Começando a semana com detox

 

Para quem enfiou o pé na jaca no final de semana ~ tipo eu ~ que tal começar esta segunda-feira com um detox? Uma das práticas que adotei por aqui desde ontem, foi tomar um copo de água  com meio limão espremido em jejum. Claro que não se compara àquele leite com achocolatado, mas os efeitos e os benefícios começam a aparecer bem rápido e logo você se acostuma. Afinal, se a vida te der limões, que tal espremê-los para te ajudar a emagrecer?

Veja alguns benefícios desta atitude:
1. Limão é uma excelente e rica fonte de vitamina C, que protege o organismo e sistema imunológico;
2. Funciona como detox pois ajuda a eliminar o excesso de toxinas no fígado;
3. Ajuda para quem quer emagrecer porque reduz o apetite, evitando ataques de fome;
4. Melhora os aspectos da pele, já que o limão possui antioxidantes capazes de agir nas fibras de colágeno da pele;
5. O teor de potássio do limão ajuda e nutri as células nervosas do cérebro;
6. Ajuda a combater o inchaço do corpo, agindo como diurético

IMG_9964

Claro que aliado ao copo de água com limão, precisamos praticar exercícios físicos regularmente e manter uma dieta equilibrada. Que este seja o primeiro passo em busca de uma vida mais saudável…

Confesso que é muito difícil juntar tudo isso à rotina – e principalmente porque amo comer coisas gordinhas! – mas a segunda-feira sempre chega para que a gente possa tentar né? Boa semana! Me conta como está a sua dieta por aí também 🙂

    Sequilhos de coco sem açúcar

     

    Pra começar bem a semana e resistir ao regime ~ que volta hoje ~ encontrei uma receita super fácil, simples e fiz uma adaptação sem açúcar. Ontem minha mãe encontrou essa receita no verso de uma embalagem de Maizena e quis tentar. Como minha mãe não pode ingerir açúcar, deu a ideia de tentarmos a versão com adoçante culinário e deu super certo! A receita ficou igualmente gostosa e os sequilhos ficaram sequinhos e crocantes. Que tal testar essa versão para começar bem a semana? Veja como é fácil fazer:

    Ingredientes:
    250g de margarina
    2 gemas
    1 xícara de chá de Tal e Qual forno e fogão (que aqui substitui o açúcar)
    500g de amido de milho
    1 xícara de coco ralado

    Modo de fazer:
    Em uma tigela, coloque a margarina, as gemas e a xícara de Tal e Qual. Misture bem até obter um creme liso. Acrescente o amido de milho aos poucos e amasse com a ponta dos dedos até ficar homogêneo. Junte a xícara de coco ralado e misture bem.

    Faça cordões com a massa e corte-os em pedaços com cerca de 3 cm de comprimento. Pressione a superfície de cada um com um garfo. Coloque-os em assadeiras untadas, deixando espaço entre eles. Leve ao forno preaquecido a 200 graus por 10 minutos ou até dourarem levemente, de acordo com a potência de cada forno.

    IMG_2805

    Tire os biscoitinhos da assadeira e estão prontos para servir!

    IMG_2808

    IMG_2820

    E aí, o que achou dessa receita?
    Conta aqui pra gente 🙂

      Bolinho assado de cenoura

      Hoje tem receita da San pra começar bem o final de semana! Esta é uma receita de petisco para servir como entrada no almoço ou aperitivo no happy hour e vai agradar a todos, principalmente para quem não come carne, que é uma opção mais light do tradicional bolinho de carne frito.

      Além de mais saudável, é recheado com queijo, o que deixa o bolinho ainda mais gostoso. Que tal dar uma olhada nesta receita e testar ainda hoje? Veja como é fácil:

      Ingredientes:
      2 cenouras
      3 batatas inglesas
      1 cebola
      2 dentes de alho
      Sal e pimenta a gosto
      Queijo muçarela para o recheio

      Modo de fazer:
      Corte a cenoura e a batata em cubos de tamanhos iguais e coloque para cozinhar.

      IMG_5142

      Enquanto os legumes cozinham, corte a cebola em cubos e frite; quando ela estiver quase dourada coloque o alho e frite, reserve. Amasse os legumes, junte a cebola e o alho e deixe esfriar.

      IMG_5144

      Depois de frio, coloque a quantidade de uma colher de sopa cheia e recheie com a muçarela. Coloque na assadeira e asse a 230 graus por 20 minutos.

      IMG_5146

      E está pronto para servir.

      IMG_5150

      E aí, o que achou desta receita?
      Conta aqui pra gente 🙂

        Primeiro passo: caminhar

         

        E o projeto “Corre, gordinho” está sendo retomado com toda força total neste 2016! O foco agora é o Carnaval (ok, falta pouco mais de uma semana, mas preciso de alguma motivação a curto prazo né?). Comecei a mudar bastante coisa no meu cardápio diário (ainda vou escrever aqui sobre as mudanças alimentares que estou adotando e como está sendo difícil trocar velhos hábitos 🙁 ) e já comecei a sentir bastante diferença na minha disposição, sono e funcionamento do meu organismo.

        É incrível perceber como algumas pequenas mudanças afetam muito além do peso e da balança…. e isso porque ainda não fiz nenhuma alteração radical: continuo comendo minha pizza e um churrasco no final de semana e bebo refrigerante diet quando tenho vontade. Pretendo evoluir aos poucos, para não ter nenhum choque ou tristeza.

        Depois do feriado de São Paulo, resolvi levantar do sofá e começar uma nova fase deste projeto: o exercício físico. Academia anda muito caro por aqui e ainda não é um gasto que cabe no meu orçamento. Também não é desculpa para que eu não faça alguma coisa. Perto de casa existe um parque bem pequeno e super gostoso. Acredito que muita gente teve a mesma ideia que eu e resolveu sair de casa para caminhar ~ ou correr ~ neste parque. Ele ocupa um quarteirão de aproximadamente 1km em toda sua extensão, então é mais fácil medir o quanto foi percorrido.

        Comecei com uma caminhada leve: 5 voltas pelo parque andando em ritmo médio, sem parar. Já foi o suficiente pra suar e cansar rsrsrs… como estou sem ritmo nenhum de exercícios, acredito que também não vale a pena forçar muito agora; o importante no momento é ter regularidade. Confesso que foi ótimo! Me senti super disposta depois e dormi mais cedo – e melhor!

        Se você tem um parque perto de onde mora ou trabalha, faça essa opção. Confie em mim: o tempo passa mais rápido, é menos dolorido e observar o que há em volta é muito prazeroso. Além disso, depois da caminhada sempre tem um carrinho de coco ou açaí te esperando para um refresco!
        O importante é começar 🙂

        IMG_1684

        IMG_1690

        IMG_1693

        Para quem quiser, a minha dica é o Parque Severo Gomes, que fica localizado na Granja Julieta zona sul de São Paulo.

          O hambúrguer vegetariano do Peu

           

          Faaaaala galera, tudo tranquilo?

          Depois do fim do ano, com toda aquelas comidas deliciosas e pesadas, acredito que, assim como eu, vocês também devem estar querendo dar umas férias para seu estômago. A receita de hoje tem esse objetivo, um hambúrguer de feijão com beterraba e que, ao invés de ser frito, é assado.

          Ingredientes:
          2 xícaras de feijão rajado cozido
          1 xícara de cebola picada
          2 colheres de sopa de alho picado
          ½ xícara de beterraba ralada
          ½ xícara de cenoura ralada
          1 colher de sopa de shoyu
          1 colher de sopa de limão
          Sal e azeite a gosto
          ¾ de xícara de fubá

          veggie1

          O rendimento depende do tamanho dos hambúrgueres que você moldar. Do tamanho que fizemos o rendimento foi 6 unidades.

          Modo de preparo:
          Primeiro precisamos refogar a beterraba, cenoura, cebola e alho até ficarem bem cozidos. Enquanto isso podemos processar o feijão cozido.

          veggie2

          veggie3

          Depois que os legumes estiverem bem refogados misture com o feijão no processador, acrescentando o fubá aos poucos. Bata até virar uma pasta grossa e bem homogênea.

          veggie4

          Depois é só fazer as bolinhas, formar os hambúrgueres, colocar em uma assadeira com um pouco de fubá e levar ao forno para assar por aproximadamente 12 minutos de cada lado.

          veggie5

          Quem me acompanha aqui no blog deve estar achando estranho eu postando uma receita “light” como essa. Vou ser sincero, este não é o meu hambúrguer preferido (eu ainda prefiro um belo hambúrguer de carne e frito), mas acho que aos poucos vamos acostumando nosso paladar a comidas mais leves e mais saudáveis. E vale a pena falar que meu irmão que gosta de frequentar restaurantes veganos e afins gostou bastante deste hambúrguer.

          Bem por hoje é isso pessoal, mais uma receita simples e rápida. Espero que gostem e aos poucos estou acostumando meu paladar para trazer esse tipo de receita para vocês. E não vamos esquecer que 2016 é o ano da #corregordinho rumo ao verão de 2017 =P rsrsrsrs…

          Grande Abraço e até a próxima, fuuuii!!!!