Rocambole de carne recheado com queijo provolone

 

A receita da San dessa semana promete fazer o seu almoço em família muito mais gostoso! Ideal para servir até 4 pessoas, a sugestão da vez é o rocambole de carne recheado com queijo provolone inspirada no site Panelaterapia. Muito mais simples do que parece, é uma ótima opção para fugir da tradicional carne assada.

E para acompanhar a carne, a San escolheu uma salada de alface, tomate e cebola e uma torrada com tomate e queijo derretido. Veja aqui a receita completa:

Ingredientes:
Carne
500g de carne moída ~ a San usou patinho
150g de queijo provolone

Marinada
2 colheres de sopa de shoyu
2 colheres de sopa de aveia
3 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de azeite
1/2 colher de café de sal
1 colher de café de mostarda
2 dentes de alho picados
1/2 cebola ralada

Modo de fazer:
Misture os ingredientes da marinada e deixe descansar por 10 minutos para hidratar a aveia. Depois junte a esta mistura com a carne moída e um pouco de salsinha picada. Misture bem. O ideal é usar as mãos para amassar para dar liga.

Para a montagem, estique um pedaço de plástico filme sobre a pedra da pia ou uma bancada. Em cima dele coloque a carne, e com as mãos, dê o formato de retângulo. Coloque o recheio de queijo. Com a ajuda do plástico vá enrolando e pressionando bem, tomando cuidado para não enrolar o plástico junto com a carne.

Quando terminar de enrolar pressione bem as pontas para não deixar o recheio escapar. Coloque em uma forma untada com azeite, forrada com papel alumínio untado com muito azeite por cima (untar entre a forma e o alumínio e o alumínio e a carne).

IMG_0426

Leve para assar em forno médio ~ 200 graus ~ até a superfície dourar. Na cozinha da San, demorou cerca de uma hora para assar.
Depois, é só tirar do forno, escolher seu acompanhamento favorito e servir! 🙂

IMG_0443

E aí, o que você achou dessa receita? Conta pra gente!

 945 total views,  2 views today

    Nascida e crescida em São Paulo, 28 anos, filha única com todas as qualidades e os defeitos de não terum irmão. Filha de um japonês e uma baiana, corinthiana e moradora da Zona Leste de São Paulo. Administradora, contadora e auditora por profissão e cozinheira por paixão. Acredito em Deus e no amor. Acredito também que uma caixa de lenço, uma amiga e uma xícara de chocolate quente resolvem todos os problemas (mesmo que por um momento). Amiga para o que der e vier. Sargitariana, teimosa e chorona, gosto de passar horas falando ao vivo. Aprendi a cozinhar com a minha mãe e a minha avó de coração, tenho um gosto especial por doces, principalmente cupcakes. Amo programas culinários, principalmente Jamie Oliver e Claude Troisgros.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *