A transformação da cozinha do sítio

Alguns meses e uma mudança radical

Nada como algumas mudanças na nossa casa para deixar o ambiente melhor, atual e mais funcional né? Portanto, hoje vou compartilhar por aqui a transformação da cozinha do sítio.

Nos identificamos bastante com o escritório da Carol e da Cami, de CDA Projetos, que logo conseguiram traduzir a essência da família neste ambiente.

A transformação da cozinha do sítio

O nosso sítio no interior de São Paulo é aquele lugar que buscamos para fugir da correria da cidade para reunir a família em um ambiente de descanso para contemplar a natureza. Ou seja, tudo por aqui é bem leve, informar e descontraído para que possamos aproveitar ao máximo todos os ambientes.

A transformação da cozinha do sítio

Portanto, o foco desta transformação foi deixar o ambiente funcional e prático, sem deixar de lado o conforto e a organização.

Então, fomos ao trabalho: antes, a nossa geladeira ficava na mesma parede do fogão. E ela foi a primeira grande mudança da cozinha. Além disso, o espaço ocupado pela geladeira se tornou uma grande bancada, dividindo a pia entre áreas seca e molhada.

A transformação da cozinha do sítio
A transformação da cozinha do sítio

Bem no centro da cozinha, ganhamos uma ilha: um antigo sonho da minha mãe. E para aproveitar o espaço, ela é repleta de armários, o que ajudam ainda mais na praticidade para ter utensílios e alimentos do dia-a-dia sempre à mão.

Do outro lado, a geladeira ganhou a companhia de muitos armários, uma cristaleira e dois nichos para acomodar o forninho e o mico-ondas.

Além disso, logo acima temos dois espaços para colocar com enfeites que combinem com a decoração do ambiente.

Por fim, os ambientes ganharam uma integração com uma prateleira suspensa em marcenaria e serralheria ~ da mesma cor do trilho de iluminação ~ que fizeram toda a diferença entre a cozinha e a sala de almoço.

Quer ver mais? Então, clique aqui e vem pro Youtube da Caubi conferir o tour completo pela nova cozinha do sítio!

    Como fazer waffles em casa

    Duas receitas em uma única forma

    Por aqui, seguimos em casa e em Quarentena. E hoje chegou a hora de mostrar como fazer waffles em casa. Não quis investir muito dinheiro em uma máquina profissional que, além de ocupar muito espaço também é cara. Então, resolvi testar uma forma de waffle, no estilo sanduicheira – ou tostex. Vem conferir o resultado em duas receitas super especiais e fáceis de fazer para você testar aí mesmo!

    Aliás, estas receitas de waffles podem ser feitas na frigideira, sanduicheira… do jeito que você preferir.

    Porque tudo o que mostramos por aqui é para que você possa fazer do seu jeitinho e do seu gosto por aí.

    Como fazer waffles em casa: salgado

    Esta receita é a mesma do pão de queijo de frigideira, adaptada para o formato de waffle porque fica ainda mais delicioso quando servido em formato de coração né?

    Ingredientes:
    3 colheres de sopa de goma de tapioca
    1 colher de sopa de queijo cottage ou requeijão
    1 ovo
    Sal a gosto

    Modo de fazer:
    Primeiramente em uma tigela, adicione todos os ingredientes e então misture tudo com a ajuda de um garfo ou fouet.

    Em seguida, no tostex de waffle untado com umas gotas de azeite, leve a mistura ao fogo e deixe dourar dos dois lados por alguns minutinhos tomando cuidado para não queimar.

    Então, desligue o fogo e tire da forma. Está pronto para servir.

    Como fazer waffles em casa salgado

    Como fazer waffles em casa: doce

    Esta é uma receita da Sandra Reis, super fácil e prática que, além disso, fica deliciosa para acompanhar o café.

    Ingredientes:
    1 xícara de chá de farinha de trigo
    3 colheres de sopa de açúcar
    1 pitada de sal
    2 colheres de chá de fermento químico
    1 ovo 3 colheres de sopa de óleo
    1/2 xícara de chá de leite

    Modo de fazer:
    Primeiramente em um bowl, misture a farinha, o açúcar, o sal e o fermento. Reserve.

    Então, em outro bowl, bata bem o ovo com o óleo e o leite e, quando estiver tudo bem misturado, junte aos ingredientes secos, misturando até formar uma massa homogênea.

    Em seguida, no tostex de waffle untado com umas gotas de azeite, leve a mistura ao fogo e deixe dourar dos dois lados por alguns minutinhos tomando cuidado para não queimar.

    Por fim, desligue o fogo e tire da forma. Está pronto para servir.

    Como fazer waffles em casa doce

    E então, o que achou destas receitas? Se você também amou mas quer saber mais detalhes do passo a passo, vem conferir o vídeo no Youtube da Caubi como fazer waffles em casa.

    Tenho certeza que vai ser um sucesso por aí!

    E não se esqueça de me contar o que achou! 🙂

      DIY: ideias para a decoração de casa

      Faça você mesmo sem gastar nada

      E por aqui, seguimos em casa cumprindo a Quarentena… mas também seguimos pensando em ideias legais para você fazer em casa e espantar o tédio. No vídeo de hoje, apresento 5 ideias para a decoração de casa no estilo ‘faça você mesmo’. E o mais legal de tudo: com objetos, utensílios e ferramentas que você já tem por aí.

      Ou seja, dá pra gente mudar a decoração de casa sem gastar nada! Aliás, podemos reciclar e reutilizar alguns objetos que estavam esquecidos ou que seriam eventualmente jogados fora.

      DIY: veja as ideias para a decoração de casa

      5 ideias com dicas e sugestões para você abusar da sua criatividade e deixar seus cantinhos ainda mais personalizados e enfeitados.

      Vaso com vidros usados: porque não transformar vidros de palmito em vasos para decorar a sua mesa? Reciclando vidros, é possível encher a casa com flores. Tecido, sisal, colagens. Dá para decorar os seus vidros com diversos materiais. Por aqui, eu usei guardanapo e coloquei os vidros em um caixote. Assim, a decoração fica rústica e muito charmosa.

      5 ideias para a decoração da sua casa

      Porta utensílios com lata: tem alguma lata por aí? Leite condensado, molho de tomate? Você escolhe! Por aqui, reaproveitei e então comecei a organizar minhas colheres do cantinho do café.

      Caixa para guardar esmaltes: o que era papelão, então virou organização. Agora, todos os esmaltes estão em um único lugar, com uma estampa única e personalizada.

      Vela decorada com rolha: uma simples vela ficou mais charmosa e elegante com rolhas ao redor e ainda, sem danificar as rolhas. Que tal essa ideia para decorar a sua próxima mesa?

      DIY 5 ideias para a decoração da sua casa

      Porta recado com porta retrato: se você esquece de anotar os seus compromissos, use um porta retrato antigo e deixe os seus lembretes à mostra para não perder nada.

      Então, vem pro Youtube da Caubi conferir o passo a passo desses projetos:

      E aí, me conta o que achou dessas dicas para mudar um pouquinho a decoração da casa nessa Quarentena!

        Vídeo novo: um tour completo da cozinha

        Vem conhecer a minha cozinha

        Hoje é dia de vídeo novo por aqui! Então, que tal aproveitar esse tempinho na sua casa para conhecer a minha casa? Depois de conhecer a sala integrada, chegou a hora de um tour completo da cozinha.

        Quando a minha cozinha aparece por aqui, me perguntam se ela é nova. No entanto, a cozinha foi um dos primeiros cômodos que decorei por aqui logo que me mudei.

        Inclusive, ela sofreu pouquíssimas alterações desde que eu comecei a morar aqui porque considero este cômodo um dos principais da casa, já que com certeza é onde eu passo mais tempo quando estou por aqui.

        Por se tratar de uma cozinha americana e ser toda aberta e integrada à sala e à varanda, ela enfim acabou se tornando parte fundamental da decoração e da identidade visual da Casa da Caubi.

        tour completo da cozinha
        visão geral da cozinha
        minha cozinha decorada

        Um tour completo da cozinha

        E para mostrar esta integração entre os ambientes, primeiramente é possível observar a unidade entre os pisos. Escolhi o mesmo porcelanato para todos os ambientes integrados para ficar com a ideia de continuidade.

        Além disso, a marcenaria da cozinha é a mesma da sala: armários brancos com detalhes em madeira. Quando me mudei para cá, contratei uma arquiteta que projetou a cozinha. Logo depois, a Natalia Salla ~ que foi responsável pela reforma da sala e do meu cantinho do café ~ me ajudou nos armários da sala, para manter as mesmas cores e características da cozinha.

        Aliás, as cores da cozinha também combinam com o resto da casa. São tons de madeira e um marsala bem sóbrio para contrastar com as cores das panelas ~ que ficam espalhadas pela casa ~ e os imãs de geladeira, que são a marca registrada daqui.

        E então, preparado para vir comigo neste tour? Clique aqui e seja muito bem-vindo à minha cozinha!

        E claro, me conta o que achou 🙂

          Quanto mais cor, melhor

          Sabe quando a energia do final de semana é tão incrível e tão alto astral que você já começa a semana no maior pique?

          Por aqui, foi assim. Neste final de semana recebi minha querida amiga Bru Calderon em casa para dias de muita alegria, receita e, é claro, louça pra lavar. Esta última parte ficou por conta dos meninos que também passaram por aqui: o Portal da Gastronomia e o Bini, marido da Bru.

          Casa cheia, do jeitinho que eu gosto. E com muita comida gostosa pra comer. Fiquei super feliz que meus amigos puderam experimentar meu pão caseiro e foi um sucesso tão grande que repetimos a receita para o café da manhã.

          Em breve vou compartilhar as receitas que fizemos juntos por aqui mas, enquanto isso, deixo o meu desejo de boa semana para você com a mesa de brunch que montamos juntas. Eu e a Bru estávamos realmente inspiradas.

          A partir do pão caseiro e de um bolo colorido que a Bru trouxe para eu provar, saiu esta produção: uma mesa colorida em tons pasteis com misturas de estampas xadrez, flores e muito amor.

          Com as cores das receitas, pudemos escolher as cores das louças. O rosa foi o ponto principal das xícaras em formato de coração, das xícaras de café, saleiro e pimenteiro e das flores, que deram o toque final à decoração.

          Com o pão caseiro a Bru fez avocado toast para nós, com ovo poché e bacon assado. Usamos cores de pratos que pudem contrastar com a receita servida e, ao mesmo tempo chamar atenção para as cores dos ingredientes.

          Outra receita da Bru foi o chocolate quente cremoso, que aqueceu nossos corações na manhã fria de domingo que fazia em São Paulo.

          E para encerrar o brunch, um bolo colorido e um café feito na hora.

          Com uma mesa improvisada e com ingredientes que já tínhamos, foi possível espalhar o amor pelo café da manhã.
          Com carinho, tudo é possível.

          Que a nossa semana seja doce e muito colorida!