Netflix: aquecimento para o Oscar

 

E depois da ressaca do Carnaval, vem aí um evento super esperado para os amantes do cinema: o Oscar! A edição desse ano vai acontecer no próximo domingo, dia 22 de fevereiro e a expectativa é grande, principalmente com a possibilidade de Leonardo DiCaprio ganhar a primeira estatueta da carreira (<3 sim estamos torcendo!). Para aquecer e entrar no clima da premiação, separei uma lista de filmes que venceram o Oscar de melhor filme e se tornaram inesquecíveis… e o melhor: estão disponíveis no Netflix.

O Poderoso Chefão
Um clássico é um clássico e este aqui talvez seja uma das melhores obras do cinema de todos os tempos. O Poderoso Chefão ganhou diversos prêmios e, entre eles, o Oscar de melhor filme em 1973. Dirigido por Francis Coppola, o filme conta a história da família de mafiosos Corleone, chefiada por Don Vito Corleone – personagem vivido pela atuação brilhante de Marlon Brando. A história se passa entre as décadas de 40 e 50 em Nova York e mostra como a família controla negócios ilegais na cidade e está em conflito constante com outras máfias.

 

Rocky, um lutador

Outro clássico, vencedor do Oscar de melhor filme em 1977 e trouxe o destaque para Sylvester Stallone, que protagonizou a série de mais 6 filmes sobre o lutador. O filme conta a história do preparo de um boxeador amador da Filadélfia que tem uma grande oportunidade em se tornar um profissional quando o oponente do famoso lutador Apolo Creed se machuca e este apresenta a ideia de lutar com um lutador local da Filadélfia, local desta grande luta. Trilha sonora inesquecível.
Outra curiosidade: Stallone retorna com o personagem Rocky no filme Creed, nascido para lutar e concorre ao Oscar em 2016 (inclusive é um dos favoritos à estatueta) como melhor ator coadjuvante.

 

Forrest Gump
Vencedor do Oscar de melhor filme em 1995, quando me apaixonei de verdade por Tom Hanks (que também ganhou o Oscar de melhor ator por este trabalho). Esse filme é uma grade lição de vida em praticamente todas as cenas. O filme conta a história de Forrest Gump ao longo de várias décadas e mostra como um homem simples do Alabama viajou o mundo encontrando figuras históricas, influenciando a cultura popular e testemunhando fatos históricos da década de 90. Impossível não amar essa história.
O filme fez tanto sucesso que em 1996 foi aberto um restaurante temático de frutos do mar, chamado “Bubba Gump” e hoje tem várias filiais ao redor do mundo (eu particularmente amo esse lugar!).

 

Beleza Americana
Vencedor do Oscar de 2000, este filme é bastante controverso: uns amam e outros odeiam. Eu acho que vale a pena ser visto, principalmente por causa da intensidade das histórias e da fotografia, que é incrível. O filme conta a história de um homem que enfrenta uma crise de meia idade ao se apaixonar pela melhor amiga de sua filha adolescente, que é uma jovem insegura e se envolve com o seu vizinho, um jovem sensível, oprimido pela educação rigorosa do pai. Para a crítica, o filme é descrito como uma sátira às noções de beleza, comportamento e satisfação da classe média americana.

 

Chicago
Vencedor do Oscar de melhor filme em 2003, Chicago é um musical e foi baseado na história da famosa peça de mesmo nome da Broadway. O filme explora o status de celebridades instantâneas na década de 1920 e conta a história de duas assassinas que se conhecem na prisão e se transformam em celebridades de musicais, sendo que uma delas é absolvida da morte de seu amante e através da manipulação de seu advogado, o público passar a amá-la. Esta história é baseada em fatos reais. Trilha sonora deliciosa, assim como o figurino dos atores.

 

E aí, o que achou dessa seleção?
Conta aqui pra gente se você já tem o seu candidato favorito ao prêmio desse ano! 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *