Isso também vai passar

 

Tenha calma. Respire fundo. Isso também vai passar. Aliás, tudo na vida é passageiro e não há nada que dure pra sempre: nem felicidade nem tristeza. Ainda bem.

Já pensou em ser feliz sempre, todos os dias e todos os minutos? Sem problemas, preocupações ou decepções? Como seria possível amadurecer ou tirar lições se não existissem momentos de dificuldade? Por outro lado, já pensou em ser infeliz o tempo todo? Uma vida sem cores ou motivos para sorrir? Talvez a graça da vida seja o equilíbrio entre emoções e sentimentos porque precisamos de todos eles para conseguir percorrer o caminho da evolução.

Portanto, quando você achar que tem um problema tão grande que não possa ser resolvido, tenha calma. Nada aparece por acaso e nunca é maior do que aquilo que podemos enfrentar. A vida nos dá o peso que merecemos e que somos capazes de suportar. Nem menor, nem maior. Simplesmente o suficiente. Sou extremamente grata por todas as dificuldades que passei para chegar até aqui: são elas que me tornaram a pessoa que sou hoje. As lágrimas de ontem se transformaram na energia que me fez seguir em frente hoje. Não desista.

E se a felicidade estiver batendo à sua porta, abra. Deixe entrar totalmente. Completamente. Agarre a oportunidade para ser feliz HOJE. A vida é muito curta para ser feliz amanhã. Não deixe para depois as palavras de amor, os abraços, as risadas pois nunca poderemos prever quando teremos novos momentos de alegria de novo. Não desperdice.

Aos poucos a vida vai dando certo, as coisas se encaixam e parece que tudo acontece no seu tempo. Tempo o suficiente para aprendermos as nossas lições e colhermos os bons resultados de cada uma delas. Tudo passa. Inevitavelmente. Portanto, abra a janela, sente em um lugar confortável e aproveite o passeio.

Nada é para sempre. Ufa!

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    2 thoughts on “Isso também vai passar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *