Como fazer um piquenique no quintal

Como fazer um piquenique no quintal de casa? Que tal conferir algumas dicas para criar um clima super diferente para reunir a galera sem sair de casa?

Então, vem conferir algumas dicas para fazer o seu próprio piquenique!

  1. Primeiramente, comece pelo cenário: um lugar confortável é essencial. Veja se é um espaço regular, onde bate sol e/ou sombra e se cabe todos os seus convidados ali;
  2. Veja se você precisa de alguma autorização para realizar o evento: se for em algum parque, seu condomínio ou outro espaço público, vale a pena consultar antes de agendar o piquenique;
  3. Onde as pessoas vão sentar? Ou seja, pense se cabe todo mundo no espaço da toalha, se vai ter almofada ou bancos por ali. É importante oferecer conforto para todos, sem se preocupar se vai ter formiga pela calça das pessoas;
  4. Leve alimentos ‘práticos’ para que todos possam comer com as mãos: pedaços de bolo cortados, bolachas, biscoitos, frutas. Pães e torradas já fatiados para facilitar a hora de servir e comer;
  5. Atenção às comidas refrigeradas como embutidos, queijos e manteiga ou às bebidas como espumante: se estiver muito calor, leve um isopor ou bolsa térmica para que não estraguem ou esquentem durante o piquenique;
  6. Sempre explique para os seus convidados qual o evento para que eles possam se preparar: vestir roupas confortáveis, levar óculos escuros, boné e filtro solar.
Como fazer um piquenique no quintal
Como fazer um piquenique no quintal
Como fazer um piquenique no quintal

Como fazer um piquenique no quintal

7. Café e chá sempre na garrafa térmica para não perder aquele gostinho de frescor;

8. Leve alguns itens de decoração para fazer a diferença: cestas, canecas coloridas e algumas flores para tornar o ambiente ainda mais agradável;

9. Vale a pena levar um mini aparelho de som para deixar rolando uma música ambiente;

10. Leve saquinhos para recolher o lixo quando seu piquenique terminar.

Como fazer um piquenique no quintal
eu e mami na toalha no por do sol
tabua de queijos e frutas

Então, vem conferir o passo a passo para fazer um piquenique no quintal de casa clicando aqui. E aproveite também para se inscrever no Youtube da Caubi, com vídeos novos toda semana 🙂

    Motivos para agradecer e celebrar

    Cansada de tantos acontecimentos ruins e energias negativas, nesta semana fiz um teste. Decidi que tudo ao meu redor seria diferente, começando pela minha energia. E descobri motivos para agradecer e celebrar.

    Será que alguma coisa mudaria na minha vida se a minha postura mudasse também?

    Então, comecei com as minhas mudanças. Primeiramente, logo ao abrir os olhos pela manhã fiz uma oração de agradecimento: pela saúde, pela vida e pela oportunidade de acordar para ter um trabalho para ir, uma casa para voltar e uma família para compartilhar tudo isso.

    Antes de checar o celular, abri um livro para ler uma mensagem de inspiração e atrair boas vibrações. Que paz no coração. A partir deste pequeno detalhe, parecia que estava pronta para enfrentar o mundo de forma leve e muito mais positiva.

    Então, ao longo da semana, segui a minha rotina de trabalho normalmente, sempre tentando enxergar o lado bom de tudo e não deixando me abalar com as dificuldades da rotina. Parei de lamentar. E quanta coisa mudou.

    Para os problemas do trabalho, foquei na solução ao invés de reclamar das dificuldades. Para os colegas difíceis, um sorriso ~ mesmo que através da máscara. Descobri que um “bom dia” com intenção e vindo do coração é muito eficaz até mesmo para o vizinho mais mal humorado que você possa encontrar no elevador.

    Em um grupo de mensagens de amigos, decidimos compartilhar apenas as boas notícias que encontrássemos nos jornais ao longo da semana, para nos encher de fé e acreditar que dias melhores estão muito mais próximos do que imaginamos.

    Um café quentinho pode esquentar o corpo e a alma. Além disso, ajuda na concentração e na produtividade para o dia de trabalho render melhor.

    Motivos para agradecer e celebrar

    Então, ao longo dos dias, as pequenas felicidades da minha rotina começaram a ganhar destaque: um senhor me deixou passar na sua frente na fila do supermercado ~ “a senhorita só tem um pacote de papel higiênico, pode passar sua compra primeiro”. Um pequeno gesto de gentileza e cavalheirismo que pensei que estivesse extinto. Ainda pulsa.

    Ganhei uma caixa de bombom de um amigo querido junto com palavras de conforto. Veio um elogio de um colega de trabalho, só porque achou que eu estava bonita quando nos encontramos. Agradeci. Abracei.

    Ontem cheguei em casa com uma entrega de arranjo de balões e um espumante, só para não me esquecer de celebrar as pequenas conquistas da vida.

    Motivos para agradecer
    Motivos para agradecer e celebrar

    O feirante da barraca de frutas que eu frequento semanalmente deixa a minha dúzia de laranjas separadas em uma sacola, prontas para levar sempre que eu chego. Então, me chama pelo nome e espera que minha vó ~ o verdadeiro destino das laranjas ~ curta sucos bem doces ao longo da semana, até nos encontrarmos novamente.

    Ganhei uma caneca da minha tia, com a palavra “gratidão”. Uma palavra pequena mas forte em seu significado. Onde puder, não perca a oportunidade: seja grato porque de certa forma, nos pequenos detalhes, a gratidão volta pra você em forma de amor, felicidade e fé.

    Motivos para agradecer e celebrar

    Então, cheguei à conclusão: agradecer é a arte de atrair coisas boas. E que quanto mais a gente agradece, mais as boas energias nos favorecem. Em alguns dias, minha vida mudou. Eu mudei. Além de otimista, sou grata e tenho fé no mundo e na humanidade. Porque a mudança que eu quero ver, começa sempre por mim.

    Faça um teste. Tenho certeza que seu olhar vai mudar quando você passar a enxergar a vida com o coração. Ou seja, se você é aquilo que você atrai: qual a energia você quer atrair para você?

      Prepare o seu coração menina

      Prepare o seu coração menina. O melhor está por vir. Você vai se surpreender tanto com o que a vida está preparando para você que todas aquelas lágrimas de tristeza vão em breve se tornar alegria. Confia.

      E tudo o que você sempre sonhou ~ e batalhou ~ vai dar um jeito de chegar até você. Não porque você pediu, mas porque você mereceu. E perseverou.

      Acredite: você vai receber enfim muito mais do que você pediu ou imaginou a ponto de confundir a realidade com os seus sonhos.

      A vida só nos devolve tudo aquilo que colocamos nela. Então, quem planta amor, vai colher sempre o melhor. No tempo certo. E que não é necessariamente o mesmo tempo que desejamos ou esperamos. Mas sim quando a vida tiver a certeza de que estaremos preparados para receber. Não desista.

      Prepare o seu coração menina

      Prepare o seu coração menina

      Por isso, não tenha pressa. A vida está te preparando para a sua colheita. Farta. Feliz. Completa. Plena. Portanto, não desanime com a chuva e nem com a tempestade. Ou seja, apenas feches os olhos e deixa molhar. Precisamos de momentos turbulentos para podermos florescer mais fortes e resistentes. Com as raízes firmes na terra e as folhas apontando para o céu. Livres, realizados mas sempre com a consciência de que somos merecedores.

      O passado vai enfim ficar para trás quando você passar a olhar só para frente. O que ficou foi aprendizado e o que está por vir é merecimento. Você não chegou até aqui para desistir ou resistir agora. Abra seu coração e deixa a felicidade entrar na sua casa, na sua vida e na sua alma.

      Vai sem medo. E, se der medo, vai mesmo assim. Afinal, você nunca vai saber o que vai acontecer se nunca tentar. E tudo o que é bom e surpreendente sempre acontece fora da nossa zona de conforto quando a gente fecha os olhos e apenas confia no destino. No merecimento. Na felicidade.

      Prepare o seu coração menina
      Prepare o seu coração menina

      A sua hora está chegando. Respira. Confia. Acredita.

        A pandemia está no fim. E estamos melhores?

        Ao que tudo indica, a pandemia do coronavírus está chegando ao fim. Quer dizer, está mais perto do fim agora que a população começa a ser vacinada e enfim estamos conseguindo ver o final de um episódio trágico em nossas histórias.

        À medida que a ciência avança em estudos, vacinas e soluções, nossos planos e metas voltam enfim a aparecer com uma boa dose de esperança.

        A pandemia está no fim. E estamos melhores?

        Então, depois de mais de um ano sobrevivendo em uma Quarentena que parecia não ter fim, chegou o momento de sonhar. E quantos sonhos nós adiamos por causa de algo que não pudemos prever nem tampouco controlar. E ser um sobrevivente é algo para ser celebrar, lembrar e motivo para agradecer todos os dias pois milhares não tiveram a mesma oportunidade para continuar a lutar.

        Nossas prioridades mudaram assim como nossos desejos. A vida é muito frágil, muito rápida e quem sobreviveu tem pressa para respirar, para viver, para seguir.

        Eu ~ agora mais do que nunca ~ tenho ânsia de viver. Então eu agradeço por ter chegado até aqui mas, a partir de agora, eu quero mais. Quero viver melhor. Quero valorizar cada momento porque simplesmente não sabemos o que vem a seguir. Chega de “e se…”

        A vida é agora. Aproveite.

        Quero enfim abraçar a minha vó e, sem máscara, falar bem pertinho de seus ouvidos o quanto ela é importante para mim. Eu quero sentar em uma mesa de bar com meu pai sem me preocupar com o horário do toque de recolher. Quero continuar agradecendo à minha mãe por suas força e fé inabaláveis nos momentos difíceis, por todos os dias da minha vida.

        Eu quero ver a minha irmã se casar. Quero me reunir com meus amigos para ir ao pagode. E ao bloco de Carnaval. Viajar. E pisar na areia, entrar no mar e sentir o vento em um rosto livre.

        Quero sentar em um café para conversar sobre a vida Sobre a novela. Sobre a teoria de tudo. Não quero mais distanciamento nem redes sociais para os próximos encontros em família. Ou seja, quero ser verdadeiramente feliz sem nenhum filtro ou censura.

        Quero Natal. Eu quero aniversário. Quero viver sem medo. Amar e ser amada. Dar as mãos e não olhar mais para trás. Enfim, quero respirar.

        Mal posso esperar pelos encontros. Para começar a escrever e a viver uma nova vida e uma nova história pós pandemia.

        Porque chegou o momento de nos prepararmos: o fim está chegando e vem aí um novo começo para nossas vidas.

        Você está preparado?

        A pandemia está no fim. E estamos melhores?
        A pandemia está no fim. E estamos melhores?

          A Casa da Caubi faz 9 anos!

          25 de maio, dia de comemorar

          Hoje é dia de festa por aqui, afinal da Casa da Caubi faz 9 anos! Além disso, é dia também de agradecer por ter chegado até aqui.

          Fiz um vídeo de agradecimento e, além disso, uma festinha particular em casa para celebrar esta data. Apesar da Quarentena, não podia deixar de comemorar para agradecer todos os anos de Casa da Caubi.

          Por isso, montei uma mesa super especial de café da manhã com as cores do blog, as louças que já tinha por aqui e algumas comidinhas deliciosas. Afinal, 9 anos de trabalho não podem passar em branco né?

          RÁ TIM BUM! A Casa da Caubi faz 9 anos!
          RÁ TIM BUM! A Casa da Caubi faz 9 anos!

          A Casa da Caubi faz 9 anos!

          Encomendei um bolo com a minha querida amiga Liti, de Bolo de Infância, que me surpreendeu com esta obra de arte com as cores do blog: rosa, roxo e amarelo. Então, a partir do bolo, comecei a decorar a mesa com as mesmas cores do bolo.

          Em tons pastéis, escolhi a toalha de mesa xadrez nas cores amarelo, roxo e azul e em seguida os pratos, xícaras e guardanapos nos mesmos tons em perfeita harmonia.

          RÁ TIM BUM! A Casa da Caubi faz 9 anos!

          Com flores em tons de rosa e o sol da manhã ao fundo, tudo ficou ainda mais gostoso e feliz para comemorar esta data tão especial.

          Afinal, 9 anos merecem ser celebrados com muito amor e cuidado, sempre cuidando de cada detalhe para servir à mesa.

          RÁ TIM BUM! A Casa da Caubi faz 9 anos!

          E chegou a hora de assoprar as velinhas! Que este seja apenas o começo de uma linda história de amor e felicidade. Eu só posso agradecer por tanto carinho e pela companhia para quem está sempre comigo em todas as redes sociais da Casa da Caubi.

          Muito obrigada!

          Aniversário da Casa da Caubi
          Meu bolo de aniversario

          E então, hoje mais que nunca é hora de celebrar o HOJE! Obrigada por fazer parte desta história. E que seja apenas o começo de tudo de bom que está por vir por aqui 🙂