Escolhendo o tecido certo para seu sofá

Se você está buscando por tecido para sofá, certamente já se deparou com a quantidade de modelos, estampas e estilos que existem no mercado. E, claro, isto é bom, pois mostra que há inúmeras possibilidades para sua necessidade. Mas, ao mesmo tempo, pode gerar muita dúvida e confusão para que você compre o modelo certo.

E pensando nisso, no texto de hoje, vamos te ajudar a entender melhor este processo de decisão. Vamos entender mais como um bom tecido para forrar sofá pode ser usado, o que você deve levar em consideração para comprar, quais os melhores preços e, claro, onde adquirir.

Vamos lá?

Escolhendo o tecido certo para seu sofá

Tecido para sofá – Qual o modelo ideal para você?

Um tecido para capa de sofá pode resolver muitos problemas relacionados a decoração, artesanato e manutenção daquele estofado que você tanto ama. Mas, saiba que há muitos critérios que você deve levar em conta para fazer uma compra mais certeira.

Seja se você busca um tecido para sofá estampado, de cor neutra, em texturas de couro ou o que for, saiba que entender as funcionalidades de cada um pode fazer toda diferença.

Por exemplo, você sabia que alguns tipos de tecido acumulam mais pó e, por isso, não são indicados para pessoas com problemas respiratórios? Este é apenas um dos critérios que iremos abordar abaixo. Falaremos sobre os seguintes tópicos:

·  Tecido para sofá para quem tem crianças e animais;

·  Tecido para sofá para quem tem problemas respiratórios;

·  Tecido impermeável para sofá – Espaços externos;

Acompanhe.

Escolhendo o tecido certo para seu sofá

Tecido para sofá para quem tem crianças e animais

O primeiro e um dos mais importantes critérios a se considerar na hora de comprar um tecido para sofá, é a questão da utilização, obviamente. Ou seja, se você tem crianças ou animais de estimação em casa, saiba que o estofado é um dos locais da sua casa que mais sofrerão desgaste com o passar dos anos.

Afinal, as crianças poderão derrubar comida, bebida, tinta guache e uma série de outras coisas. E os animais poderão, claro, também fazer uma bagunça que, se o tecido não suportar, poderá rasgar.

Então neste caso, a melhor solução seria você buscar por um produto que possa suportar esta utilização em demasia, sem perder a elegância ou mesmo desbotar rapidamente. Assim, você garante a vida útil do estofado por muito mais tempo e, claro, não precisa gastar cada vez mais em tecidos ou mesmo um móvel novo.

Tecido para sofá para quem tem problemas respiratórios

O segundo critério e este mencionado anteriormente, é a questão da saúde. Alguns tipos de tecido para sofá são “campeões” em acumular pó. Ou seja, se você notar que a sua casa anda limpa demais ou mesmo não percebe para onde o pó está indo, saiba que ele pode estar no estofado.

E para quem tem problemas respiratórios, isto pode ser um problema muito grave. Afinal, o pó torna-se praticamente invisível no estofado. E uma pessoa em repouso, descansando ou curtindo um filme na TV pode ficar muito desconfortável com o passar do tempo. E claro, agravar ainda mais um quadro de asma, bronquite ou qualquer outro problema neste sentido.

Tecido impermeável para sofá – Espaços externos

E o terceiro critério que você precisa observar ao comprar um tecido para sofá é onde ele vai ser utilizado. Afinal, de nada adianta você ter o tecido mais lindo estampando seu estofado, se ele possui uma baixa vida útil quando colocado em ambientes desafiadores.

Por isso, caso você precise forrar e personalizar um estofado de área externa, considere sempre um bom tecido impermeável para sofá. Quanto mais denso e com tramas fechadas for o material, melhor para repelir água e assim manter a vida útil por muitos anos.

Um exemplo de tecido impermeável, é o tecido Acquablock. Este é um dos modelos mais incríveis do mercado, pois além de repelir água, ele não deixa de ser elegante e muito versátil para uma série de situações e decorações. É a famosa união do útil, ao agradável. E isto é fantástico!

Melhores tecidos para sofá

Até aqui, já entendemos os critérios para você comprar um bom tecido para o seu estofado, considerando diversos aspectos do dia a dia. Mas, e quais são os melhores tecidos que você poderá encontrar no mercado?

Para te ajudar, separamos uma lista com alguns modelos que você poderá comprar e certamente não vai se arrepender. Veja abaixo.

Tecido suede

O tecido suede é um dos mais clássicos do mercado. Afinal, ele oferece muitas cores que poderão facilitar a sua decoração. Além disso, ele é um convite ao bem-estar. E, como você sabe, um estofado é também um ambiente de refúgio e de conforto. E o tecido que o cobre, claro, precisa estar à altura.

Este tecido é feito de maneira muito prática e eficiente. O que garante que o custo dele seja muito atrativo para o consumidor final. Ou seja, você terá um projeto de excelente custo-benefício.

Acquablock – Impermável

O tecido Acquablock, conforme mencionamos anteriormente, é um modelo impermeável. Mas, quando falamos de tecidos impermeáveis, erroneamente achamos que eles são duros, inflexíveis e difíceis de instalar.

Mas isto não é o caso do tecido Acquablock. Pelo contrário! Ele é muito flexível e muito confortável, não causando a sensação de “plástico” que alguns tecidos impermeáveis apresentam.

Ele apresenta uma tonalidade um pouco mais reforçada, justamente para compensar os efeitos do tempo nas cores. Assim, ele estará longe de desbotar!

Courvin – Semelhante a couro

Você já ouviu falar do Courvin? Este é um tecido para sofá que se assemelha ao couro natural. Logo, você poderá ter um estofado elegante e com uma aparência verdadeiramente incrível. O mais legal do Courvin é que você encontra ele em diversos tons diferentes, algo que o couro natural não pode oferecer, por exemplo. Ou seja, você tem muito mais possibilidades de decoração!

Tecido Chenille

Já o tecido Chenille é feito de uma maneira que se assemelhe ao veludo tradicional. Ou seja, o toque é macio e você recebe uma sensação de carícia indescritível. É ótimo para decorar poltronas, estofados, cadeiras ou pufes.

Preço de tecido para sofá

Comprar um bom tecido para o seu estofado não precisa ser um problema. Afinal, há inúmeras opções no mercado que cabem no seu bolso. A JC Decor, por exemplo, oferece linhas incríveis de tecidos para estofados dos mais diversos modelos e estilos e, claro, a um preço com uma ótima relação de custo-benefício.

Comprar tecido para sofá, na maioria das vezes, é mais vantajoso do que comprar um estofado completamente novo. E isto ocorre por um simples motivo: O tecido torna o sofá novo. O que é ótimo para que o ambiente ganhe uma nova vida e o móvel, claro, também.

Como limpar tecido para sofá?

A limpeza do tecido para sofá vai depender de uma série de fatores. Mas o mais recomendado é que você nunca utilize nenhum tipo de químico forte. Mas sim, sempre utilize água e sabão neutro. De preferência, esfregue somente com o lado amarelo da esponja. Isto não desgastará o tecido. Além disso, você ainda pode se beneficiar o aspirador de pó como maneira de não deixar sujeira acumular no seu estofado.

Escolhendo o tecido certo para seu sofá

* Post em parceria com JC Decor

    Um buffet para receber em casa

    É possível transformar nossa casa para receber bem

    Ao longo desta quarentena, pude perceber que é possível criar um buffet para receber em casa e aproveitar a família neste momento que pede tanta união e amor.

    Reunir a família à mesa é uma das minhas paixões por aqui. E brunch tem se tornado a minha refeição favorita aos finais de semana. Emendar o café da manhã com o almoço e misturar o cardápio das duas refeições em uma só tem sido incrível. Além disso, é possível sentar à mesa sem pressa para aproveitar o dia com comidas deliciosas e bom papo em família.

    Esta foi a última mesa que montei aqui na varanda, para celebrar o dia dos pais.

    Um buffet para receber em casa

    Para criar um clima descontraído, escolhi servir como um buffet para receber em casa. Ou seja, coloquei todas as comidinhas à mesa e deixei pratos, talheres e copos no balcão de apoio para que cada um pudesse se servir.

    Portanto, foi possível criar um clima informal e de descontração à mesa. Além disso, pudemos sair da refeição tradicional e aproveitar várias horas petiscando em torno da mesa.

    Muitas cores para receber

    Um buffet para receber em casa

    Primeiramente, escolhi a toalha. Com uma estampa xadrez em branco e azul, foi possível abusar nas cores das comidinhas: queijos, embutidos, frutas, bolo, torta, salada e pães. Escolhi um cardápio fácil de servir, que não precisou de muitos tralhares para partir ou cortar e também itens que pudessem ficar algumas horas fora da geladeira.

    Mas a atração principal da mesa com certeza foi a tábua de queijos elaborada pela Due Queijos e Vinhos. Com muitas cores e delícias, este foi o presente que eu e minha irmã demos para o meu pai. E ele amou!

    O segredo é servir tudo com muito amor. Porque quando a gente faz com o coração, todo mundo percebe e sente também.

    E então, o que achou das sugestões? Conta aqui 🙂

      O que tem na minha geladeira: brigadeiro!

      Uma receita surpreendente e deliciosa

      Depois do desafio do risoto com a Cynthia do @menudodia, a convidada é a Gabi do @Blog da Confeiteira que enfrentou o desafio de cozinhar um doce com pouquíssimos ingredientes. O que tem na minha geladeira: brigadeiro!

      Primeiramente, a ideia inicial da Gabi era preparar cookies de leite condensado, mas devido à falta de manteiga, a decisão foi rápida e seguimos para o plano de preparar um brigadeiro.

      Mas porque mudamos a receita? Simples. Porque eu só tinha uma colher de manteiga na geladeira. Então, a Gabi foi super rápida e inovou com uma receita de brigadeiro de doce de leite com nozes.

      O resultado foi surpreendente e a receita ficou uma delícia. Além disso, ganhamos também uma aula sobre confeitaria com a Gabi, que manja demais do assunto e nos deu várias dicas essenciais para preparar um brigadeiro perfeito!

      O vídeo ficou tão incrível quanto a receita, que tem o passo a passo abaixo para você testar por aí também.

      O que tem na minha geladeira? Brigadeiro!

      Ingredientes:
      1 lata de leite condensado
      2 colheres de sopa de doce de leite
      1 colher de sopa de manteiga
      1/2 xícara de chá de nozes

      Modo de fazer:
      Primeiramente, deixe todos os ingredientes separados e na mesma temperatura. Ou seja, se tiver algum ingrediente dentro da geladeira, retire para que fiquem iguais antes de preparar a sua receita.

      Em seguida, leve ao mixer as nozes e triture bem, para que fiquem com a textura de uma farofa. Reserve.

      Logo depois, leve à panela o leite condensado, o doce de leite e a manteiga e ligue o fogo baixo. Mexa sem parar por cerca de 10 minutos ou até que a mistura fique homogênea e desgrude do fundo da panela.

      Então, leve a mistura a um prato fundo e deixe esfriar por alguns minutos. Acrescente a farofa de nozes, misture bem e está pronto para servir.

      Bom apetite!

      O que tem na geladeira? Brigadeiro!
      O que tem na geladeira? Brigadeiro!

      E então, aperta o play e vem conferir o que tem na minha geladeira e se surpreender com este brigadeiro! E me conta o que achou desta receita!

        Como montar um cantinho para higienização em casa

        Como deixar a sujeira do lado de fora

        Apesar de ainda estarmos em Quarentena, aos poucos iremos começar as flexibilizações para saídas de casa além de mercado e farmácia. Então, para mantermos a saúde pessoal e do nosso lar, vou mostrar como montar um cantinho para higienização em casa.

        Assim, é possível criar um cantinho para deixar os vírus e bactérias do lado de fora de casa já utilizando o que a gente já tem em uma área delimitada bem na entrada de casa. Portanto, veja as ideias e me conta o que você deixa na porta de casa para higienização.

        Como montar um cantinho para higienização em casa

        Como montar um cantinho para higienização em casa

        Primeiramente, é preciso delimitar o seu cantinho. Isto pode ser feito através de uma linha imaginária ou de uma marcação no chão mesmo, feita com fita adesiva. A fim de isolar esta área, é recomendável que você monte seu cantinho bem na entrada da casa.

        Eu escolhi o meu cantinho ao lado da porta porque fica mais fácil para deixar tudo o que eu trouxer da rua. E neste cantinho eu montei com um cesto para roupas sujas, um caixote para deixar meu calçado que vier comigo da rua e um pequeno banquinho com uma cesta com álcool 70% e desinfetante em spray. Além disso, coloquei alguns paninhos para limpeza, para limpar o celular, por exemplo.

        Álcool em gel para a limpeza de mãos e em uma caixinha separada, algumas máscaras para não esquecer de colocar assim que for sair de casa.

        Este cantinho foi montado com objetos que eu já tinha em casa e improvisado em um local fofo que também combina com a decoração da sala. Ou seja, é possível montar um cantinho funcional, prático e também bem bonito para ajudar na higienização pessoal e da casa.

        E então, me conta o que achou deste novo cantinho da minha casa. Aperta o play e vem pro Youtube da Caubi:

          Receita do dia: um risoto surpreendente

          Risoto de pesto com tomates, queijo coalho e raspas de limão

          Então hoje temos um desafio por aqui. Convidei a Cynthia do @menudodia para criar uma receita com o que eu tinha na minha geladeira. E o desafio foi enorme já que fizemos tudo isso à distância. Ou seja, ela criou uma receita online e eu cozinhei em casa. E o resultado foi a receita do dia: um risoto surpreendente de pesto com tomates, queijo coalho e raspas de limão.

          Veja abaixo o passo a passo dessa delícia para fazer por aí porque uma das minhas especialidades é o risoto. Mas desta vez, a Cynthia surpreendeu e muito. Portanto, recomendo você experimentar essa receita por aí também.

          A receita de um risoto surpreendente

          Ingredientes:
          Litro de água
          1 tablete de caldo de legumes
          1 xícara de chá de arroz arbóreo
          Taça de vinho
          1 colher de sopa de manteiga
          1 colher de sopa de molho pesto
          6 tomatinhos cereja
          1 colher de sopa de tempero de alho
          1 pedaço de queijo coalho
          Azeite e sal a gosto
          Queijo parmesão ralado
          Raspas de 1 limão

          Modo de fazer:
          Primeiramente, aqueça o caldo de legumes e o mantenha em fogo baixo.

          Enquanto isso, em outra panela, doure o tempero de alho em um pouco de azeite, junte o arroz e refogue por 2 minutos. Acrescente a taça de vinho, e então mexa um pouco e vá adicionando 1 concha de caldo por vez. Mexa sem parar. Então, adicione o molho pesto e continue mexendo.

          Em seguida, volte a adicionar mais caldo quando o anterior tiver sido absorvido. Continue até que o arroz esteja al dente (25 a 30 minutos).

          Enquanto isso, em uma frigideira, frite pedaços do queijo coalho com o tomate até ficarem bem dourados. Reserve.

          Na panela do risoto, desligue o fogo, acrescente a manteiga e o queijo parmesão.

          Finalmente, é só empratar: sirva o risoto e disponha o queijo coelho e os tomates. Finalize com as raspas de limão. Então, está pronto para servir. Bom apetite!

          Receita do dia: um risoto surpreendente
          Receita do dia: um risoto surpreendente de pesto com limão

          E então, vem pro Youtube da Caubi conferir em detalhes como foi este desafio:

          E aí, o que achou desta receita? Conta aqui! E aproveite também para se inscrever no canal do Youtube para não perder nada!