Brunch de primavera em casa

 

Este final de semana foi muito especial para mim e para este blog. Abri minha casa para receber alguns amigos e celebrar a chegada da primavera. A minha ideia era utilizar tudo o que eu tinha em casa para fazer a decoração e executar receitas fáceis, para mostrar aqui que com criatividade e amor, é possível transformar a casa em um ambiente aconchegante para receber a família e amigos em ocasiões especiais.

A decoração ficou por conta da Carol e o bolo foi a San que fez: duas das minhas melhores amigas da faculdade que me ajudaram (e ajudam sempre!) a transformar esse sonho de primavera em realidade.

No cardápio tínhamos muffin de omelete, pão de queijo, barquinha de tapioca com brie e mel, bolo de cenoura com brigadeiro, mousse de maracujá, pão com manteiga e geleia e bolo de baunilha com brigadeiro branco e recheio de morango. Tudo feito em casa e com muito carinho.

Para beber servimos suco de laranja, água aromatizada com limão siciliano e hortelã, água sem gás e café quentinho e passado na hora.

No espaço da churrasqueira, coloquei uma torradeira para colocar o pão caseiro e comer bem quentinho.

Os convidados ficaram super felizes com a recepção e eu fiquei muito felizes com uma manhã cheia de energia positiva. Veja quem foi!
A Mara Isa, minha amiga Menina Organizada.

Essa turma animada que está sempre presente nos eventos de Gastronomia: Bru Calderon e o noivo, meu querido amigo Marco Bini e o Leandro e Caio, do Portal da Gastronomia.

Minhas amadas amigas de decoração e arquitetura: Manu do Simplichique, Carol do blog Casa das Amigas (faltando sua sócia, a querida Cami!), a Babi do Apartamento.BT, Cami do Meu Apê 34 e a Naty, do Natalia Salla arquitetura.

Pude contar também com a presença do Manu e Edu do Meu Apê 81.

E estas são a Carol e a San, em uma foto de muito amor <3

Com muitas flores e no clima do “faça você mesmo” é possível sim fazer uma recepção econômica, criativa de cheia de amor. Basta se inspirar!

E a lembrancinha do brunch eram mini suculentas nas cápsulas de café, que eu ensinei a fazer aqui.

Que venha a primavera 🙂

    Um brinde à amizade: risoto de queijo pecorino com presunto parma

     

    Este post é um brinde ao blog e aos amigos que conquistei através da internet. Quando a gente acha que a tecnologia afasta as pessoas, eu posso garantir que por aqui, ela só me aproximou de gente muito bacana ao redor do Brasil e do mundo. Além de seguidores que se tornaram amigos, fiz amigos dos quais eu era fã. E algumas coisas nessa vida realmente não tem preço.

    E foi justamente o que aconteceu comigo e com a Bru! Há menos de um ano uma nem sabia da existência da outra e hoje a gente não fica um dia sequer sem se falar! A vida surpreende e o universo se encarrega de trazer pessoas com as melhores energias para dentro da nossa casa.

    E há algumas semanas a gente se encontrou e foi incrível! Cozinhamos juntas e o resultado é este aqui: um risoto de queijo pecorino com presunto parma incrível!
    Mal posso esperar pelo próximo encontro para fazer coisas ainda mais gostosas. E, enquanto o próximo jantar não acontece, deixo aqui para vocês a receita deste risoto para testar por aí.

    Ingredientes:
    1 colher de manteiga
    ½ cebola cortada em pequenos cubinhos
    ½ dente de alho picadinho
    1 xícara de arroz arbóreo ou arroz carnaroli
    1 xícaras de vinho branco
    200ml de caldo de legumes
    200g de Queijo Pecorino Casa da Ovelha
    100g de Presunto de Parma

    Modo de fazer:
    Coloque a manteiga em uma panela funda e deixe derreter. Acrescente a cebola e o alho e deixe refogar até que fiquem transparentes. Coloque o arroz e refogue até que a manteiga envolva toda a quantidade de arroz. Coloque o vinho branco e deixe evaporar um pouco. Está pronto quando você não sente mais o cheiro do álcool saindo da panela.

    Em seguida, comece a colocar o caldo de legumes. Pode colocar umas 2 conchas cheias pois no começo, o arroz precisa de líquido para cozinhar e a partir da terceira vá colocando de uma em uma concha, lentamente e mexendo sempre.

    Quando sentir que o risoto está quase no ponto, que é sempre al dente, acrescente o queijo, desligue o fogo e misture até que tudo esteja derretido. Para finalizar, acrescente o Presunto de Parma cortado em pequenos pedaços e pronto!

    Rendimento: 4 porções

    Dicas da Bru: “o ponto do risoto é sempre al dente, o que significa que ele é sempre meio durinho mesmo, tem que haver uma resistência quando o grão é mordido. Na dúvida, sempre prefira desligar o risoto mais durinho do que deixar cozinhar demais e passar do ponto ok? Se o grão cozinhar demais fica grudento e você não vai apreciar seu prato.

    Acrescente um pouco de parmesão ao invés de manteiga para finalizar. Normalmente as receitas indicam a manteiga para finalizar o risoto, mas isso deixa os grãos oleosos demais e o prato acaba ficando um pouco gorduroso. Ao invés dela, acrescente o parmesão e dê apenas uma mexida na panela, com o fogo já desligado. Isso vai fazer com que seu risoto fique cremoso sem ficar oleoso! Essa dica vale ouro! 🙂

    Faça seu próprio caldo de legumes! É infinitamente mais saudável e acrescenta um sabor bem mais elaborado no seu prato!”

    E aí, o que achou desta receita?
    Conta aqui pra gente 🙂

      O pão caseiro do Portal da Gastronomia

       

      E a semana começa por aqui com uma receita maravilhosa: pão caseiro do Portal da Gastronomia! Esta foi a receita vencedora na categoria ‘salgado’ da festa de 5 anos do blog. Os meninos capricharam e lavaram o pão recém-saído do forno…. bem quentinho e muito cheiroso!

      Pedi para os meninos do Portal a receita para compartilhar com vocês e descobri que é muito simples de fazer e fica deliciosa! Que tal aproveitar o tempo mais frio e fazer hoje mesmo esta receita? Veja aqui o passo a passo e corre pra cozinha!

      Ingredientes:
      1 1/3 copo de água (aproximadamente 300ml)
      1 1/2 colher de sopa de margarina
      1 1/2 colher de chá de sal
      4 colheres de sopa de leite em pó
      2 colheres de sopa de açúcar
      4 copos de farinha de trigo (aproximadamente 960ml)
      2 colheres de chá de fermento biológico seco

      Modo de fazer:
      Primeiro coloque os ingredientes líquidos em uma vasilha e depois os secos. Misture aos poucos, até formar uma massa homogênea.

      Depois, sove bem a massa durante aproximadamente 10 minutos e deixe descansar por pelo menos duas horas.

      Em um forno preaquecido a 200 graus, leve o pão para assar por cerca de 30 a 40 minutos (dependendo da potência do seu forno). Retire da forma e está pronto para servir!

      E aí, o que achou desta receita?
      Conta aqui 🙂

        A torta de flores da Bru

         

        Semana passada comemoramos por aqui os cinco anos de existência do blog cheio de amigos, alegria, boas vibrações e muita comida boa! Desafiei os convidados da festa a trazer uma receita que seria a especialidade de cada um – poderia ser doce ou salgado – e o resultado foi surpreendente! Todo mundo inovou e caprichou nos pratos… tudo feito com muito carinho.

        Em um cantinho da festa deixamos separados três potinhos para que os convidados pudessem votar e escolher qual seria a melhor receita salgada, a melhor receita doce e a melhor receita da festa. E, depois de uma disputa super apertada, a melhor receita eleita foi a torta de flores da Bru Calderon, que fez uma obra de arte para os olhos e para o coração. E é claro que eu não poderia deixar de pedir pra postar aqui. Veja como fazer esta sobremesa linda; o resultado vai deixar seus convidados maravilhados, confira.

        Ingredientes:
        2 xícaras de trigo
        1 colher de sopa de açúcar
        100 gramas de manteiga sem sal
        1 ovo
        2 colheres de sopa de leite
        Sal
        1 caixinha de morangos
        1 potinho de iogurte grego sabor frutas vermelhas
        1 potinho de iogurte grego sabor tradicional
        50 g de creme de leite
        1/2 colher de mel
        Flores comestíveis

        Modo de fazer:
        Misture o trigo com o açúcar e uma pitadinha de sal. Adicione a manteiga cortada em cubinhos, o ovo e o leite. Misture tudo muito bem até que tenha formado uma massa homogênea.

        Abra a massa em uma forma com fundo removível e vá apertando bem para que preencha toda a forma. Fure a massa com um garfo e leve ao forno pré aquecido a 220º por aproximadamente 30 minutos, ou até que esteja dourada.

        Enquanto isso, prepare o recheio. Misture os iogurtes com o creme de leite, o mel e misture bem para dar consistência.

        Quando sua massa estiver pronta, retire do forno, deixe esfriar e despeje o recheio pela torta toda.

        Agora é só usar a criatividade enfeitando sua torta com o que você tiver disponível, morangos, cerejas, mirtilos, flores, enfim, fique a vontade para criar sua própria decoração!

        Leve à geladeira para endurecer e pronto!

        Dica da Bru: “Essa é uma opção rápida e prática para preparar uma sobremesa especial quando não se tem muito tempo! Abuse das frutas e flores para decoração ficar especial! Eu utilizei pétalas de Amor Perfeito, mas você pode utilizar também flores de mel ou flores de manjericão, todas essas são mais fáceis de achar em lojas especializadas em plantas, que vendem adubo, arvores e flores!”

        E aí, o que acharam desta receita?
        Tem como não amar? 🙂

          5 anos de blog!

           

          E neste final de semana, foi a comemoração de CINCO ANOS (nossa, como está passando rápido!!) da Casa da Caubi. Quando escrevi o primeiro post em 25 de maio de 2012 jamais imaginei que chegaria até aqui. Não fiz planos nenhum para o blog: ele foi simplesmente acontecendo.

          Para quem não conhece exatamente como surgiu a Casa da Caubi, aqui vai um breve histórico. A data do primeiro post coincidiu com a primeira noite que passei fora da casa dos meus pais, o dia que saí de casa para morar com o meu namorado da época. Alguns meses depois, o relacionamento não deu certo e tomei a decisão de continuar morando no mesmo apartamento, sozinha.
          Foram meses realmente muito difíceis…. se eu não tivesse todo o apoio da família e de amigos ~ nessas horas a gente descobre quem são eles ~ não sei se teria conseguido superar. E, como válvula de escape, comecei a escrever sobre toda aquela mistura de sentimentos e a publicar no blog como se fosse um diário. Naquele momento, descobri que não estava sozinha: todo mundo já sofreu de amor nessa vida e de alguma forma conseguiu superar.

          E quanto mais eu escrevia, mais amor eu recebia, muitas vezes de pessoas que nunca tive contato além do mundo virtual. Tudo isso me fortaleceu bastante até que consegui mudar de apartamento, começar do zero e a escrever a minha própria história, com a minha identidade e personalidade.

          Ao longo desses anos aprendi a lavar, passar, cozinhar, decorar, trocar lâmpada, fotografar e muito mais coisas que jamais acreditei que pudesse ser capaz. Em cinco anos conheci me tornei uma nova pessoa e aprendi a ser eu mesma. E a vida só me recompensou: o blog foi caminhando com seus próprios pés e as pessoas começaram a saber de verdade quem é a Caubi.

          Ganhei pessoas maravilhosas. Conheci lugares incríveis. Comi pratos surreais. E agradeci a Deus. Todos os dias. Porque a vida tem mesmo dessas coisas… a gente demora muito tempo para entender que quando a gente perde, a gente ganha muito mais. E que se eu tivesse seguido por outro caminho, não teria conquistado tudo o que tenho hoje. AMOR. Família, amigos, seguidores.

          Hoje só tenho uma certeza na vida: o universo devolve pra gente tudo o que entregamos a ele. E a Casa da Caubi foi a resposta para todas as minhas perguntas.

          Pude compartilhar com algumas pessoas super queridas. Veja um pouquinho dessa festa, que foi puro amor.

          Os convidados foram ‘desafiados’ a levar receitas feitas por eles mesmos, para que todos nós pudéssemos provar e eleger a melhor receita da festa! Todo mundo se empenhou demais e só tinha delícias!

          E a Bru levou o prêmio de melhor receita da festa (em breve vou mostrar o prato e o passo a passo por aqui…)!! Não percam, a receita dela esta simplesmente incrível 🙂

          Que venham mais 5, 10, 15…. muitos e muitos anos de vida.
          Aqui, continuarei espalhando o amor. Ontem, hoje e sempre <3