Guaraná em casa, #boralá ??!

 

Se você ama Guaraná assim como eu, vai amar esta novidade porque agora é possível fazer este refrigerante em casa, sempre que bater a vontade de um refrigerante geladinho pra acompanhar aquele balde de pipoca!

Para quem não conhece, a Brastemp lançou em 2014 uma máquina de bebidas chamada B.Blend. O conceito é ser uma plataforma all-in-one de bebidas e com a B. Blend é possível preparar em casa diversas opções de bebidas quentes, frias e até com gás!

Ela funciona através do sistema de cápsulas e atualmente existem mais de 20 sabores em 10 categorias diferentes (sim, dá pra fazer em casa bebidas como sucos, refrigerantes, ice teas, chás, cafés, chocolates, frapês, energy drinks entre outros).
Além disso, a B. Blend funciona como purificador de água com e sem gás. Tudo o que a gente precisa em um só lugar!

Em 2015, as marcas Whirlpool e Ambev anunciaram uma joint venture e a criação da empresa B.blend Máquinas e Bebidas S.A. Portanto, vem bastante novidade por aí…

Brastemp B.blend Pepper _1

O sistema é muito fácil de ser usado e serve as bebidas em porções individuais; ou seja, cada pessoa da família pode fazer uma cápsula diferente e tomar sua própria bebida favorita quando quiser.

BBlend_IceTeaLimao

Agora a novidade é o refrigerante Guaraná Antarctica. Dá pra fazer em casa, com o mesmo sabor da bebida que é vendida no supermercado. Bateu vontade, é só ir ir até a cozinha, ligar a B. Blend e preparar um copo do refrigerante no conforto de casa.

Capsula_Guarana
As cápsulas já estão disponíveis para venda no site da marca, pelo televendas ou nos quiosques da B. Blend. Cada cápsula custa R$ 1,99 e se você ainda não conhece, vale a pena experimentar! É possível degustar as bebidas e conhecer melhor a B. Blend nas lojas Fast Shop espalhadas pelo Brasil. Veja aqui se tem uma perto de você 🙂

E aí, o que achou desta novidade? Conta aqui!

 

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *