Ferramentas de jardinagem para suas plantas

Para deixar seu jardim mais bonito

Hoje é dia de vídeo novo no Youtube da Caubi e, dessa vez, vou compartilhar por aqui as minhas ferramentas de jardinagem para as plantas da minha casa. São 4 ferramentas que considero essenciais para deixar meu jardim bonito e saudável. Afinal, quanto mais a gente cuida, mais bonito ele fica né?

Então, vem conferir as ferramentas que uso por aqui para deixar a manutenção das minhas plantas sempre em dia.

Ferramentas de jardinagem para suas plantas

As ferramentas de jardinagem para minhas plantas

: esta ferramenta é essencial para o plantio. Serve para cavar e abrir espaço para as plantas no solo. Aliás, a pá também serve para transportar e remover terra para dentro do vaso.

Rastelo: serve para limpar e nivelar o solo. O rastelo ajuda a tirar folhas indesejadas do solo ou torrões de terra e até mesmo sujeiras. Ou seja, o rastelo pode ser usado tanto na formação do jardim quanto na preparação da terra e na manutenção do jardim.

Tesoura ou canivete de poda: estas duas ferramentas me ajudam na manutenção do jardim e tanto a tesoura quanto o canivete são bastante utilizados. Primeiramente, o canivete me ajuda nos vasos menores. É muito mais fácil podar folhagens que não estão saudáveis, cortar matinhos ou até mesmo galhos mais feios.
Já a tesoura, é essencial para cortar galhos maiores e caules que o canivete não consegue cortar. Por exemplo, galhos de astromélias que compro no mercado e monto os arranjos para decorar os vasos por aqui.

Regador: esta é a ferramenta essencial para molhar as plantinhas. Por aqui, aliás, tenho em três tamanhos diferentes, para ajudar o fluxo de água para cada tamanho de vaso.

Ferramentas de jardinagem para suas plantas
minhas Ferramentas

E então, vem pro Youtube da Caubi! Clica aqui e confira todos os detalhes das ferramentas de jardinagem para ter em casa:

E não deixe de me contar o que achou porque sua opinião é muito importante para o blog. Vem! 🙂

    Vídeo novo: minhas plantas de casa

    Como um cuido das minhas plantinhas em casa

    Minhas plantas de casa: logo após o vídeo com 10 dicas para não matar suas suculentas, tem vídeo novo sobre plantinhas por aqui: um tour completo sobre as minhas plantas.

    Assim que eu comecei a decorar a casa com plantas, escolhi cactos e suculentas por serem as mais fáceis para cuidar. Mas, aos poucos fui aprendendo, pesquisando e gostando de diversas espécies.

    Assim, hoje eu tenho vários tipos de plantinhas por aqui e vou mostrar em detalhes onde elas ficam e quais os cuidados necessários para mantê-las sempre lindas e saudáveis.

    minha varanda com plantas
    o cantinho do cafe

    Quais os cuidados necessários

    Mas não é só de amor que as minhas plantas de casa vivem! Temos que observar bem e perceber os sinais das nossas plantinhas. Pouca água? Muita água? Fique atento, elas vão mostrar os sinais.

    Além disso, devemos prestar atenção nos ambientes da casa: iluminação, luminosidade, temperatura, umidade. Estes são alguns dos fatores que influenciam na saúde das plantas e às vezes ela pode morrer pelo detalhe de ter sido colocada no ambiente errado da casa.

    Água é um dos fatores que também influencia e muito. Antes de comprar verifique a sua disponibilidade de tempo para cuidar de plantas. Não tem tempo? Sempre esquece de regar? Busque plantas que precisam de poucos cuidados como cactos ou suculentas.

    Mas se você está aprendendo a cuidar, vem conferir o vídeo! Por aqui, tenho algumas opções lindas e que não precisam de muito cuidado. São ótimas opções para fugir das mesmas plantas de sempre e que ajudam a deixar a casa mais alegre e colorida.

    Aperta o PLAY e vem conferir o vídeo:

    E você, tem alguma dica essencial que usa na sua casa para manter suas plantas lindas e saudáveis? Eu quero saber!

    meu cantinho do café com plantas

    E então, o que achou das plantinhas de casa?
    Me conta e não esqueça de se inscrever no Youtube da Caubi 🙂

      Mesa posta: cactos e suculentas

      Hoje o dia começa com novidade por aqui! Na coluna ‘em casa’ vou compartilhar um pouquinho mais sobre uma das minhas paixões: a mesa posta.

      A minha ideia é postar sugestões e inspirações de mesas fáceis e descomplicadas, porém cheias de charme e bom humor para que você possa reproduzir por aí também e deixar a sua refeição com muita cor para receber seus convidados à mesa.

      Então, vamos começar com uma mesa de café da manhã que eu montei no sítio para receber o dia junto com a natureza e o nascer do sol. O tema escolhido desta vez foi cactos e suculentas para entrar no clima de plantas.

      Escolhi os tons de verde e rosa para começar a trabalhar. Com jogos americanos com estas cores e pratos temáticos de cactos e suculentas ~ comprados no Sam’s Club ~ o destaque ficou para os guardanapos em pink e os vasos com cactos e suculentas pela mesa. Servi uma mesa para duas pessoas, então foi possível preencher os espaços com vasos de um lado para decorar e garrafas de suco e bowls do outro lado para servir.

      Como não tinha talheres em cores iguais para combinar, resolvi brincar com as cores e em um lugar os talheres escolhidos foram rosa e no outro, branco. E este é um dos pontos mais importantes para mim ao decorar a mesa: não existem regras. Você pode misturar as cores e as peças que você já tem em casa. O fator mais importante para fazer uma mesa posta é decorar com muito amor, pensando nos detalhes e nos convidados.

      Ao lado direito de cada prato, coloquei mini pratinhos decorados para servir de apoio aos talheres além de dar um tom divertido à mesa.
      As taças escolhidas foram transparentes para neutralizar as cores dos pratos, guardanapos e talheres.

      E que tal acrescentar itens de jardinagem para decorar o espaço? Usei as mini pás de plantio ao lado para representar a ideia de jardim à mesa.

      E usando a mesma linha dos talheres diferentes, quis brincar também com os pratos rasos. Utilizando a paleta de cores rosa e verde, misturei os pratos nestas cores, deixando uma mesa divertida e colorida.

      E aí, o que achou desta mesa para começar muito bem o dia? Conta aqui 🙂

        10 dicas para cultivar suculentas em casa

        Para quem acompanha as redes sociais do blog ~ se você ainda não me achou no instagram, dá uma olhada em @casadacaubi ~ sabe que eu amo plantinhas, em especial as suculentas.

        As suculentas são plantas que acumulam água em suas folhas, por isso a principal característica dessa espécie é ter as folhas e caules bem gordinhos e é daí que vem o nome “suculenta”.

        Além de enfeitar a casa, estas plantas são bem resistentes e muito fáceis de cuidar além da versatilidade para plantar em qualquer lugar. As suculentas são plantas que precisam de muita luminosidade e pouca água, ou seja, não precisam de muito cuidado para crescerem.


        Veja aqui 10 dicas para ter suculentas lindas, saudáveis e produtivas em casa:

        1. Plante sua suculenta em um ambiente bem drenado, seja vaso, xícara, terrário, etc. É importante preparar muito bem a terra para que sua suculenta dure o máximo possível onde você for plantar, mesmo que não seja um vaso com furo embaixo. Monte o vaso nesta ordem: cascalho, um pedacinho de TNT, substrato, terra e suculenta, finalizando com musgo ou pedrinhas ornamentais.

        2. Como as suculentas são plantas do deserto, elas preferem a terra seca. Regue com o intervalo mínimo de 7 dias, sempre checando com os dedos a umidade da terra. Se estiver úmida, não regue.

        3. Utilize um conta gotas ou seringa para regar suas suculentas e nunca encharque de água no vaso pois as raízes podem apodrecer. Por aqui, eu utilizo um conta gotas para não exagerar na água, sempre acompanhando também a temperatura externa.

        4. Suculentas gostam de sol e de luz e a maioria delas precisa de iluminação direta. Se você mora em apartamento, deixe as plantinhas próximas a janelas ou sacadas.

        5. Preste atenção na iluminação pois elas não vão sobreviver em locais com pouca luz como banheiros, estantes e prateleiras internas ou mesas de centro na sala.

        6. Se alguma ‘folha’ da suculenta cair durante o manuseio, não fique triste. É só colocar na terra ~ pode ser no mesmo vaso ou em um novo ~ com a pontinha enfincada que em breve ela vai criar raízes e crescer novamente, gerando outra suculenta.

        7. Suculentas precisam de mais cálcio do que as plantinhas de sombra. Este nutriente pode ser encontrado na casca do ovo e pode deixar os caules mais duros e resistentes ao vento. Se você perceber certa fraqueza nas suas suculentas, triture as cascas de um ovo no liquidificador e jogue o pó na terra.

        8. As suculentas precisam ficar apenas com as plantinhas do mesmo tipo ~ suculentas ou cactos. Não misture plantas de muita rega que as suculentas vão eventualmente acabar morrendo afogadas.

        9. Se a plantinha estiver com folhas envelhecidas ou sujas, manuseie com cuidado e sempre com a ajuda de um pincel. Apesar de resistentes, as suculentas são plantinhas delicadas e qualquer movimento brusco pode arrancar suas folhas.

        10. Use sua criatividade. As suculentas são plantas que podem ser cultivadas em diferentes vasinhos e se reproduzem muito rápido. Abuse das cores e crie seu jardim!