Ragu de linguiça da Rita Lobo

 

Que tal começar o final de semana hoje e já preparar um prato super especial? A San testou e aprovou o ragu de linguiça da Rita Lobo e esta é a nossa sugestão de receita da semana, para fugir do trivial. Vem ver o passo a passo:

Ingredientes:
1 kg de linguiça calabresa fresca
4 latas de tomate pelado em cubos
1 cenoura
1 talo de salsão ou 1/2 xícara de chá de salsão picado congelado
1 cebola
3 dentes de alho
1/2 xícara de chá de vinho tinto
1 xícara de chá de água
Azeite a gosto
1 folha de louro 1 ramo de manjericão sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de fazer:
Retire a linguiça calabresa da geladeira e deixe em temperatura ambiente enquanto prepara os outros ingredientes – ela não pode estar gelada na hora de dourar.

Descasque e pique fino a cebola e os dentes de alho. Lave, descasque e passe a cenoura pela parte fina do ralador. Lave, descarte as folhas e corte o talo do salsão em cubinhos.

Com a ponta da faca, corte apenas a pele dos gomos de linguiça e descarte. Transfira a carne para uma tigela e desmanche-a em pedaços menores – se preferir, descarte os pedaços maiores de gordura.

Leve uma panela grande ao fogo médio. Quando aquecer, regue com 2 colheres de sopa de azeite e doure a carne da linguiça em etapas – se colocar tudo ao mesmo tempo ela cozinha no vapor em vez de dourar. Deixe dourar por cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando com a espátula para dourar por igual e poder partir a carne em pedaços menores. Transfira para uma tigela e doure o restante da carne, regando a panela com azeite a cada leva.

Mantenha a panela em fogo médio, regue com mais 2 colheres de sopa de azeite e junte a cebola. Tempere com uma pitada de sal e refogue por 2 minutos até murchar. Acrescente a cenoura e o salsão e refogue por mais 3 minutos, raspando bem o fundo da panela para dissolver os queimadinhos. Junte o alho, o louro e mexa por apenas 1 minuto para perfumar.

Volte a linguiça para a panela, regue com o vinho e misture bem. Deixe cozinhar até secar. Adicione o tomate pelado (com o líquido), regue com a água e misture bem. Tempere com sal e pimenta a gosto – cuidado, pois a linguiça já é salgada – e deixe cozinhar em fogo alto até ferver. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por mais 1 hora com a tampa entreaberta, até o molho encorpar (para deixar cozinhando por 1 hora, a San precisou colocar um pouco de água para não queimar a comida) – nos últimos 10 minutos de cozimento, acrescente o manjericão para dar sabor ao molho. Prove e ajuste o sal, sirva a seguir.

A San optou por servir com purê de mandioquinha e finalizou com queijo ralado. Olha que delícia 🙂

E aí, o que achou desta receita? Conta pra gente 🙂

    Receita do dia: macarrão com salmão defumado

     

    Este final de semana testei uma receita super diferente por aqui que encontrei no site da Rita Lobo: macarrão com salmão defumado. Super simples de fazer, esta receita parece ser bem sofisticada e encanta os convidados. Foi o maior sucesso por aqui e vale a pena ser compartilhada. Veja o passo a passo para surpreender a família e os amigos.

    Ingredientes:
    350 g de macarrão tipo linguine
    100 g de salmão defumado (cerca de 4 fatias)
    1 1/2 xícara de chá de creme de leite fresco
    Raspas de 1 limão
    2 ramos de endro ou manjericão
    Sal a gosto
    Pimenta rosa a gosto

    Modo de fazer:
    Leve ao fogo alto uma panela grande com cerca de 4 litros de água para ferver. Assim que ferver, adicione 2 colheres de sopa de sal, acrescente o macarrão e deixe cozinhar conforme as instruções da embalagem.

    Enquanto o macarrão cozinha, prepare os ingredientes do molho: desembale o salmão defumado e transfira para uma tábua; dobre as fatias ao meio e corte em tiras finas de cerca de 1 cm de espessura; faça as raspas do limão e debulhe as folhas de endro ou manjericão do ramo.

    Assim que estiver cozido, passe o macarrão pelo escorredor. Reserve.

    Numa frigideira grande, coloque o creme de leite fresco e leve ao fogo médio – o creme de leite deve aquecer junto com a panela para não correr o risco de queimar. Quando começar a ferver, junte as tiras de salmão, tempere com sal a gosto e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos.

    Desligue o fogo, junte as raspas de limão, o endro e o macarrão cozido. Sirva a seguir com folhas de endro ou manjericão e pimenta rosa a gosto.

    E aí, o que achou desta receita?
    Conta aqui 🙂

      Receita do dia: nhoque de ricota

       

      Que tal começar a semana ao estilo de Rita Lobo? Este final de semana, uma super amiga cozinhou este prato e foi um sucesso: nhoque de ricota na manteiga é uma receita da Rita Lobo prática, simples e com sabor surpreendente! Vale a pena provar 🙂
      Vem ver como fazer.

      Ingredientes:
      1 ricota (cerca de 450 g)
      2 ovos
      1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado fino (cerca de 50g)
      1/2 xícara de chá de farinha de trigo
      1 colher de chá de sal
      4 colheres de sopa de manteiga
      Queijo parmesão em lascas e folhas de sálvia a gosto para servir

      Modo de fazer:
      Coloque a ricota numa tigela grande e, com as mãos, quebre e esfarele em pequenos pedaços.

      Numa tigelinha separada, quebre os ovos, um de cada vez, e junte à ricota – se um estiver estragado você não perde a receita. Adicione o queijo ralado e o sal e amasse bem com as mãos para misturar. Junte a farinha e amasse novamente, até formar uma massa lisa. Cubra com filme e deixe na geladeira por 15 minutos para firmar.

      Para modelar os nhoques: com as mãos, separe uma porção da massa, enrole do tamanho de uma bola de gude e achate levemente. Transfira para uma assadeira e repita o mesmo processo com o restante da massa. Se preferir, faça rolinhos e, com uma faca, corte a cada 2 cm para formar os nhoques.

      Leve ao fogo alto uma caçarola média com água. Assim que ferver, adicione 1 colher de sopa de sal. Com uma escumadeira, mergulhe cerca de 15 nhoques por vez. Deixe cozinhar por mais 2 minutos depois que subirem à superfície. Pesque os nhoques cozidos com a escumadeira, escorrendo bem a água, e transfira para uma travessa. Cozinhe o restante e reserve 1 xícara de chá da água do cozimento – ela será utilizada para fazer o molho.

      Leve uma frigideira grande ao fogo médio. Quando aquecer, adicione 1 colher de sopa de manteiga e disponha metade dos nhoques na frigideira. Deixe por cerca de 2 minutos. Vire com uma espátula e deixe por mais 1 minuto para dourar por igual. Transfira para um prato e repita com a outra metade, adicionando 1 colher de sopa de manteiga a cada leva.

      Mantenha a frigideira em fogo médio e adicione o restante da manteiga e algumas folhas de sálvia. Assim que derreter, regue com ½ xícara de chá da água do cozimento. Desligue o fogo e mexa a frigideira, delicadamente, fazendo movimentos circulares até formar um molho liso – ao misturar com a espátula a gordura pode se separar do molho. Se desejar um molho mais ralo, adicione, aos poucos, o restante da água do cozimento e ligue o fogo novamente apenas para aquecer. Transfira para uma molheira.

      Sirva os nhoques de ricota com o molho de manteiga, queijo parmesão em lascas e folhas de sálvia fresca a gosto.

      E aí, o que achou deste sugestão?
      Conta aqui 🙂

        Polenta cremosa com ragu de linguiça

         

        Meus pais são super fãs da Rita Lobo e, em um dos últimos de seus programas no canal GNT, ela ensinou uma receita incrível de polenta cremosa com ragu de linguiça. Ontem os dois foram para cozinha testar esta receita… o resultado não poderia ser melhor: o prato ficou simplesmente incrivel! A combinação perfeita de sabores e texturas.

        Que tal ir pra cozinha e testar essa receita hoje mesmo? Veja como fazer aqui.

        Ingredientes
        Ingredientes ragu:
        3 dentes de alho
        1 colher de sopa de azeite de oliva
        2 latas de tomate pelado
        2 linguiças frescas
        ½ xícara de chá de vinho tinto
        Louro a gosto
        Manjerona a gosto
        Manjericão a gosto
        Sal a gosto
        Pimenta a gosto

        Ingredientes polenta:
        3 xícaras de chá de leite
        50g de manteiga
        1 colher de sopa de chá de sal
        ¾ xícara de chá de farinha de milho fina
        ⅓ de xícara de chá de parmesão ralado na hora

        Modo de fazer
        Modo de fazer do ragu:
        Pique o alho e refogue no azeite de oliva por um minuto. Adicione as latas de tomate pelado, amassando os tomates com a mão. Tempere com as ervas e deixar reduzir por 20 minutos.

        Em uma frigideira, doure a linguiça desmanchada. Retire o excesso de gordura e adicione à panela.
        Deglaceie a frigideira com o vinho tinto e deixe cozinhar por mais 30 minutos em fogo baixo.
        Acerte os temperos antes de servir.

        Modo de fazer da polenta:
        Em uma panela grande, coloque o leite com a manteiga. Adicione o sal e, aos poucos, pulverize a farinha de milho, mexendo sempre com um batedor de claras (fouet). Continue batendo bem com o batedor por cerca de 5 minutos, para evitar que fique empelotado.

        Cozinhe por cerca de mais 20 a 30 minutos, mexendo sempre com uma colher. Quando ficar em uma consistência cremosa e grossa, adicione o parmesão ralado.

        Acerte o tempere. Se necessário, acerte o ponto com um pouco mais de leite ou água.

        Está pronto para servir. Aproveite!!

        img_4235

        img_4236

        img_4238

        E aí, o que achou da receita?
        Conta aqui 🙂

          Receita do dia: cuscuz marroquino com legumes

           

          Essa semana a San completou seis meses da vida de casada (sim, este ano está passando muito rápido!). E, para comemorar, ela fez um jantar super especial e diferente: cuscuz marroquino com legumes, receita da Rita Lobo. Tanto a receita quanto a comemoração foram um sucesso! Vem ver como fazer esse prato super diferente para comemorar uma ocasião especial, reunir os amigos e família e servir essa receita inspiradora. Não perca!

          Para o caldo marroquino
          Ingredientes:
          1 cebola
          2 cenouras
          2 de talos de salsão (um com as folhas)
          1/2 lata de tomates pelados
          1/2 colher de chá de gengibre em pó
          1/4 de colher de chá de canela em pó
          1/2 colher de chá de cominho em pó
          1/8 de colher de chá de pimenta chilli em pó

          Modo de fazer:
          Lave, descasque e corte uma das cenouras em bastões de 6 cm de comprimento. Lave o salsão e a outra cenoura e corte em pedaços grandes. Descasque a cebola e corte em quatro partes.

          Numa panela grande com 1,5 litros de água, leve os legumes, o tomate e as especiarias ao fogo alto. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos.

          Retire e reserve os bastões de cenoura. Coe o caldo, apertando bem os legumes na peneira. Volte o caldo à panela e tampe. Descarte os outros ingredientes.

          Para o cuscuz
          Ingredientes:
          2 xícaras de chá de cuscuz marroquino
          2 cebolas médias
          6 cubos de abóbora japonesa
          1 abobrinha pequena
          1 punhado de vagem holandesa
          1/2 xícara de chá de grão-de-bico cozido
          2 colheres de sopa de azeite
          Sal a gosto

          Modo de fazer:
          Descasque e corte as cebolas em rodelas finas.

          Numa frigideira, coloque 1 colher de sopa de azeite e leve ao fogo médio. Quando aquecer, coloque as rodelas e abaixe o fogo. Vá mexendo de vez em quando, até que fiquem douradas, cerca de 10 a 15 minutos. Reserve.

          Lave os legumes e corte a abobrinha em bastões (como os de cenoura).

          No caldo marroquino, junte os legumes (inclusive as cenouras já cozidas) e leve ao fogo alto. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos. Com uma escumadeira, transfira os legumes para um prato fundo, tempere com um pitada de sal e tampe para não esfriar. Tampe a panela com o caldo.

          Numa tigela, coloque o cuscuz, o sal, 2 xícaras de chá do caldo fervente e o restante do azeite. Misture bem e abafe pelo tempo indicado na embalagem (aproximadamente 5 minutos). Destampe e solte os grãos com um garfo imediatamente.

          Enquanto o cuscuz hidrata, leve o restante do caldo ao fogo alto e deixe cozinhar até reduzir à metade do volume (cerca de 5 minutos) e tempere com sal. Ele servirá de molho para regar o cuscuz.

          Numa travessa redonda, coloque o cuscuz hidratado, formando uma pirâmide. Arrume os legumes ao redor do topo e regue com um pouco do caldo. Coloque a cebola caramelizada sobre os legumes e o grão-de-bico por cima.

          Sirva a seguir com o caldo restante numa molheira à parte. E o prato está pronto para ir à mesa!

          img_1655

          img_1654

          img_1657

          E aí, o que achou dessa receita?
          Conta aqui pra gente 🙂