Receita do dia: molho de tomate caseiro

 

Quem aí já está animado para o final de semana? Por aqui, as comemorações e as receitas não param e desta vez, vou compartilhar um sucesso no encontro do final de semana: o molho de tomate caseiro do Menu do Dia. Feito com tomates pelados da La Pastina, essa receita é um sucesso para usar na pizza, no macarrão, na lasanha e onde mais você preferir. Veja como é fácil fazer:

Ingredientes:
6 dentes de alho amassado
3 colheres de sopa de azeite
6 latinhas de ‘pomodori pelati’ da La Pastina
Orégano e sal a gosto

Modo de fazer:
Em fogo baixo refogue o alho no azeite até murchar ~cuidado para não queimar.

Pique os tomates bem grosseiramente e adicione-os à panela. Mexa bem e deixe reduzir até 2/3 para que fique bem apurado. Em seguida, adicione um pouco de orégano e pouquíssimo sal.

Além de colocar na pizza, pode ser consumido como molhos para massa e até pasta para ‘chuchar’ um pão fresquinho que faz o maior sucesso! Para utilizar na pizza, o molho não pode estar quente, ok?

Se sobrar, você pode guardar o molho. Para armazenar, porcione em potes de vidro e conserve por até 5 dias na geladeira. Se preferir congelar, não encha o recipiente até a borda para evitar que o vidro estoure, pode armazenar por até 3 meses. Use a criatividade e crie receitas deliciosas com este molho que é uma verdadeira delícia!

E aí, o que achou desta receita? Conta aqui!

5 total views, no views today

    Massa de pizza caseira, por Menu do dia

     

    No post anterior (você confere clicando aqui), contei um pouquinho sobre uma noite de pizza e amigos e alguns detalhes da mesa e da decoração. Hoje é o dia de revelar o segredo da Cynthia do Menu do Dia e compartilhar por aqui a receita dela de massa de pizza caseira! Super simples e prática, essa massa fica fininha e super crocante e combina com qualquer recheio. É só usar a imaginação, combinar os ingredientes e ser feliz. Vem ver aqui:

    Ingredientes:
    1 kg de farinha de trigo branca
    1 colher de chá de sal
    1 colher de chá de açúcar
    30 g de fermento biológico em pó
    3/4 de xícara de azeite
    3 xícaras de água morna
    1 colher de sopa de pinga (opcional)

    Modo de fazer:
    Misture todos ingredientes secos: açúcar, sal, fermento e metade da farinha.

    Depois coloque os líquidos aos poucos intercalando com o restante da farinha.

    Misture tudo até a massa ficar bem homogênea. Deixe descansar por 1 hora em ambiente morno para crescer coberto com um pano de prato (de preferência dentro do armário ou do micro-ondas sem funcionar).

    Depois, faça as bolinhas de massa, mais ou menos do tamanho de uma bola de tênis e deixe descansar por mais uns 15 minutos.

    PRONTO! Agora é abrir com um rolo, e pré assar em forno alto até que a massa seque e fique bem crocante. Use a criatividade nos recheios e bom apetite! No nosso jantar nós fizemos pizza nos sabores de:
    – Presunto, muçarela e azeitona verde
    – Clássica calabresa
    – Marguerita
    – Tomate com cebola e azeite trufado
    – Marinara (molho, alho e orégano)
    – Espinafre com queijo
    – Portuguesa
    – Alho poró com azeite trufado
    – Brócolis com queijo


    Para a pizza doce, escolhemos de brigadeiro: é só pré assar a massa, colocar o brigadeiro e levar ao forno apenas para esquentar. Depois colocar a cobertura de preferência (granulado, morango ou  banana… de acordo com o gosto da galera).

    Por aqui, tudo acaba em pizza! 🙂

    9 total views, 1 views today

      Amigos e pizza, uma combinação deliciosa

       

      Este final de semana foi uma delícia por aqui, literalmente. Rolou muita comida gostosa e gente querida. Só que desta vez, a reunião aconteceu no Portal da Gastronomia. Os meninos convidaram os amigos para uma noite de pizza caseira, vinhos e música no apartamento em São Paulo.

      A Cynthia ~ do Menu do dia ~ foi a responsável pelo cardápio de pizzas e apresentou pra galera sua massa caseira deliciosa, fininha e crocante (aguarde que em breve vou compartilhar a receita secreta dela por aqui…) com diversos recheios – inclusive doces.

      Já eu fiquei responsável pela decoração da mesa. Minha ideia foi misturar alguns temperos e ingredientes da pizza ao clima descontraído de amigos. Os jogos americanos são da Lojinha da Caubi e escolhi este modelo porque tinham tudo a ver com a noite: chefinhos em tons de vermelho e verde.

      Com potinhos coloridos espalhei temperos, tomates, pimenta e até pimentão pela mesa. Optei por arranjos mais baixos, para que os convidados pudessem conversar sem nenhum obstáculo na altura dos olhos. Além disso, é possível ver as cores predominantes da mesa: vermelho e verde mas com alguns pontos em amarelo também, deixando tudo muito alegre e com a cara da reunião.

      Uma boleira virou prato e a pizza era servida ali mesmo. Para facilitar, partíamos os pedaços antes de servir e os convidados pegavam os pedaços com a mão mesmo: super informal e descontraído. Até um rolo de abrir massa virou decoração e deu o toque final à mesa.

      As latas de molho de tomate pelado viraram vasinhos. Super simples e prático de fazer é só higienizar, colocar água e as flores de sua preferência. Eu misturei mini margaridas com temperos: tinha ramos de manjericão, tomilho e alecrim espalhados pela mesa. Além de decorar, cada convidado podia arrancar as folhas de tempero e acrescentar ao seu pedaço de pizza.

      Para os guardanapos, decidi seguir um caminho rústico: em cada um deles, fiz um laço com pedaços de sisal e coloquei uma pimenta no meio, que deu todo o charme e toque pessoal e personalizado à decoração.

      E para a sobremesa, além das pizzas doces, o Manu do Meu Apê 81 fez um pudim de leite condensado maravilhoso pra fechar a noite.

      E aqui, a galera reunida:
      Cookpoint
      Delicious by Mari
      Estilo Itaim 
      Meu Apê 81
      Menu do dia
      Portal da Gastronomia
      Os Sabores do Mundo

      Afinal, existe coisa melhor que reunir os amigos? 🙂

      21 total views, 1 views today

        Os novos vinhos do Maremonti

         

        Com sua primeira unidade aberta em 2000, o Maremonti Restaurantes surgiu com o conceito de oferecer o melhor da cozinha italiana e hoje já conta com 12 casas por todo o estado de São Paulo, sendo Jardins, Campo Belo, Vila Olímpia, Morumbi, São Caetano do Sul (ABC), Alphaville, Campinas, Ribeirão Preto, Riviera de São Lourenço, São José do Rio Preto, Jundiaí além de  Florianópolis (SC). Em espaços que oferecem sofisticação e conforto, o Maremonti Trattoria & Pizza traz como grande diferencial a tradição e o sabor do forno a lenha que dão um toque especial aos pratos de trattoria e às pizzas, que se tornaram uma referência de qualidade e figuram sempre nas listas de premiações gastronômicas, graças à sua massa média, crocante e com ingredientes selecionados.

        E agora o Maremonti, em uma parceria de sucesso com a vinícola do Castello Di Gabbiano, traz dois rótulos de vinho exclusivos da região de Piemonte, na Itália: Maremonti Rosso e Maremonti Bianco e um rótulo de Mendoza, Argentina: Malbec

        O Maremonti Rosso, safra 2015, e Maremonti Bianco, agora com safra 2017, foram preparados nas áreas ensolaradas do Castello di Gabiano. A vinícola fica localizada no Piemonte, noroeste da Itália, uma das melhores regiões vinícolas do mundo. Este vinho é feito com uvas Barbera, que dão um paladar seco, fresco, de médio corpo com aromas de frutas vermelhas com toque terroso. Este vinho é ideal para harmonizar com pizzas, massas e risotos, funghi e carne.

        Maremonti Rosso
        Safra: 2015
        Tipo de uva: Barbera
        Região: Piemonte
        País: Itália
        Descrição: seco, fresco, médio corpo, aromas de frutas vermelhas com toque terroso
        Harmonização: acompanha muito bem carnes leves, pizzas, massas e risoto, funghi e carne

        Já o Maremonti Bianco, é feito com predominância de uvas Sauvignon Blanc e complemento de uvas Chardonnay. Trata-se de um vinho seco, leve e fresco, de aromas florais e levemente frutado ideal para aperitivos e acompanhamento de pratos leves, peixes e saladas.

        Maremonti Bianco
        Safra: 2017
        Tipo de uva: Sauvignon Blanc e Chardonnay
        Região: Piemonte
        País: Itália
        Descrição: seco, leve e fresco, aromas florais e levemente frutado
        Harmonização: ideal para aperitivos e acompanhar pratos leves, peixes e saladas

        Com suas adegas construídas no século 12, o Castello Di Gabbiano é reconhecido mundialmente pela qualidade de seus produtos. As vinhas plantadas na altura ideal de 300 metros estão em áreas montanhosas do Piemonte, uma das melhores regiões vinícolas do mundo. O cultivo da videira tem intervenção manual, para se obter as melhores uvas, com muito respeito ao meio ambiente e ao consumidor.

        O Maremonti Reserva Malbec, com safra 2016, é um vinho elaborado 100% com uvas Malbec e safra 2016, da região de Luján de Cuyo, em Mendoza, na Argentina, considerado um dos melhores lugares do mundo para o cultivo de Malbec.

        Este exemplar foi envelhecido por 12 meses em barrica francesa e americana, com fermentação em bodega. É um vinho extremamente elaborado, feito com colheita manual. É um vinho elegante, com combinação de frutas vermelhas maduras, geleia de cassis e amora, além de especiarias com notas de café e baunilha. Tem uma perfeita integração entre a fruta e a madeira, oferecendo um sabor redondo e concentrado.

        Entre as principais características dos vinhos Malbec, estão sua harmonização tanto com carnes, quanto com massas. Um vinho que pede uma harmonização com pratos mais elaborados e suculentos. Vai muito bem com queijos, o que harmoniza muito bem com as pizzas, bruschetas e massas oferecidas pela casa.

        Maremonti Malbec Reserva
        Safra: 2016
        Tipo de Uva: Malbec
        Região: Luján de Cuyo – Mendoza
        País: Argentina
        Descrição: perfeita integração entre fruta e madeira, elegante, redondo, concentrado
        Harmonização: ideal para acompanhar massas, carnes, pizzas e queijos

        Os vinhos Maremonti são encontrados exclusivamente nos restaurantes do grupo Maremonti Trattoria & Pizza, onde poderão ser harmonizados com qualquer um dos tradicionais pratos da casa.  

        Foto: Gladstone Campos / Realphotos

        7 total views, 1 views today

          Receita do dia: pizza de frigideira!

          Ontem decidimos fazer uma noite das meninas aqui em casa. E eu me animei a ir à cozinha! Sim, deixei a San de folga pelo menos por ontem…. como a maior qualidade da minha casa é a cozinha americana, cozinhar é sempre um evento social – parte do pessoal fica na cozinha, outra parte na mesa de jantar e dá pra interagir até com o povo que fica no sofá de bobeira – é uma integração que toda casa deveria ter.

          Pra manter o clima de descontração, decidimos fazer pizza de frigideira aperitivo. Tudo muito simples, fácil, rápido e infalível. Comprei aquelas massas bem fininhas, molho de tomate pronto, presunto, queijo e orégano. Para o toque final usei o manjericão que depenei semana passada e estava com as folhas boas. Resultado: ficou ótimo! Aproveitamos a noite com as pizzas, fofocamos e demos muuuuuita risada, tudo ao som do show das Spice Girls ao fundo – mais menininhas impossível!

          Eu estava me achando a rainha da cozinha ontem. Praticamente vovó Palmirinha. Deixei a San e as meninas de visita e fiz 100% do processo: comprei os ingredientes, piquei e fritei. Ainda consegui olhar o fogão, usar a espátula, servir as bebidas E ainda conversar. Claro que para qualquer ser humano deste planeta que saiba fazer um simples arroz, pilotar um fogão é uma tarefa básica, tipo escovar os dentes. Mas pra mim, que saí da casa dos meus pais sabendo fazer miojo, pipoca de microondas e pão de queijo congelado, fritar uma pizza sem queimar e ainda deixar as pessoas satisfeitas é uma vitória digna de um troféu – nem que ele seja o “jóinha”.

          Promessa pra 2013 é me tornar independente culinariamente! Acho que com treinos e um pouco de paciência chego lá. Me aguarde Jamie Oliver, já tenho o seu livro e assim que souber interpretar os ingredientes, vou dominar a cozinha!

          foto

            foto2

          Lição do dia: tem coisa melhor do que reunir os amigos para cozinhar?

          5 total views, no views today