokoladenmuseum, ou Museu de Chocolate. No museu, é possível conhecer um pouco sobre a origem e história do chocolate e acompanhar o processo produtivo da Lindt. A visita termina dentro de uma loja repleta de chocolates diferentes e deliciosos. Ou seja, um passeio imperdível para os amantes de chocolate.

          Vídeo novo: Colônia

          Colônia foi amor à primeira visita. Já saí de lá querendo voltar.

          Vídeo novo: Colônia
          Pelas ruas de Colonia

          E então, o que achou dessa viagem?
          Conta aqui e não se esqueça de acompanhar a casa da Caubi também pelo Youtube!