Nhoque de mandioquinha com brie e mel

 

Que tal começar o final de semana com uma receita super diferente e muito gostosa? Experimentei esse prato na casa de uma amiga e AMEI! Uma mistura de sabores incrível que com certeza vai ser sucesso por aí: nhoque de mandioquinha com brie e mel é a sugestão de hoje. Veja como fazer e corre pra testar logo!

Ingredientes:
5oog de mandioquinha
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de manteiga sem sal
4 colheres de sopa de parmesão ralado
1 gema de ovo
Noz moscada ralada na hora a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:
Descasque a mandioquinha, corte em pedaços menores e leve ao fogo com um pouco de água até ficar macia. Quando estiver macia, passe a mandioquinha pelo espremedor e em seguida junte a manteiga, o parmesão ralado fino. Agora junte a gema e tempere com sal e pimenta do reino.

Junte metade da farinha de trigo e comece a trabalhar a massa. Acrescente mais farinha, aos poucos, até dar o ponto e ela ficar lisa e homogênea.

Pegue um pouquinho de massa e coloque numa superfície enfarinhada e com as pontas dos dedos, abra a massa até ficar fininha. Corte a massa em círculos de aproximadamente 4 cm e em um dos círculos coloque um quadradinho de brie e um pouco de mel por cima. Sobreponha outro círculo de massa sobre o brie e com as pontas dos dedos vá amassando e fechando o nhoque, em seguida modele com as mãos para que ele fique arredondado.

À medida que for moldando os nhoques, vá acomodando eles numa superfície forrada com papel manteiga. A receita por aqui rendeu 36 nhoques.

Unte uma frigideira antiaderente com um pouco de azeite e vá grelhando os nhoques, de amos os lados, até ficarem levemente dourados. Quando os nhoques estiverem grelhados, vá arrumando eles diretamente nos pratos que serão servidos ou numa travessa (cubra o fundo do prato ou da travessa com o molho pesto). Em seguida, decore com tomatinhos cereja cortados em quatro partes e folhinhas de manjericão.

Sirva imediatamente.

E aí, o que achou desta sugestão para o final de semana?
Conte aqui 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *