Receita de mousse de pitanga cremoso

Que tal testar uma receita nova e super diferente com pitanga? Aproveitando que época desta fruta no sítio, resolvi experimentar a receita de mousse de pitanga cremoso, que surpreendeu demais por aqui.

Encontrei esta sugestão pela internet e decidi testar.

Aliás, receitas com frutas colhidas diretamente do pé é algo que está virando rotina por aqui. Não existe nada melhor que aproveitar o que a natureza nos oferece para transformar em receitas incríveis e com gostinho caseiro né?

Então, vem conferir o passo a passo para aproveitar a época de pitanga e testar essa delícia por aí também. Tenho certeza que vai fazer muito sucesso para a sua próxima sobremesa.

Receita de mousse de pitanga cremoso

Ingredientes:
1 envelope de gelatina em pó sem sabor
5 colheres de sopa de água fria
1 lata de leite condensado
200 g de polpa de pitanga congelada
1/2 medida da lata de água
3 claras
2 colheres de sopa de açúcar

Modo de fazer:
Primeiramente, dissolva a gelatina sem sabor em 5 colheres de sopa de água e leve ao micro-ondas por cerca de 15 segundos em potência média. E então reserve.

Em seguida, bata no liquidificador o leite condensado, a polpa de pitanga, meia medida da lata de água e a gelatina dissolvida.

Então, em uma batedeira, bata as claras com o açúcar até dobrar de volume, adicione ao creme de pitanga e misture delicadamente.

Por fim, coloque a mousse em taças e leve à geladeira por cerca de 4 horas ou até ficar firme. Sirva.

Este mousse fica muito leve, cremoso e saboroso. É uma mistura do doce dos ingredientes com o azedinho da pitanga. Ou seja, você precisa provar hoje mesmo essa delícia!

Receita de mousse de pitanga cremoso
Receita de mousse de pitanga cremoso

E então, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂
Inscreva-se no Youtube da Caubi para não perder nada por lá também.

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *