Corre, gordinho!

 

Infelizmente, nem tudo nessa vida é feito de sorvete. A alegria da pizza, refrigerante e ovo frito é eterna enquanto os níveis de colesterol e os quilos extras não aparecem. E, conforme o tempo passa, se torna cada vez mais difícil equilibrar saúde e comidas gordinhas.

Estou com quase os dois pés nos 30 anos e assuntos como triglicérides, glicose e risco de infarto já se mostram presentes nas minhas idas ao médico. Inclusive, tomei a maior bronca por causa dos meus últimos exames de sangue: níveis de colesterol e glicose estão bem alterados e estou acima do peso. Tenho histórico familiar de hipertensão, infarto e acidentes vasculares. Ou seja, sou uma bomba relógio prestes a explodir se não mudar as minhas atitudes!

O médico tinha me passado um prazo para emagrecer e reduzir meus índices mas ainda não cheguei nem perto de atingir a meta: pra quem me conhece e acompanha a rotina do blog sabe que não resisto a um cheeseburger com batata frita ou um macarrão com salsicha e queijo ralado. Além de gostar dos carboidratos mais do que a própria vida, sou uma pessoa sem limites; não consigo comer só uma porção de arroz ou deixar sobrar a porção de mandioca frita no prato. É, a vida não está fácil.

E, conversando com a San e o Peu vi que o problema não é só meu. Todos por aqui estão dispostos a ter uma vida mais saudável em 2016 e queremos mostrar no blog como é difícil conseguir isso com o pensamento e atitudes de gordinho. Somos sempre vencidos pela preguiça de sair do sofá e praticidade em fazer as receitas mais gordurosas ~ e também mais saborosas.

Quero emagrecer, começar a comer mais verduras e legumes, melhorar os índices do exame de sangue, ter uma vida mais ativa e poder comer uma pizza de vez em quando. Será que isso é possível? Ser mais magra e feliz combinam dentro da mesma rotina? Ainda dá tempo de usar biquíni neste verão?
É isso que vamos mostrar aqui, na nova série “Corre, gordinho!” provando que os amantes do bacon também podem ser saudáveis e se deixar levar pela feijoada em algum sábado de sol, sem que isso afete a gordura do sangue.

Façam suas apostas, porque o ano novo promete! Se você ama comer e odeia exercícios, venha com a gente e participe deste desafio. Se você já tem uma rotina saudável, compartilhe com a gente, mande suas dicas e nos ajude!

tenis

Não perca!

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    4 thoughts on “Corre, gordinho!

    1. maria ramos

      Bom dia Casa! Adorei a iniciativa. Também quero entrar nessa vida, porque vida saudável também é para magrinhos. Não adianta só comer pouco (ou quase nada) medir 1.70m e pesar 50kg com todos os exames em dia e com ótimos iíndices, se no dia-dia sou sedentária! Há anos meu medico pergunta quantas vezes por semana me movimento e a resposta é sempre a mesma: nenhuma! Mas deixo aqui uma dica que já estou praticando tem alguns meses e foi mais que aprovada pelo meu medico: aboli o elevador e estou subindo e descendo escadas (4 lances), como não gosto de academia essa foi a forma que encontrei para me movimentar um pouco todos os dias. E estou adorando, no começo -como é automático- você aperta o botão do elevador, mas depois com disciplina e atenção, vira rotina, você nem percebe e já está subindo os degraus naturalmente. E esse hábito pode ser feito em qualquer lugar! Escada rolante ou escada? Opte por escadas sempre que puder. São hábitos simples do cotidiano que passam despercebidos e as vezes nem tanto valorizados, mas que no final (de degrau em degrau) fazem a diferença, é só começar! Beijos. Vou acompanhar todas as dicas.

      [Reply]

      Caubi Reply:

      Adorei a dica! 🙂
      Com certeza quando vira rotina, a gente nem sente mais que está se exercitando de alguma forma. Vamos em frente que 2016 promete ser o ano da saúde!!
      Bjoooss

      [Reply]

    2. Maria Cleo Goulart

      Achei a ideia ótima . Alimentação com todas tentações ( sorvete ,chocolate ) ,ainda dá
      para controlar . O que eu acho complicado são os exercícios físicos .Sempre fiz caminhada
      cerca de 3 km por dia ,odeio academia ,tudo estava muito bom .Mas de maio até hoje não consegui
      retornar as caminhadas …….cada dia uma desculpa frio,calor ,chuva e por aí vai .
      Início do ano a proposta é retomar e com as dicas da Casa da Caubi acho que tudo dará certo .
      Conto com suas dicas e os puxões de orelha .Beijos

      [Reply]

      Caubi Reply:

      Vamos lá! Nossa ideia é melhorar de vida sem aquele sofrimento todo que é academia e regime… acho que vamos encontrar um jeito e mostrar nossa rotina por aqui.
      Estamos todos na torcida, espero que gostem 🙂
      Bjooss!

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *