Vídeo novo: minhas plantas de casa

Como um cuido das minhas plantinhas em casa

Minhas plantas de casa: logo após o vídeo com 10 dicas para não matar suas suculentas, tem vídeo novo sobre plantinhas por aqui: um tour completo sobre as minhas plantas.

Assim que eu comecei a decorar a casa com plantas, escolhi cactos e suculentas por serem as mais fáceis para cuidar. Mas, aos poucos fui aprendendo, pesquisando e gostando de diversas espécies.

Assim, hoje eu tenho vários tipos de plantinhas por aqui e vou mostrar em detalhes onde elas ficam e quais os cuidados necessários para mantê-las sempre lindas e saudáveis.

minha varanda com plantas
o cantinho do cafe

Quais os cuidados necessários

Mas não é só de amor que as minhas plantas de casa vivem! Temos que observar bem e perceber os sinais das nossas plantinhas. Pouca água? Muita água? Fique atento, elas vão mostrar os sinais.

Além disso, devemos prestar atenção nos ambientes da casa: iluminação, luminosidade, temperatura, umidade. Estes são alguns dos fatores que influenciam na saúde das plantas e às vezes ela pode morrer pelo detalhe de ter sido colocada no ambiente errado da casa.

Água é um dos fatores que também influencia e muito. Antes de comprar verifique a sua disponibilidade de tempo para cuidar de plantas. Não tem tempo? Sempre esquece de regar? Busque plantas que precisam de poucos cuidados como cactos ou suculentas.

Mas se você está aprendendo a cuidar, vem conferir o vídeo! Por aqui, tenho algumas opções lindas e que não precisam de muito cuidado. São ótimas opções para fugir das mesmas plantas de sempre e que ajudam a deixar a casa mais alegre e colorida.

Aperta o PLAY e vem conferir o vídeo:

E você, tem alguma dica essencial que usa na sua casa para manter suas plantas lindas e saudáveis? Eu quero saber!

meu cantinho do café com plantas

E então, o que achou das plantinhas de casa?
Me conta e não esqueça de se inscrever no Youtube da Caubi 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *