Risoto de linguiça

 

Quando fui para o sítio em Monte Azul com o pessoal do Portal da Gastronomia e Bru Calderon, não faltaram receitas deliciosas. Além do pão caseiro e do pão de queijo, improvisamos alguns ingredientes e o resultado foi um risoto de linguiça delicioso e super fácil de fazer. A Bru compartilhou a receita no blog dela (acesse clicando aqui) e abaixo deixo o passo a passo para você testar por aí também. Vale a pena provar!

Ingredientes:
1 colher de manteiga
½ cebola cortada em pequenos cubinhos
½ dente de alho picadinho
1 xícara de arroz arbóreo ou arroz carnaroli
1 xícara de vinho branco
200 ml de caldo de legumes
200 g de linguiça toscana
½ xícara de azeitonas
100 g de queijo parmesão ralado
Manjericão e salsinha a gosto

Modo de fazer:
Coloque a manteiga em uma panela funda e deixe derreter. Acrescente a cebola e o alho e deixe refogar até que fiquem transparentes.

Em seguida, coloque a linguiça que neste caso está moída, mas você pode usar em rodelas ou cubinhos também. Refogue bem, acrescente o arroz, misture e adicione o vinho branco e deixe evaporar um pouco. Está pronto quando você não sente mais o cheiro do álcool saindo da panela.

Depois, comece a colocar o caldo de legumes. Pode colocar umas 2 conchas cheias pois no começo, o arroz precisa de líquido para cozinhar e a partir da terceira vá colocando de uma em uma concha, lentamente e mexendo sempre.

Quando sentir que o risoto está quase no ponto, que é sempre al dente, coloque as azeitonas, folhas de manjericão e salsinha, desligue o fogo e acrescente o queijo parmesão ralado.
Misture bem e pronto! É só servir e bom apetite!

Dicas da Bru: “o ponto do risoto é sempre al dente, o que significa que ele é sempre meio durinho mesmo, tem que haver uma resistência quando o grão é mordido. Na dúvida, sempre prefira desligar o risoto mais durinho do que deixar cozinhar demais e passar do ponto ok? Se o grão cozinhar demais fica grudento e você não vai apreciar seu prato.

Acrescente um pouco de parmesão ao invés de manteiga para finalizar. Normalmente as receitas indicam a manteiga para finalizar o risoto, mas isso deixa os grãos oleosos demais e o prato acaba ficando um pouco gorduroso. Ao invés dela, acrescente o parmesão e dê apenas uma mexida na panela, com o fogo já desligado. Isso vai fazer com que seu risoto fique cremoso sem ficar oleoso! Essa dica vale ouro! 🙂

Faça seu próprio caldo de legumes! É infinitamente mais saudável e acrescenta um sabor bem mais elaborado no seu prato!”

E aí, o que achou deste prato?
Não deixe de conferir outras receitas e delícias da Bru clicando aqui.

    O pão de queijo da Bru

     

    Para quem acompanhou as redes sociais do blog, viu que o final de semana foi uma delícia por aqui! Fui para o meu sítio em Monte Azul e levei comigo na mala o Caio e o Leandro do Portal da Gastronomia e a Bru Calderon e o marido ~ mais conhecido como Bini.

    Além de aproveitarmos o sol e a piscina, fomos todos juntos à cozinha experimentar comidas deliciosas feitas por nós. E esta receita de pão de queijo de tapioca foi uma delas! A receita é da Bru e agora também vai ser uma constante por aqui: além de fácil de rápida de fazer é uma delícia para o lanche da tarde, café da manhã ou a qualquer hora do dia. A Bru disponibilizou o passo a passo no blog dela (acesse clicando aqui) e também compartilho por aqui. Veja abaixo como fazer esta receita:

    Ingredientes:
    1 xícara de tapioca granulada
    1 xícara de leite
    ½ xícara de polvilho azedo
    100g de queijo parmesão ralado
    1 ovo
    Azeite
    Sal

    Modo de fazer:
    Em um recipiente, coloque a tapioca granulada e o leite e espere hidratar por 5 minutos. Em seguida misture o ovo, o polvilho, metade do queijo e tempere com um pouco de sal e misture bem.

    Faça bolinhas com a massa e passe no queijo restante até envolver toda a bolinha. Disponha em uma assadeira untada com azeite e leve ao forno pré aquecido a 180°C por aproximadamente 15 minutos. E sirva a seguir.

    Rendimento: 10 pães de queijo.

    E aí, o que achou desta receita? 🙂
    Vale a pena testar pro café de hoje!

      Um brinde à amizade: risoto de queijo pecorino com presunto parma

       

      Este post é um brinde ao blog e aos amigos que conquistei através da internet. Quando a gente acha que a tecnologia afasta as pessoas, eu posso garantir que por aqui, ela só me aproximou de gente muito bacana ao redor do Brasil e do mundo. Além de seguidores que se tornaram amigos, fiz amigos dos quais eu era fã. E algumas coisas nessa vida realmente não tem preço.

      E foi justamente o que aconteceu comigo e com a Bru! Há menos de um ano uma nem sabia da existência da outra e hoje a gente não fica um dia sequer sem se falar! A vida surpreende e o universo se encarrega de trazer pessoas com as melhores energias para dentro da nossa casa.

      E há algumas semanas a gente se encontrou e foi incrível! Cozinhamos juntas e o resultado é este aqui: um risoto de queijo pecorino com presunto parma incrível!
      Mal posso esperar pelo próximo encontro para fazer coisas ainda mais gostosas. E, enquanto o próximo jantar não acontece, deixo aqui para vocês a receita deste risoto para testar por aí.

      Ingredientes:
      1 colher de manteiga
      ½ cebola cortada em pequenos cubinhos
      ½ dente de alho picadinho
      1 xícara de arroz arbóreo ou arroz carnaroli
      1 xícaras de vinho branco
      200ml de caldo de legumes
      200g de Queijo Pecorino Casa da Ovelha
      100g de Presunto de Parma

      Modo de fazer:
      Coloque a manteiga em uma panela funda e deixe derreter. Acrescente a cebola e o alho e deixe refogar até que fiquem transparentes. Coloque o arroz e refogue até que a manteiga envolva toda a quantidade de arroz. Coloque o vinho branco e deixe evaporar um pouco. Está pronto quando você não sente mais o cheiro do álcool saindo da panela.

      Em seguida, comece a colocar o caldo de legumes. Pode colocar umas 2 conchas cheias pois no começo, o arroz precisa de líquido para cozinhar e a partir da terceira vá colocando de uma em uma concha, lentamente e mexendo sempre.

      Quando sentir que o risoto está quase no ponto, que é sempre al dente, acrescente o queijo, desligue o fogo e misture até que tudo esteja derretido. Para finalizar, acrescente o Presunto de Parma cortado em pequenos pedaços e pronto!

      Rendimento: 4 porções

      Dicas da Bru: “o ponto do risoto é sempre al dente, o que significa que ele é sempre meio durinho mesmo, tem que haver uma resistência quando o grão é mordido. Na dúvida, sempre prefira desligar o risoto mais durinho do que deixar cozinhar demais e passar do ponto ok? Se o grão cozinhar demais fica grudento e você não vai apreciar seu prato.

      Acrescente um pouco de parmesão ao invés de manteiga para finalizar. Normalmente as receitas indicam a manteiga para finalizar o risoto, mas isso deixa os grãos oleosos demais e o prato acaba ficando um pouco gorduroso. Ao invés dela, acrescente o parmesão e dê apenas uma mexida na panela, com o fogo já desligado. Isso vai fazer com que seu risoto fique cremoso sem ficar oleoso! Essa dica vale ouro! 🙂

      Faça seu próprio caldo de legumes! É infinitamente mais saudável e acrescenta um sabor bem mais elaborado no seu prato!”

      E aí, o que achou desta receita?
      Conta aqui pra gente 🙂

        Bolo de milho cremoso

         

        E quando você tem duas amigas que você AMA demais e uma reproduz a receita da outra? E quando a gente compartilha o amor? Ele se soma, se multiplica e fica cada vez maior. Ontem a San fez uma receita da Bru para iniciar as comemorações juninas: bolo de milho cremoso. E o resultado não poderia ser diferente. Muitas delícias para começar o final de semana. Vem conferir essa receita e incluir no cardápio do seu arraial!

        Ingredientes:
        3 ovos
        1 colher de chá de fermento em pó
        1 lata de leite condensado
        1 lata de milho verde (se quiser fazer com milho fresco é só cozinhar, cortar os grãos e usar a lata de leite condensado como medida)
        1 pacote de coco ralado
        Manteiga

        Modo de fazer:
        No liquidificador coloque os ovos, o milho e ligue para ir batendo. Depois dos grãos do milho já terem triturado um pouco, acrescente os demais ingredientes e bata até que vire uma massa completamente homogênea.

        Unte uma forma que possa ser levada ao microondas, despeje a massa e leve em potência máxima por 12 minutos.

        É importante que desenforme logo quando tirar do microondas, assim ele sairá por inteiro.

        Dicas da Bru: “obviamente cada microondas tem uma configuração diferente, então vale a pena dar uma checada na metade, 6 minutos, para entender como está indo o cozimento e se você irá precisar o tempo para garantir que cozinhe por completo.”

        Corte em porções individuais e embale para servir à mesa da festa junina!

        E aí, o que achou?:
        Conta aqui pra gente! 🙂

          A torta de flores da Bru

           

          Semana passada comemoramos por aqui os cinco anos de existência do blog cheio de amigos, alegria, boas vibrações e muita comida boa! Desafiei os convidados da festa a trazer uma receita que seria a especialidade de cada um – poderia ser doce ou salgado – e o resultado foi surpreendente! Todo mundo inovou e caprichou nos pratos… tudo feito com muito carinho.

          Em um cantinho da festa deixamos separados três potinhos para que os convidados pudessem votar e escolher qual seria a melhor receita salgada, a melhor receita doce e a melhor receita da festa. E, depois de uma disputa super apertada, a melhor receita eleita foi a torta de flores da Bru Calderon, que fez uma obra de arte para os olhos e para o coração. E é claro que eu não poderia deixar de pedir pra postar aqui. Veja como fazer esta sobremesa linda; o resultado vai deixar seus convidados maravilhados, confira.

          Ingredientes:
          2 xícaras de trigo
          1 colher de sopa de açúcar
          100 gramas de manteiga sem sal
          1 ovo
          2 colheres de sopa de leite
          Sal
          1 caixinha de morangos
          1 potinho de iogurte grego sabor frutas vermelhas
          1 potinho de iogurte grego sabor tradicional
          50 g de creme de leite
          1/2 colher de mel
          Flores comestíveis

          Modo de fazer:
          Misture o trigo com o açúcar e uma pitadinha de sal. Adicione a manteiga cortada em cubinhos, o ovo e o leite. Misture tudo muito bem até que tenha formado uma massa homogênea.

          Abra a massa em uma forma com fundo removível e vá apertando bem para que preencha toda a forma. Fure a massa com um garfo e leve ao forno pré aquecido a 220º por aproximadamente 30 minutos, ou até que esteja dourada.

          Enquanto isso, prepare o recheio. Misture os iogurtes com o creme de leite, o mel e misture bem para dar consistência.

          Quando sua massa estiver pronta, retire do forno, deixe esfriar e despeje o recheio pela torta toda.

          Agora é só usar a criatividade enfeitando sua torta com o que você tiver disponível, morangos, cerejas, mirtilos, flores, enfim, fique a vontade para criar sua própria decoração!

          Leve à geladeira para endurecer e pronto!

          Dica da Bru: “Essa é uma opção rápida e prática para preparar uma sobremesa especial quando não se tem muito tempo! Abuse das frutas e flores para decoração ficar especial! Eu utilizei pétalas de Amor Perfeito, mas você pode utilizar também flores de mel ou flores de manjericão, todas essas são mais fáceis de achar em lojas especializadas em plantas, que vendem adubo, arvores e flores!”

          E aí, o que acharam desta receita?
          Tem como não amar? 🙂