Um café no jardim

Que tal começar o dia inspirado?

Foi assim que meu dia começou por aqui: pura inspiração. A partir de uma cadeira no quintal, fiz um café delicioso para compartilhar e admirar.

Nesta época do ano, as árvores de primavera florescem e enchem nossos corações e olhos com suas flores e cores radiantes. Então, aproveitei a oportunidade, levei uma cadeira para o jardim de casa, uma fatia do meu bolo favorito ~ o bolo de cenoura da minha mãe ~ e montei uma ‘mesa posta’ ao ar livre.

Com chapéu de palha, pássaros, toalha xadrez e uma xícara de café foi possível montar um mini piquenique para passar uma manhã agradável junto à natureza apreciando um bom café.

A gente não precisa de muito para criar uma poesia. A poesia já está na vida, basta encontrá-la. A vida é muito corrida e muito curta: encontre um tempo para apreciar aquilo que você gosta sem pressa e sem medo de ser feliz.

De vez em quando, a gente merece uma pausa para respirar e abrir os olhos. Acredite, o resultado é surpreendente.

Venha, puxe uma cadeira e traga sua xícara. Vamos tomar um café 🙂

    Vídeo novo: Caubi e Bru na fazenda

    Se uma imagem vale mais que mil palavras, que tal um vídeo? Quantas palavras ele vai valer para transmitir o sentimento de GRATIDÃO?

    Faltaram palavras para descrever o final de semana na Fazenda com Caubi e Bru. Portanto, decidimos mostrar um pouquinho em vídeos no Youtube para que todos possam sentir a energia da viagem.

    Temos muito o que agradecer por tudo: os parceiros De Vó, La Pastina, Le Creuset, Shopping Garden, Westwing. Os convidados que embarcaram conosco, a agência Escapadas Online que acreditou em nosso trabalho. À equipe da Fazenda Sítio Velho que foi simplesmente incrível e nos deixou tão à vontade para realizar nossas atividades e serviu uma das melhores comidas que já provamos: aquela feita com amor.

    Agradecer a quem não foi e mesmo assim torceu por nós pelas redes sociais, através do pensamento positivo.

    Este projeto é o resultado de muito amor. Aperta o PLAY e vem conferir e compartilhar esse amor conosco:

    Espero que tenham gostado e até a próxima! 🙂

      Confraria da doçura

      Quando o dia começa cheio de amor… e doçura!
      Em mais uma produção da Confraria de Comida e Mesa Posta, eu, Rê ~ @villapano ~ e Mi ~ @mimiminacozinha apostamos no tema amor e doce.

      Aproveitamos o dia de sol para montar uma mesa de bolo com café na área externa da Villa Pano. Com um delicioso bolo red velvet da loja The Original Cup & Cake, nossa produção combinou as cores e corações de um jeito delicado e super charmoso.

      Corações, bolinhas e muito amor.

      Eram muitos detalhes: desde o suporte de pratos, a espátula de bolo, as flores e as colheres. Tudo em harmonia para deixar o bolo ainda mais delicioso.

      E dessa vez, o toque especial saiu do limite da mesa: foi para a parede. Era tanto amor que também decoramos o muro de tijolos com as nossas iniciais em madeira ~ que também são petisqueiras ~ vasos de coração e pratos com asas, para deixar a imaginação flutuar.

      O bolo ficou ainda mais gostoso no prato de coração servido com o garfo de libélula.

      Três corações batendo em um só trabalho: a Confraria é assim. União, dedicação e amor em produções surpreendentes com receitas deliciosas e peças super criativas.

      Que a gente possa sempre espalhar o amor por aí 🙂

        Compartilhe o amor

        O amor é para os fortes. É para aqueles que possuem a coragem para abrir o seu coração para o novo, para o inesperado e para o inexplicável.

        Porque amar é se entregar por inteiro para a outra pessoa sem pensar em outra coisa a não ser a felicidade.

        Amor também machuca, dói e muitas vezes decepciona, mas também faz parte do jogo, do carrossel de emoções e da montanha-russa da vida. Porque amor também é aprendizado, é crescimento e é evolução.

        Mas tudo vale a pena. Sempre. A gente ama, é feliz e vez ou outra chora e se decepciona. Mas o coração sempre se recupera e depende apenas de nós mesmos para abrir as portas para amar novamente. Acredite: o amor também cura. E a vida volta a ser colorida, com aquele sorriso no rosto e a leveza de alma.

        Eu acredito que quando a gente estiver pronto, a vida e o destino irão se encarregar de trazer o amor em nossas vidas. E vai ser lindo.

        O amor está nos detalhes. E são eles que fazem toda a diferença para que o amor cresça, floresça e continue vivo em nossas vidas. É aquele café da manhã com flores, aquela mensagem de carinho, um longo abraço ou um pé junto do outro em uma noite de frio. É compartilhar a pipoca no cinema e os problemas do dia-a-dia.

        Amor é saber com quem contar nos momentos mais difíceis e também para quem contar os momentos mais felizes. Amar é somar, compartilhar, dividir e multiplicar.

        Para todos aqueles que acreditam no amor, feliz dia dos namorados.

          Os 7 anos de blog

          Nunca gostei de números ímpares, sempre achei sinal de azar. mas por incrível que pareça estou comemorando os 7 anos de blog justamente em um ano ímpar e que agora tem sido o melhor de todos para mim e para a Casa da Caubi.

          O que significa que superstições não querem dizer nada e muitas vezes nos impedem de seguirmos em frente livres e sem pensar muito naquilo que nos prende.

          E foi justamente assim com o blog: quando eu decidi ser livre é que comecei a ser feliz. E se passaram 7 anos de muito trabalho, persistência e perseverança. Uma dose diária de fé e algumas vezes, sorte.

          O apoio incondicional da minha família foi o pilar mais importante para me levantar nos momentos difíceis. Acredite: tiveram muitos. Aquela hora que você pensa em jogar tudo para o alto e desistir. E aquela hora em que a vida manda um sinal para seguir em frente.

          E hoje eu vejo: tudo valeu a pena.
          Que sorte eu tenho em compartilhar a minha vida na internet e receber tanto carinho em troca. Tanto trabalho incrível ao lado de marcas que sempre admirei.
          Quantos amigos o blog me trouxe. E quanta coisa ruim eu superei e deixei pra trás.

          Ano 1: estava no apartamento onde o blog começou. Era alugado e foi o lugar em que me juntei e logo depois me separei. Apesar da intensidade das histórias que aconteceram por ali, a passagem foi bem rápida. Fiquei um pouco mais de um ano mas ali aprendi que lar é onde nosso coração está.

          Ano 2: o primeiro ano na casa nova. Ainda estava insegura com o grande passo que eu tinha dado. Afinal, não poderia mais desistir: minha casa, minha obra e meu financiamento. Com a ajuda da família e amigos passei por mais um ano de cabeça erguida e seguindo em frente comemorando sempre.

          Ano 3: existe algo mais simples e delicioso que reunir quem a gente ama em um piquenique no parque? Resolvi comemorar mais um ano de blog em uma manhã no parque cheia de delícias e pessoas queridas. Tinha muito para comemorar naquele ano mas ainda não sabia a proporção que o blog tinha tomado na minha vida.

          Ano 4: decidi repetir a comemoração do ano anterior em um piquenique em que cada convidado levaria um prato para que todos pudessem experimentar e compartilhar receitas e experiências. Todas as receitas foram para o blog como forma de homenagear quem sempre esteve ali comigo.

          Ano 5: de volta para casa. Comemorei os 5 anos do blog no salão de festas do prédio e a celebração foi um concurso: desafiei os convidados a preparem seus pratos favoritos: ou doce ou salgado. Na festa, todos deveriam provar os pratos e votar no seu favorito e o ganhador ganharia um presente da Casa da Caubi. Mais uma comemoração incrível.

          Ano 6: foi um ano de reflexão. Não fiz festa, mas também não deixei passar em branco. Em uma celebração para meus pais e a minha irmã, agradeci pelo sexto ano de blog e havia chegado ao ponto que eu realmente queria levar tudo isso como trabalho, me dedicando com ainda mais amor e empenho porque eu tinha a certeza que a Casa da Caubi iria fazer a diferença.

          Ano 7: descobri que o melhor tempo é HOJE. Aprendi com o passado e tenho muito o que planejar para o futuro. Mas eu quero ser feliz agora e me dedicar ao que realmente importa: compartilhar o amor sempre através das minhas postagens… que elas possam chegar até você com as melhores energias e que eu possa fazer a diferença com o conteúdo que produzo com muito carinho.

          Que venham 8, 9, 10 …. e muito mais! Quero passar o resto dos meus dias compartilhando amor por aqui. Viva a Casa da Caubi! 🙂