Um buffet para receber em casa

É possível transformar nossa casa para receber bem

Ao longo desta quarentena, pude perceber que é possível criar um buffet para receber em casa e aproveitar a família neste momento que pede tanta união e amor.

Reunir a família à mesa é uma das minhas paixões por aqui. E brunch tem se tornado a minha refeição favorita aos finais de semana. Emendar o café da manhã com o almoço e misturar o cardápio das duas refeições em uma só tem sido incrível. Além disso, é possível sentar à mesa sem pressa para aproveitar o dia com comidas deliciosas e bom papo em família.

Esta foi a última mesa que montei aqui na varanda, para celebrar o dia dos pais.

Um buffet para receber em casa

Para criar um clima descontraído, escolhi servir como um buffet para receber em casa. Ou seja, coloquei todas as comidinhas à mesa e deixei pratos, talheres e copos no balcão de apoio para que cada um pudesse se servir.

Portanto, foi possível criar um clima informal e de descontração à mesa. Além disso, pudemos sair da refeição tradicional e aproveitar várias horas petiscando em torno da mesa.

Muitas cores para receber

Um buffet para receber em casa

Primeiramente, escolhi a toalha. Com uma estampa xadrez em branco e azul, foi possível abusar nas cores das comidinhas: queijos, embutidos, frutas, bolo, torta, salada e pães. Escolhi um cardápio fácil de servir, que não precisou de muitos tralhares para partir ou cortar e também itens que pudessem ficar algumas horas fora da geladeira.

Mas a atração principal da mesa com certeza foi a tábua de queijos elaborada pela Due Queijos e Vinhos. Com muitas cores e delícias, este foi o presente que eu e minha irmã demos para o meu pai. E ele amou!

O segredo é servir tudo com muito amor. Porque quando a gente faz com o coração, todo mundo percebe e sente também.

E então, o que achou das sugestões? Conta aqui 🙂

    Quanto mais cor, melhor

    Sabe quando a energia do final de semana é tão incrível e tão alto astral que você já começa a semana no maior pique?

    Por aqui, foi assim. Neste final de semana recebi minha querida amiga Bru Calderon em casa para dias de muita alegria, receita e, é claro, louça pra lavar. Esta última parte ficou por conta dos meninos que também passaram por aqui: o Portal da Gastronomia e o Bini, marido da Bru.

    Casa cheia, do jeitinho que eu gosto. E com muita comida gostosa pra comer. Fiquei super feliz que meus amigos puderam experimentar meu pão caseiro e foi um sucesso tão grande que repetimos a receita para o café da manhã.

    Em breve vou compartilhar as receitas que fizemos juntos por aqui mas, enquanto isso, deixo o meu desejo de boa semana para você com a mesa de brunch que montamos juntas. Eu e a Bru estávamos realmente inspiradas.

    A partir do pão caseiro e de um bolo colorido que a Bru trouxe para eu provar, saiu esta produção: uma mesa colorida em tons pasteis com misturas de estampas xadrez, flores e muito amor.

    Com as cores das receitas, pudemos escolher as cores das louças. O rosa foi o ponto principal das xícaras em formato de coração, das xícaras de café, saleiro e pimenteiro e das flores, que deram o toque final à decoração.

    Com o pão caseiro a Bru fez avocado toast para nós, com ovo poché e bacon assado. Usamos cores de pratos que pudem contrastar com a receita servida e, ao mesmo tempo chamar atenção para as cores dos ingredientes.

    Outra receita da Bru foi o chocolate quente cremoso, que aqueceu nossos corações na manhã fria de domingo que fazia em São Paulo.

    E para encerrar o brunch, um bolo colorido e um café feito na hora.

    Com uma mesa improvisada e com ingredientes que já tínhamos, foi possível espalhar o amor pelo café da manhã.
    Com carinho, tudo é possível.

    Que a nossa semana seja doce e muito colorida!

      Queijo brie com mel e alecrim

      Que tal experimentar um aperitivo super fácil de fazer e que vai surpreender seus convidados? Eu testei e provei o queijo brie ao forno com mel e finalizado com alecrim e ficou maravilhoso! Uma verdadeira explosão de sabores acompanhado por torradinhas.
      Veja como fazer:

      Ingredientes:
      1 queijo brie redondo (200g)
      2 colheres de sopa de mel
      1 ramo de alecrim e tomilho
      Torradinhas variadas para acompanhar

      Modo de fazer:
      Preaqueça o forno a 180 graus por 15 minutos. Enquanto isso, coloque o queijo brie em um refratário que possa ir ao forno ~ por aqui escolhi um ramequin de cerâmica e regue com as 2 colheres de mel.

      Leve ao forno por cerca de 10 minutos ou até que o queijo comece a derreter. Tempere com ramos de alecrim e tomilho e sirva à mesa com torradinhas.

      Bom apetite!

      E aí, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂

        A decoração e as comidinhas do meu aniversário tropical

        Para receber os amigos e a família no meu aniversário, escolhi organizar um brunch no salão de festas. De um jeito alegre, colorido e informal, a mesa do espaço gourmet do prédio se tornou um grande buffet em que os convidados pudessem se servir à vontade das delícias que estavam por ali.

        O tema da festa foi TROPICAL e contei com a ajuda de alguns itens da Rica Festa para me ajudar nesta produção. A identificação visual ficou por conta da Casa das Amigas, que fizeram algo totalmente personalizado pra mim ~ repare nos detalhes a seguir 🙂

        Na mesa do bolo escolhi poucos itens mas muito coloridos. Eu tinha um cavalete que aproveitei para usar como mesa e coloquei uma lousa de um lado e uma bóia de piscina rosa pink no outro para preencher os espaços dos pés e não deixar tão vazio.

        Logo em destaque coloquei um vaso amarelo com um girassol que tem tudo a ver com o verão, assim como o bolo de brigadeiro da Baking Dreams. Em tons de laranja com coqueiros comestíveis, este bolo foi o maior sucesso. E, para fazer companhia a ele, um bolo maravilhoso Red Velvet em formato de coração da The Original Cup & Cake.

        Logo ao lado dos bolos, os docinhos também fizeram muito sucesso. Ao invés de optar pelos docinhos tradicionais, decidi testar algo diferente e deu muito certo. Os brigadeiros de colher da minha mãe são presença obrigatória em qualquer festa da minha família. Só que ao invés de colocar espalhados pela mesa, coloquei em uma badeja de coração com forminhas rosas da Maxiformas e ficou um charme, além de dar um toque romântico à decoração.

        E dentro da bandeja também rosa mas em formato de abacaxi, cookies variados e quentinhos da Broo’s Cookies. Nos sabores baunilha e chocolates, as versões mini fizeram muito sucesso e os convidados puderam se servir ao longo da festa toda.

        Na mesa principal, o que mais chamou a atenção foi a variedade de pães. Entre croissant, focaccia, baguete e pão australiano da Premium Bread, era possível aproveitar e variar as coberturas de acordo com o gosto de cada um. Para isso coloquei à mesa manteiga, cream cheese e geleias de frutas diversas da Bonne Maman.

        Também tinham tortas e bolos caseiros de milho com coco e laranja da The Original Cup & Cake.

        E para finalizar esse cardápio super variado, tinha espumante rosé Georges Aubert para dar aquela elegância à comemoração!

        Foi uma manhã incrível com as melhores energias 🙂

          33, o meu número de gratidão

          Em um ano com tantas mudanças e tantas transformações, eu começo um novo ciclo: os 33 anos.

          Este foi um ano em que aprendi a guardar dinheiro para realizar o grande sonho de reformar a lavanderia. Não foi fácil mas cada centavo está valendo a pena. Aprendi a ter paciência e agora eu sei que não podemos ter tudo de uma vez. A vida é feita de escolhas e seja qual for o seu caminho, há sempre algo a ganhar e a perder em cada um deles.

          Nos 33, estou aprendendo a valorizar o meu trabalho ~ ou melhor, os meus trabalhos ~ e a me dedicar a cada um deles com muito esforço, fé e amor. Não importa o tamanho do trabalho ou o dinheiro envolvido. Porque também aprendi que nada cai do céu e que sorte é uma grade aliada da dedicação: quanto mais a gente trabalha, mais sorte a gente tem. E o resultado é sempre a consequência dessa combinação.

          Aprendi também a me valorizar e a cuidar mais de mim em todos os sentidos. Já emagreci mais de 6 quilos, principalmente por causa da saúde. Hoje, me sinto melhor do que nunca: com muita disposição e pique para aguentar a rotina. Com isso, também aprendi a me alimentar melhor.
          Claro que teve bolo e também teve gordice no aniversário, mas também teve alimentação saudável ao longo do ano com muita fibra, verdura e sem frituras e gorduras.
          E com o tempo e maturidade, estou tentando ser mais vaidosa. Sentir-se bonita, plena e feliz. Não há nada que pague este sentimento que vem de dentro pra fora.

          Com a chegada deste novo ano, aprendi a dar valor ao que realmente importa na vida: família e amigos. Sem eles, não somos nada. E além de tudo estou aprendendo a valorizar cada um deles e os momentos que compartilhamos juntos.

          Cada vez mais a gente percebe o quanto a vida é rápida, curta, breve. E o que os 33 me ensinaram foi: VIVA INTENSAMENTE. Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje ou não deixe para amanhã o que você pode deixar para lá.

          Gaste sua energia com o que realmente importa nesta vida e fale sempre o que estiver no seu coração. Se tiver vontade de abraçar, abrace. Se precisar falar eu te amo, fale. Distribua sorrisos sem motivo. Seja e faça o outro feliz. A gente não sabe o que vem a seguir, então meu conselho é: faça agora. Faça HOJE.

          O melhor tempo é agora.

          Seja muito bem-vindo, 33 🙂