Cheftime e Viena: maminha ao vinho e batatas rústicas com páprica

 

Para quem acompanha as redes sociais do blog, viu que no final de semana recebi um presente muito legal: uma caixa da Cheftime com uma das novidades do restaurante Viena. A partir de 16 de agosto o restaurante lança seu novo cardápio, com 50 novos ~ e deliciosos ~  pratos. Um deles é a maminha ao vinho e batatas rústicas com páprica. Recebi todos os ingredientes para executar a receita e o resultado foi incrível! Um prato fácil e prático, com aquele tom de chef de cozinha.

É tão bom que vou compartilhar por aqui para que você possa testar e provar também. Veja a receita e não deixe de conferir as novidades do Viena.

Ingredientes:
400 g de maminha
80 ml de vinho branco
10 g de alho brunoise
40 g cebola brunoise
2 g de salsa
5 g de manjericão
10 g de sal refinado
1 lata de tomate pelado
40 ml de azeite
450 g de batata
1 pedaço de papel alumínio
2 g de páprica doce

Modo de fazer:
Carne
Tempere a maminha com 4 g de sal, espalhando por toda a superfície. Em seguida, aqueça uma frigideira antiaderente em fogo alto. Depois de quente, adicione um fio de azeite e deixe-o esquentar, coloque a maminha e sele por 2 a 3 minutos de cada lado, até dourar.

Transfira a carne para uma assadeira antiaderente (pequena) ou disponha num recipiente que possa ir ao forno. Regue-a com metade do vinho branco e cubra a assadeira com o papel alumínio (com a parte mais brilhante voltada para dentro). Leve ao forno preaquecido e deixe-a assar por cerca de 15 a 20 minutos, ou até estar firme ao toque (de acordo com o ponto desejado).

Com auxílio de uma peneira, coe o tomate pelado e reserve o líquido. Em seguida, corte os tomates em rodelas e desfolhe o manjericão com a ponta dos dedos, reservando em um recipiente pequeno. Posteriormente, aqueça uma frigideira em fogo alto. Depois de quente, coloque um fio de azeite e deixe-o esquentar. Coloque a cebola, refogue por cerca de 40 segundos ou até murchar, adicione o alho e misture bem até dourar. Em seguida coloque o líquido de tomate separado anteriormente e deixe reduzir por 2 a 3 minutos. Coloque os tomates picados, as folhas de manjericão e misture bem. Ajuste o sal a gosto. Desligue o fogo e reserve.

Retire a carne do forno, descubra a assadeira e descarte o papel alumínio. Em seguida, regue a carne com o restante do vinho e coloque sobre a carne o molho de tomate picado com manjericão. Volte ao forno, deixe até dourar e apurar o sabor, por cerca de mais 5 minutos.

Batata
Preaqueça o forno a 180° C. Em seguida, corte as batatas ao meio (corte longitudinal) e repita o mesmo corte (dividindo as metades ao meio mais duas vezes, deixando-as num formato semelhante a uma canoa. Transfira as batatas para uma panela média, cubra com água (4 dedos a cima) e coloque-as para cozinhar em fogo alto até ficarem levemente macias, por cerca de 10 a 15 minutos.

Em seguida, com o auxílio de um garfo, verifique a maciez das batatas. Quando macias, escorra a água. Coloque as batatas numa assadeira, regue-as com um fio de azeite (10 ml), tempere com 4 g de sal e polvilhe sobre as mesmas a páprica doce. Leve ao forno até dourar, por cerca de 10 a 15 minutos.

Na hora de montar o prato, retire as batatas e a carne do forno. Desligue-o. Em seguida, escolha um prato de sua preferência. Coloque as batatas rústicas em um canto do prato e, ao lado, coloque a carne de modo harmonioso, regando levemente com o molho. Para finalizar, decore a carne com a salsinha e risque o prato (ou desenhe) com o restante de molho de tomate.

E aí, o que achou dessa receita? Conta pra gente 🙂

    Receita do dia: bolo de laranja

     

    Que tal começar a semana com uma receita super gostosa e fácil de fazer? A San encontrou esse bolo de laranja no acervo da Maizena e decidiu testar. O resultado não poderia ser diferente: um bolo fofinho, cheiroso e delicioso! Vem ver como fazer para testar hoje mesmo por aí.

    Bolo
    Ingredientes:
    1 laranja média com a casca
    3 ovos
    1 xícara de chá de óleo
    1 xícara de chá de açúcar
    1 e meia xícara de chá de farinha de trigo
    Meia xícara de chá de Maizena
    1 colher de sopa de fermento em pó

    Modo de fazer:
    Preaqueça o forno em temperatura média (180° C).

    Unte e enfarinhe uma fôrma redonda de furo central média (20 cm diâmetro).

    Corte a laranja em 4 pedaços e retire as sementes que estiverem aparentes.
    No copo do liquidificador, coloque a laranja, os ovos, o óleo, o açúcar, e bata até que fique homogêneo.

    Em uma tigela, peneire a farinha de trigo, a Maizena e o fermento, e adicione, aos poucos, a mistura do liquidificador, mexendo até obter uma massa cremosa.

    Disponha a massa na fôrma reservada e leve ao forno por 35 minutos, ou até que um palito saia limpo, depois de espetado na massa.

    Retire do forno, espere amornar e desenforme.

    Para deixar o bolo molhadinho a San fez uma calda
    Ingredientes:
    1 xícara de suco de laranja
    1/2 xícara de açúcar

    Modo de fazer:
    Misture os ingredientes e leve ao fogo até o açúcar dissolver e a calda ficar espessa. Faça alguns furinhos no bolo (de preferência com ele morno) e jogue a calda. Decore com gomos de laranja e está pronto para servir!

    E aí, o que achou desta receita?
    Conta aqui pra gente! 🙂

      Tartare de salmão e avocado

       

      Que tal preparar uma receita para a sua próxima refeição que é fácil, diferente e muito gostosa? Eu testei por aqui e pude comprovar: é muito mais fácil do que parece! Veja como é simples e prático preparar um tartare de salmão para servir como entrada, prato principal… o mais importante é que você vai surpreender todo mundo! Confira aqui:

      Ingredientes:
      2 colheres de sopa de mostarda dijon
      ½ xícara de azeite de oliva
      1 colher de sopa de suco de limão
      Pimenta do reino a gosto
      400g de salmão em cubos
      Sal
      1 avocado

      Modo de fazer:
      Em uma tigela, bata a mostarda com um pouco de azeite e adicione o restante do azeite aos poucos até obter uma textura cremosa. Adicione o suco de limão e a pimenta e reserve.

      Corte o salmão e junte o molho de mostarda. Misture bem e acerte o sal. Reserve.

      Em outra tigela, corte o avocado em cubinhos e tempere com pimenta e sal a gosto. Reserve.

      Em uma forma, cortador de massa ou tupperware ~ funcionou muito bem por aqui! ~ coloque o salmão e em seguida o avocado. E é só tirar da forma que está pronto para ser servido!

      Como acompanhamento, eu fiz batatas ao forno mas também fica uma delícia com torradas!

      E aí, o que achou desta receita?
      Conta aqui 🙂

        Cookies de M&M’s

         

        Que tal começar a semana com uma receita fácil, deliciosa e super colorida? Ontem testei ~ e aprovei! ~ os cookies de M&M’s das meninas do Marola com Carambola. Esta é uma ótima oportunidade para aproveitar as férias escolares e levar a criançada para a cozinha! Que tal se divertir e fazer cookies super sequinhos e crocantes? Vem conferir o passo a passo!

        Ingredientes:
        150 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
        1/2 xícara de chá de açúcar cristal
        1/2 xícara de chá de açúcar mascavo
        1 ovo grande
        1 colher de sopa de essência de baunilha
        1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
        1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
        1 colher de café de sal
        200 g de M&M’s

        Modo de fazer:
        Unte uma forma grande com manteiga e preaqueça o forno a 180º C.

        Em uma batedeira coloque a manteiga e os açúcares. Bata até que a manteiga fique esbranquiçada e fofa. Junte o ovo e a baunilha, bata por mais uns minutos até incorporar bem.

        Peneire a farinha, o bicarbonato e o sal em outra tigela. Junte a farinha na mistura de manteiga, mexendo com uma espátula.

        Coloque os M&M’s na massa ~ separando alguns para colocar por cima ~ e misture delicadamente.

        Para fazer os biscoitos use uma colher de chá para pegar as porções sempre do mesmo tamanho. Se quiser, faça bolinhas com a massa para que fiquem bem redondinhos depois de prontos.

        Coloque os biscoitos na forma já untada com pelo menos 2 dedos de distancia um do outro. E enfeite com os M&M’s que estavam separados.

        Leve ao forno por cerca de 15 a 20 minutos ou até que comecem a dourar.

        Retire os biscoitos da forma com a ajuda de uma espátula e coloque em uma grade para que esfriem. Depois que eles esfriam eles ficam crocantes. E estão prontos para servir!

        E aí, o que achou da receita?
        Conta aqui 🙂

          Cerveja e queijo: as combinações deliciosas para o inverno

           

          E quem disse que cerveja é bebida para o verão? Com o friozinho cada dia mais presente em nosso cotidiano, as harmonizações de cerveja com queijo tornam-se uma opção para diversificar o momento do happy hour entre os amigos neste inverno.

          Graças à sua diversidade de tipos, sabores, aromas e texturas, as cervejas são uma ótima pedida para acompanhar os diferentes tipos de queijo. Confira aqui alguns exemplos de harmonização, recomendados por mestre-cervejeiro e um expert em queijos.

          Queijos frescos (minas frescal, ricota, mussarela de búfala): a leveza, a umidade e a sutileza dos sabores desses queijos pedem cervejas leves, dos tipos Pilsen e Lager.
          Sugestões: Original, Serramalte, Bohemia, Bohemia Aura, Brahma, Brahma Extra Lager, Stella Artois, Antarctica, Beck´s, Budweiser, Corona, Norteña, Quilmes, Skol e X Wäls.

          Queijos leves ácidos (cream cheese, de cabra e mascarpone): a acidez e o sal harmonizam com cervejas também ácidas e levemente adocicadas, de estilos como Weissbier, Witbier e Saison.
          Sugestões: Hoegaarden e Patagônia Weisse, Franziskaner, Colorado Appia, (Weissbier), Wäls Witte (Witbier).

          Queijos com mofo branco (brie e camembert): em geral consumidos com geleia de frutas, vão bem com cervejas de boa acidez e até mesmo com as que levam frutas na receita: as Fruit Beer. Além delas, Weissbier, Witbier e Saison.
          Sugestões: Hoegaarden e Patagônia Weisse, Colorado Appia, (Weissbier), Bohemia Bela Rosa, Wäls Witte (Witbier), Leffe Ruby (Fruit Beer), Wäls Session.

          Queijos com mofo azul (gorgonzola, roquefort e stilton): a gordura, o excesso de sal, a ardência e a intensidade do sabor desses queijos exigem cervejas com boa estrutura e amargor, para que as papilas gustativas sejam limpas. São exemplos os tipos Belgian Strong Ale, Porter, Stout, Tripel e Barley wine.
          Sugestões: Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Colorado Demoiselle (Porter), Leffe Radieuse, Hertog Jan Grand Prestige (Belgian Strong Ale), Wäls Trippel, Wäls Alambique County, Hertog Jan Trippel (Tripel), Wäls EAP Barley Wine (Barley Wine).

          Queijos meia-cura ou semimaturados (cheddar, coalho, colonial, emmental, gouda, gruyère, minas meia-cura): devido ao pouco tempo de maturação, a casca e o miolo desses queijos são levemente elásticas ao toque. Têm sabor mais pronunciado, alguma doçura e maior teor de gordura. Por isso, requerem cervejas mais maltadas, alcoólicas e um pouco adocicadas, como as dos tipos Bock, Pale Ale, Blond Ale, Brown Ale e Dunkel.
          Sugestões: Bohemia 838 (Pale Ale), Goose Island Sofie, Bohemia Caá-Yari, Leffe Blonde (Blond Ale), Colorado Berthô (Brown Ale), Franziskaner Dunkel (Dunkel)

          Queijos maturados ou duros (parmesão, pecorino, grana padano): por serem secos e até mesmo picantes, devido à longa maturação, além de gordurosos e salgados, exigem cervejas com alto teor alcoólico e encorpadas. As IPAS, lupuladas e amargas, podem oferecer boa harmonização por terem a  capacidade de limpar a gordura do queijo. Cervejas adocicadas, como Belgian Strong Ale e Tripel, propiciam uma combinação por contraste (dulçor X sal). As Stout e Porter combinam o tostado com o sal dos queijos.
          Sugestões: Bohemia Jabutipa, Colorado Indica, Colorado Vixnu, Goose IPA, Wäls Hopcorn IPA (India Pale Ale), (Belgian Strong Ale), Wäls  Trippel, Wäls Alambique County, Hertog Jan Trippel (Tripel), Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Colorado Demoiselle (Porter), Leffe Rituel 9º.

          Queijos defumados (provolone): a defumação, predominante nos aromas e paladar do queijo, determina uma cerveja também com toque defumado, como as dos tipos Rauchbier, Porter e Stout.
          Sugestões: Caracu, Colorado Íthaca (Stout), Colorado Demoiselle (Porter), Wäls Cuvée Carneiro, Wäls Petroleum Barrel Aged, Wäls Quadruppel

          Acho que agora é possível arriscar algumas combinações para surpreender seu paladar e seus amigos né? Que tal testar estas combinações diferentes? Para ver onde comprar e experimentar as sugestões de cervejas, acesse o site Empório da Cerveja e confira!

           

           

           

          Sugestões de harmonizações:
          Eduardo Tristão Girão, jornalista gastronômico e pesquisador sobre queijos
          Laura Aguiar, mestre-cervejeira Ambev