Hellman’s: conexão NY

 

Esta semana fui a um evento muito legal a convite da maionese Hellman’s: a estreia do “Conexão NY” no Luz, Câmera, Burger!.

A hamburgueria venceu o concurso “Festival do Hambúrguer 2016” promovido pela parceria entre Hellman’s e Cuponeria e, dentre 20 lanchonetes participantes, ganhou uma viagem para Nova York a fim de trazer novas tendências para o Brasil. Em quatro dias de viagem, os donos do Luz, Câmera, Burger! puderam conhecer 15 lanchonetes diferentes e experimentar novos pratos para trazer à inspiração à hamburgueria.

Deste tour, trouxeram alguns ensinamentos valiosos. Os hambúrgueres da casa ganharam novos blends de carne. A batata frita, que já deixou de ser coadjuvante faz tempo, agora ganha molho especial e o cliente pode escolher se prefere o acompanhamento frito ou assado. As bebidas voltam no tempo e passam a ser caseiras ou compradas de pequenos produtores, desde refrigerantes e sucos até cervejas e destilados.

Pude provar as novidades do cardápio: o Sunny Side Burger, um maravilhoso sanduíche da rede Umami e o Poutine de linguiça artesanal e queijo fundido, uma receita tradicional do Canadá. Estes itens estarão disponíveis no Luz, Câmera, Burger! de 04 a 30 de julho. Vale a pena experimentar!

Luz, Câmera, Burger!
Rua Caravelas, 339 – Vila Mariana, São Paulo/SP
Funcionamento: de terça a domingo das 12h às 0h.

 743 total views

    Onde comer em Nova York

    Para finalizar o diário das minhas férias em Nova York, não poderia deixar de falar sobre a melhor parte da viagem: comida. Separei aqui os principais restaurantes em que comemos ao longo da estadia na cidade. Confesso que quando estava planejando a viagem a lista era enorme e, chegando lá tivemos que escolher entre a combinação: localização, tipo de comida e recomendações.

    Minha irmã e minha mãe são vegetarianas, então o cardápio “dogão na rua” estava fora da lista de lugares a visitar. Durante a minha pesquisa procurei escolher opções de comidas que servissem todo o tipo de comida e que ainda tivesse um cardápio mais flexível, caso fosse necessário mudar.

    E, ao fim da viagem, acho que a missão foi cumprida. Fizemos escolhas incríveis com ótimo atendimento, comidas maravilhosas e ambientes incríveis. Fica aqui minha dica para quem estiver planejando uma viagem para lá. Recomendo todos os lugares abaixo.

    Rock Center Café 
    Restaurante localizado dentro do complexo do Rockefeller Center. Logo ao entrar, ficamos encantados com o local: ele tem uma parede toda de vidro, com vista para o ringue de patinação. Além de ficar observando as pessoas patinarem no gelo, o clima é bem intimista com música ambiente. E, o melhor de tudo: a comida. Simplesmente surpreendente! Este foi o meu prato: um cheeseburger com bacon e cogumelos, acompanhado por batatas fritas.
    Endereço: 20 West 50th Street, Concourse Level

    IMG_5045

    The Loeb Boathouse Central Park 
    Este restaurante estava na minha lista “preciso ir nesse lugar senão eu morro” de Nova York. É uma casa de barcos que fica à beira do lago, dentro do Central Park. Para as amantes das comédias românticas (como eu!), o restaurante aparece no filme Vestida para Casar e em um dos episódios de Sex and the City (aquele super famoso em que a Carrie cai dentro do lago, lembrou?). Portanto, parada obrigatória.

    Nós fomos em um domingo logo após uma longa caminhada pelo parque e, sem saber, era o dia de brunch no restaurante. Chegamos por volta das 15h e o lugar estava super cheio, em um ambiente de café/almoço delicioso.

    SONY DSC

    Eu comi um fish and chips: peixe frito com batata frita. Muito gostoso!

    SONY DSC

    E a vista! Nem que os pratos estivessem horríveis, o passeio valeu a pena pela vista maravilhosa do lago congelado e o Central Park ao redor. Como num filme 🙂
    Este lugar com certeza foi um dos meus favoritos da viagem. Imperdível!
    Endereço: Central Park, acesso pela 72nd Street e Fifth Avenue

    DSC03099

    Keens Steakhouse
    Localizado próximo à Macy’s, este restaurante foi escolha do meu pai. Um dos mais antigos de Manhattan, é um dos melhores restaurantes de carne da cidade. Em um clima de pub, os pratos surpreenderam e o atendimento foi incrível. Pedimos uma carne fatiada acompanhada de fritas e estava maravilhoso. A carta de vinhos é bem variada e encontramos nesta lugar uma ótima parada da maratona de compras.
    Endereço: 72 West 36th Street

    IMG_5101

    Bottega del Vino
    Ao lado do Central Park, quase esquina com a FAO Swartz, este restaurante é uma mistura de cantina italiana e bistrô. Super aconchegante, a comida é super saborosa. A carta de vinhos e bem extensa e o atendimento cordial. Os pratos foram servidos rapidamente e o couvert de pães e uma tentação.

    DSC03504

    Aqui eu comi um salmão grelhado com risoto al limone. Mas, apesar do prato, a sobremesa foi a melhor parte (estava com tanta água na boca que esqueci de tirar foto!): gelatto italiano de leite. Se você for a este restaurante, deixe um espaço para a sobremesa e para o café, uma delícia também!
    Endereço: 7 East, 59th Street esquina com a Fifth Avenue

    IMG_5147

    Pastis
    Restaurante localizado no bairro do Chelsea – bem próximo ao Chelsea Market – com especialidade na culinária francesa. Foi um dos lugares em que fomos melhor atendidos, principalmente depois que falamos que éramos do Brasil 🙂
    Sem frescura, o jogo americano é o cardápio e a cada mesa há um cabide para pendurar os casacos. Me senti em Paris, juro!

    DSC03643

    Eu pedi um croque madame bem modesto e pequeno rsrsrs… esse prato era tão enorme que não consegui comer tudo, ainda mais acompanhado com fritas! Hoje me arrependo de ter deixado para trás, com certeza comeria um desses agora…
    Endereço: 9 Ninth Avenue 

    SONY DSC

    Burger Joint
    O cardápio fica acima do caixa, escrito em um pedaço de papelão. Não tem muito o que escolher: pão, carne e acompanhamentos. Fritas, refrigerante e só. Este “restaurante” fica escondido atrás das cortinas do hotel Le Park Meridien, próximo ao Central Park e tem as paredes rabiscadas e um baita aperto para conseguir uma mesa. Mas, apesar de ser tudo ali bem rústico, o cheeseburger foi um dos melhores que comi na vida, sem exagero.

    IMG_5149

    IMG_5152

    Como ninguém da família curte o estilo fast food e junk food, comi sozinha! Com certeza voltaria umas mil vezes ao lugar. Para os momentos de fome, dá pra comer até dois lanches.
    Endereço: 119 West 56th Street, atrás das cortinas de veludo vermelho do hotel

    DSC03543

    Eataly
    Um grande mercado gourmet, é um lugar simplesmente incrível. Lá dá para encontrar praticamente tudo desde frutas a macarrão artesanal, utensílios de cozinha, queijos e vinhos. E, entre estes pontos de venda, há um restaurante diferente que servem carnes, massas e até pizza.

    Quando fomos ao Eataly, estava tudo muito cheio foi quando, através de uma recomendação, fomos ao rooftop, no andar 14 do prédio. O elevador de acesso fica bem escondido, aos fundos do mercado e, ao subir todos os andares, é possível encontrar o Birreria – espaço gourmet dedicado à degustação de cerveja. O lugar é incrível, com teto de vidro e ambiente super jovem.

    SONY DSC

    Experimentamos o refrigerante natural do Eataly. Foi a bebida que nos foi servida quando pedi uma Coca Cola. Com um gosto bem parecido e um pouco menos doce, foi gostoso experimentar.

    SONY DSC

    E este foi o prato que comi, uma carne mal passada (do jeitinho que eu amo!) com batata assada. A carne estava temperada apenas com sal grosso, uma delícia…

    SONY DSC

    E para a sobremesa, um gelatto italiano maravilhoso. Simplesmente ignorei a neve lá fora e tomei o sorvete de leite. Um dos melhores que já tomei, muito saboroso e cremoso. Obrigatório tomar este sorvete para quem for ao Eataly.

    Endereço: 200 5th Avenue

    IMG_5080

    Espero que tenham gostado das dicas de restaurante de Nova York. Realmente são lugares que valeram a pena. Se tiver alguma dúvida, sugestão ou outra dica imperdível do que fazer e conhecer por lá, não deixe de comentar aqui 🙂

     1,151 total views,  1 views today

      Nova York vista de barco

      Continuando com as nossas férias e visitas por Nova York, este passeio foi um dos mais surpreendentes que fizemos durante nossa passagem pela cidade. Surpreendeu porque foi totalmente despretencioso e no dia mais frio (não se deixe enganar pelo sol, juro que pensei que iria congelar!) encontramos um passei diferente para não congelar na rua.

      Decidimos aproveitar o sol (?) e fazer um programa ao ar livre por Downtown, o centro de Nova York. Eu tinha pesquisado algumas coisas sobre passeios à Estátua da Liberdade e como o tempo era curto pra ver muita coisa, o passeio que mais se encaixava era conhecer a Estátua e outros pontos dentro do Water Taxi.

      O Water Taxi é um tour pelo Rio Hudson, com diversas paradas pelos principais pontos turísticos de Nova York. Há diversas opções de passeios e trechos e, entre elas, escolhemos fazer o Statue of Liberty Express (é o trecho roxo no mapa abaixo). Este passeio tem duração aproximada de uma hora: o ponto de partida é o pier 17, próximo à Ponte do Brooklyn, passa pela Estátua da Liberdade e termina no Battery Park, próximo à Wall Street. Custa USD 30 por pessoa.

      mapa

      O passeio é realmente incrível e surpreendente. A vista do Water Taxi é linda e dá pra ver a ilha de Manhattan toda. E, pra entrar ainda mais no clima de filme, ao longo do passeio a trilha sonora é toda do Frank Sinatra! Mais Nova York, impossível 🙂

      Antes de entrar no barco, a caminho do porto no centro da cidade.

      DSC03126

      Aqui, a vista da Ponte do Brooklyn de dentro do barco. É realmente maravilhosa! Como estava muito frio (acreditem, MUITO frio!), só deu pra ver de longe mesmo. Quem sabe da próxima vez dá pra caminhar a pé por ela né?

      SONY DSC

      E um dos mais famosos cartões postais da cidade: A Estátua da Liberdade. É emocionante passar bem pertinho dela ao som de New York, New York. O tamanho e a beleza impressionam!

      SONY DSC

      SONY DSC

      Manhattan, vista de longe, linda 🙂

      SONY DSC

      DSC03209

      Ao descer no Battery Park, caminhamos até Wall Street pela Broadway. O ponto mais famoso da região com certeza é o Charging Bull: um touro de bronze de quase quatro metros de altura, bem no centro financeiro da cidade. Ele simboliza o otimismo e a prosperidade e, segundo a lenda, quem segurar em suas partes íntimas (sim, você leu certo), terá boa sorte e riqueza. Se é verdade ou não, não custa nada tentar né?

      DSC03222

       1,488 total views

        O capítulo sobre o Central Park

        Falar sobre Nova York e não falar sobre o Central Park, simplesmente é deixar de lado um dos lugares mais lindos e impressionantes que já visitei na vida. Exageros à parte, desde pequena sonhava em conhecer este cenário de grandes romances de meus filmes favoritos. Por isso, resolvi dedicar um post apenas à beleza e aos encantos deste parque.

        Não sei se era empolgação de primeira viagem ou se o parque é realmente diferente, mas caminhar por uma manhã com o Central Park é inesquecível. As nossas férias em fevereiro foram durante o inverno americano e, justamente no dia programado para passear pelo parque, não estava nevando (nevou muito no dia anterior) e o sol apareceu, tornando a paisagem ainda mais incrível.

        DSC03461

        SONY DSC

        SONY DSC

        SONY DSC

        Ainda não sei exatamente se as fotos conseguem transmitir o sentimento deste dia. Ao caminhar pelo parque, a sensação de paz e tranquilidade é tão intensa que em vários momentos parava para pensar se aquilo tudo era realidade ou se era bonito demais para meus olhos acreditarem.

        Não sei se era por causa do frio (e nem sei como é o parque no verão) mas o Central Park estava bem vazio e muito silencioso. Parece que as pessoas que caminhavam por ali estavam contemplando todo parque coberto de neve. Ninguém ali estava com pressa, de mau humor ou vontade de ir embora.

        Muitos eram aqueles que estavam praticando esporte pelo parque; alguns apreciando a vista dentro de uma carruagem e outros caminhando lentamente. O tempo ali parecia não passar e o frio era esquecido por alguns poucos momentos para curtir o pé afundando na neve ou brincar com os bonecos feitos de gelo.

        SONY DSC

        SONY DSC

        SONY DSC

        SONY DSC

        No Central Park dá para sentir que Nova York também pára de vez em quando para respirar da loucura da rotina e admirar uma linda paisagem. Existe a tranquilidade no meio da cidade; pessoas que não falam ao celular e passeiam olhando nos olhos umas das outras.

        SONY DSC

        Dá até para ouvir John Lennon, no espaço de Strawberry Fields: área do parque dedicada ao músico, bem próximo ao edifício Dakota Building, local em que ele morava e foi assassinado. E o clima não é de tristeza; é de nostalgia, lembrança e muitas mensagens de amor.

        SONY DSC

        DSC03425

        Caminhar pelo Central Park é sentir um pouco de amor, paz e tranquilidade naquela cidade que nunca dorme. E não adianta falar ou escrever; é preciso sentir. Com certeza este foi o meu passeio favorito por Nova York. Da próxima vez, preciso conhecer a paisagem no verão.

        E então, você tem algum comentário sobre o Central Park? Qual o seu cantinho favorito do parque? Conta aqui e compartilhe conosco!

          Uma volta pela Times Square

          E com aquela vontade de voltar no tempo, hoje vou mostrar aqui mais uma parte da minha viagem de férias para Nova York: a Times Square. Uma das regiões mais famosas da cidade, é a união da Broadway com a Sétima Avenida, entre as ruas 42 e 47. Nessa área, é impossível não se encantar com os prédios e seus letreiros luminosos espalhados por todos os cantos. Acho que dá para ficar quase um dia todo passeando por lá, conhecendo as lojinhas e atrações da região.

          Durante nossa semana de férias, tivemos a “sorte” e coincidência de estar em Nova York no final de semana no Superbowl (a grande final de futebol americano), que aconteceu justamente em um estádio em New Jersey, bem pertinho de lá. A cidade montou uma estrutura enorme na região da Times Square, com direito ao troféu do jogo exposto, propagandas e outras atrações, incluindo passeios dos atletas por lá; ou seja, estava tudo muito lotado! O lado positivo foi conhecer o entusiasmo americano com o esporte: acho que dá pra comparar com nosso amor pela Copa do Mundo! Apesar de não entender muito, foi bem legal ter feito parte do evento… rsrsrs

          SONY DSC

          IMG_5143

          No comecinho de fevereiro, ainda estava muito frio, cerca de 10 graus negativos. E em um dos dias em que estávamos passeando pela Broadway, começou a nevar (super emocionante caminhar na neve, yei!).

          IMG_5118

          A Bia e seus novos amigos. Era super comum encontrar por lá personagens como Simpsons, Mickey, Homem Aranha, Moranguinho… Aqui encontramos com Woody, Super Mário e Elmo.

          DSC02839

          A parte gordina do passeio começa na rua 48 com a Broadway, em que é possível avistar de longe a M&M’s store. A loja tem três andares e é uma tentação: tudo relacionado aos confeitos coloridos. De lá, eu trouxe para casa medidor de receita, facas e até um cobertor. É difícil se controlar rsrs…

          SONY DSC

          DSC02854

          SONY DSC

          SONY DSC

          Outra loja super bacana e bem menos lotada é a Hershey’s, ao lado da M&M’s. Até então eu não sabia que era o mesmo fabricante do chocolate que eu amo, o Kit Kat, então para os chocólatras de plantão, este lugar também é incrível e com preços muito bons!

          Outras lojas que também valem a visita são: Toy R Us e a loja da Disney. Impossível não dar uma olhadinha quando estiver passeando pela região.

          DSC03648

          DSC02918

          E para aqueles que são apaixonados por filmes, estrelas de Hollywood, da música e do esporte, não podem deixar de conhecer o museu Madame Tussads. Este é o famoso museu de personagens de cera e tem unidades em várias cidades do mundo. Em Nova York, fica na rua 42 W e custa USD 36 para entrar e visitar todas as atrações. Alguns personagens são tão reais que parecem que vão pegar seu braço e conversar com você!

          Em um mundo perfeito, Leo me chamaria pra sair. Até tentei puxar assunto, mas infelizmente ele não se manifestou 🙁

          IMG_5114

          DSC03320

          DSC03342 

          IMG_5105

          E para finalizar nosso passeio pela Times Square, fomos a um espetáculo da Broadway: O Rei Leão. Como não tínhamos ido aqui no Brasil, a vontade era enorme de assistir por lá. É um dos shows que está a mais tempo em cartaz na Broadway e também um dos mais concorridos. Comprei com bastante antecedência pela internet e paguei cerca de USD 175. O preço não é muito agradável mas dá para se planejar e comprar antes da viagem.

          E, particularmente este show, é de arrepiar. Não sei se era a empolgação do momento ou a delicadeza da história, mas além dos efeitos e do talento dos artistas, a peça é realmente impressionante. Fiel à história e com boas surpresas, eu super recomendo esta experiência, é uma atração inesquecível!

          IMG_5162

          31_lion_king_broadway_stage_a_l

          E então, o que achou das dicas? Faltou algum passeio imperdível na Times Square? Não deixe de compartilhar com a gente 🙂

           1,828 total views,  1 views today