Que comece 2016!

 

Já choramos, comemoramos, bebemos e comemos (além do permitido!) e fizemos nossas promessas para a virada do Ano Novo. Agora que ele realmente começou ~ afinal, hoje é o seu primeiro dia útil ~ é hora de cumprir. Com certeza você deve ter uma listinha de coisas que deseja fazer em 2016: a minha lista é enorme e muitos itens são aqueles não cumpridos em 2015.

Mas porque será que ficamos postergando e prolongando nossas promessas? Se dependem apenas de nós, qual é a dificuldade – ou a preguiça – para cumprir os nossos desejos? Ano passados prometi a mim mesma que iria terminar o ano com dinheiro na poupança; talvez, se não tivesse gastado com tanta besteira e coisas que não preciso, teria encerrado 2015 com muito mais dinheiro do que me sobrou para que eu pudesse gastá-lo com o que realmente é importante.

Se eu tivesse emagrecido na primeira vez que fui ao médico em 2015, teria menos vergonha em usar um biquíni do que tive neste verão. A promessa não se cumpriu ano passado e foi colocada novamente como item de ano novo. “Dessa vez vai”. Quantas vezes você já repetiu essa frase para si mesmo, tentando se levar mais a sério? Eu já perdi a conta de quantas vezes fui à academia pela primeira vez. Ou quantas vezes comecei um regime na segunda e não consegui continuar até quinta-feira. Ou mesmo quantas vezes tentei dormir mais cedo para não ir trabalhar com sono. Todas as tentativas sem sucesso.

Mas JURO. Esse ano vai ser diferente. Além de completar 30 anos em 2016, algumas coisas mudaram e, consequentemente, me obrigaram a mudar as minhas atitudes. Dormir melhor, comer melhor e economizar deixaram de ser promessas: precisam virar rotina que a vida adulta me exige, caso contrário os resultados para os próximos anos serão bem piores.
Encontrar o amor não depende só de mim, mas depende da minha promessa de ano novo deixá-lo entrar na minha vida de coração aberto.

Desejo que neste ano novo possamos estar dispostos a cumprir nossas promessas e fazer de 2016 o mais incrível de nossas vidas. Porque não adianta esperar um ano novo se continuarmos com os velhos hábitos, né? Que a gente possa viver mais, amar mais e curtir mais. O ano só começou, o que estamos esperando? 🙂

1013351_10156357945185527_5622496174372528476_n

19 total views, 1 views today

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *