Receita da nutri: charge funcional

E quando a gente está morrendo de vontade de comer um doce mas está seguindo firme na dieta? A minha nutri, Lilian Nasser, me ensinou essa receita deliciosa para ajudar na saciedade sem pesar muito na consciência. Veja como é fácil fazer o chocolate charge funcional.

Ingredientes:
150 g de tâmaras sem sementes
250 ml de água
50g de amendoim sem pele e sem sal
4 colheres de sopa de pasta de amendoim integral
100g de chocolate 85% cacau 

Modo de fazer:
Cozinhe as tâmaras em uma panela com 250ml de água em fogo alto e mexa durante cerca de três minutos ou até que a água seque e a tâmara fique uma pasta cremosa.

Retire do fogo e coloque em um bowl junto com a pasta de amendoim e misture até formar uma massa homogênea. Acrescente o amendoim sem pele e sem sal, misture e reserve.

Em um refratário, leve o chocolate 85% ao micro-ondas por 30 segundos e vá mexendo até derreter.

Forre uma travessa com papel filme e cubra com parte do chocolate derretido. Em seguida, leve a mistura de tâmara com amendoim por cima do chocolate e finalize com o restante do chocolate, para envolver o recheio.
Cubra com papel filme e leve ao freezer por aproximadamente 1 hora.

Retire do freezer, tire o papel filme e pique em pequenos quadrados. Leve a um prato para servir. Bom apetite!

E aí, o que achou deste sugestão? Conta aqui! 🙂

    Danoninho caseiro – e light!

    Que tal começar a semana de um jeito super doce e refrescante? Esta receita de danoninho caseiro é uma delícia e você pode comer sem culpa porque ele é super natural, ideal para o verão e para quem não quer consumir muitas calorias.

    Veja como é rápido e fácil de fazer!

    Ingredientes:
    2 inhames médios
    1 caixinha de morango
    1 banana
    Suco de 1/2 limão
    1 colher de chá de mel – ou xilitol

    Modo de fazer:
    Tire as folhinhas do morango, lave e congele. Descasque a banana e congele.

    No dia seguinte, cozinhe os 2 inhames com água até que fiquem bem macios. Leve ao processador ou liquidificador e bata até que fiquem uma pasta homogênea. Acrescente as frutas congeladas, esprema 1/2 limão e bata até misturar tudo.

    Para deixar a mistura mais doce, acrescente mel ou xilitol.

    Leve à geladeira por 10 minutos e está pronto para servir! Bom apetite!

    E aí, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂

      Bolo light de maçã

       

      Segunda-feira é o dia de repensar tudo o que comemos no final de semana e pisar um pouco mais no freio nas comidas gordinhas. Fiz e experimentei uma receita super gostosa e que vai ajudar a aliviar a vontade de comer doce… sem açúcar! Sim, quer coisa melhor? É o bolo de maçã light que encontrei no site da Lucília Diniz. Na receita original ela substitui a farinha de trigo por farelo de aveia integral sem glúten. Como eu ainda não cheguei neste patamar do regime, usei a farinha branca mesmo e ficou uma delícia! Levinho, saboroso e macio… ótimo pra acompanhar com um cafézinho preto no meio da tarde. Que tal começar bem a semana e testar essa receita por aí também? Veja como é simples.

      Ingredientes:
      2 maçãs sem casca
      1 ovo inteiro
      1 clara
      1 banana
      1 colher de sopa de fermento
      1 xícara chá de farelo de aveia integral sem glúten (eu usei farinha de trigo)
      Canela em pó para polvilhar

      Modo de fazer:
      Bata no liquidificador as maçãs, o ovo inteiro, a clara e a banana. Passe para uma tigela e junte o fermento e a aveia (ou a farinha). Mexa bem e coloque em uma forma antiaderente. Eu usei forminhas de cupcake, para já separar as porções do bolo.
      Cubra com fatias de maçã e leve para assar por 30 minutos em fogo médio. Para retirar, espere dourar. Polvilhe um pouco de canela e sirva.

      IMG_1179

      IMG_1180

      E aí, gostou da receita?
      Conta aqui pra gente 🙂

      94 total views, no views today

        Corre, gordinho!

         

        Infelizmente, nem tudo nessa vida é feito de sorvete. A alegria da pizza, refrigerante e ovo frito é eterna enquanto os níveis de colesterol e os quilos extras não aparecem. E, conforme o tempo passa, se torna cada vez mais difícil equilibrar saúde e comidas gordinhas.

        Estou com quase os dois pés nos 30 anos e assuntos como triglicérides, glicose e risco de infarto já se mostram presentes nas minhas idas ao médico. Inclusive, tomei a maior bronca por causa dos meus últimos exames de sangue: níveis de colesterol e glicose estão bem alterados e estou acima do peso. Tenho histórico familiar de hipertensão, infarto e acidentes vasculares. Ou seja, sou uma bomba relógio prestes a explodir se não mudar as minhas atitudes!

        O médico tinha me passado um prazo para emagrecer e reduzir meus índices mas ainda não cheguei nem perto de atingir a meta: pra quem me conhece e acompanha a rotina do blog sabe que não resisto a um cheeseburger com batata frita ou um macarrão com salsicha e queijo ralado. Além de gostar dos carboidratos mais do que a própria vida, sou uma pessoa sem limites; não consigo comer só uma porção de arroz ou deixar sobrar a porção de mandioca frita no prato. É, a vida não está fácil.

        E, conversando com a San e o Peu vi que o problema não é só meu. Todos por aqui estão dispostos a ter uma vida mais saudável em 2016 e queremos mostrar no blog como é difícil conseguir isso com o pensamento e atitudes de gordinho. Somos sempre vencidos pela preguiça de sair do sofá e praticidade em fazer as receitas mais gordurosas ~ e também mais saborosas.

        Quero emagrecer, começar a comer mais verduras e legumes, melhorar os índices do exame de sangue, ter uma vida mais ativa e poder comer uma pizza de vez em quando. Será que isso é possível? Ser mais magra e feliz combinam dentro da mesma rotina? Ainda dá tempo de usar biquíni neste verão?
        É isso que vamos mostrar aqui, na nova série “Corre, gordinho!” provando que os amantes do bacon também podem ser saudáveis e se deixar levar pela feijoada em algum sábado de sol, sem que isso afete a gordura do sangue.

        Façam suas apostas, porque o ano novo promete! Se você ama comer e odeia exercícios, venha com a gente e participe deste desafio. Se você já tem uma rotina saudável, compartilhe com a gente, mande suas dicas e nos ajude!

        tenis

        Não perca!

        76 total views, no views today

          Estou de dieta e bateu aquela fome…..

          A semana está começando e, mais uma vez, estamos tentando seguir uma alimentação saudável. Os médicos sempre recomendam que a alimentação ocorra de 3 em 3 horas, mas para quem trabalha fora é difícil manter essa disciplina ou acaba comendo muitos doces e guloseimas que não fazem bem à saúde (apesar de serem uma delícia e quase sempre uma tentação!).

          Pensando nisso, a San preparou uma lista de ideias de lanches para comer entre as refeições principais, dicas de como levar os alimentos e uma tabela nutricional para ajudar vocês na suas escolhas durante a semana.

          Veja algumas opções de lanche para comer entre as refeições quando bater aquela fome durante o trabalho:

          1. Mix de castanhas: As castanhas contém óleos e nutrientes que fazem bem à saúde, porém devem ser consumidas de forma moderada, por isso o ideal é levá-las em saquinhos com a quantidade que deve ser comida, como por exemplo: 6 amêndoas e 2 castanhas do pará. Uma ótima opção é misturar com frutas secas como damasco, uva passa, ameixa, maçã ou abacaxi desidratado.
          1. Frutas: Algumas frutas precisam de geladeira para manter a temperatura e o sabor, por isso é ideal que você tenha uma geladeira à sua disposição ou uma boa bolsa térmica.Algumas frutas que não precisam de geladeira: maçã, pêra, banana, goiaba, ameixa, caqui e uva. Frutas como abacaxi, melancia e melão podem ser levadas já cortadas, mas devem ser conservadas geladas para não estragarem.
          1. Atum ou frango: essas proteínas podem ser consumidas sozinhas ou em um lanche (pão integral, atum/frango e cenoura ralada, são um exemplo), mas é muito importante ter um lugar para manter esses alimentos gelados até o momento do seu consumo.
          1. Bolachas e cookies: as opções integrais e sem recheios são ideias para quem quer perder peso.
          1. Iogurte: importante ser mantido gelado, é uma ótima fonte de cálcio e proteína.

          Para quem não tem geladeira no trabalho, dá pra fazer como a San e levar ao trabalho uma bolsa térmica para conservar a temperatura dos alimentos.

          IMG_9366

          Este é o lanche da San de hoje: maçã já picada e iogurte; ótimos para matar a fome entre uma reunião e outra e antes da hora do almoço. O ideal é colocar uma placa de gelo dentro da bolsa para deixar ainda mais fresco o que você carregar dentro dela!

          Imagem1

          Esta é uma tabela nutricional que pode nos ajudar a controlar o regime e escolher a melhor opções de lanches entre as refeições:

          Sem título

          E você tem alguma dica especial para conseguir resistir às tentações de comida durante a semana?

          90 total views, no views today