A transformação da cozinha do sítio

Alguns meses e uma mudança radical

Nada como algumas mudanças na nossa casa para deixar o ambiente melhor, atual e mais funcional né? Portanto, hoje vou compartilhar por aqui a transformação da cozinha do sítio.

Nos identificamos bastante com o escritório da Carol e da Cami, de CDA Projetos, que logo conseguiram traduzir a essência da família neste ambiente.

A transformação da cozinha do sítio

O nosso sítio no interior de São Paulo é aquele lugar que buscamos para fugir da correria da cidade para reunir a família em um ambiente de descanso para contemplar a natureza. Ou seja, tudo por aqui é bem leve, informar e descontraído para que possamos aproveitar ao máximo todos os ambientes.

A transformação da cozinha do sítio

Portanto, o foco desta transformação foi deixar o ambiente funcional e prático, sem deixar de lado o conforto e a organização.

Então, fomos ao trabalho: antes, a nossa geladeira ficava na mesma parede do fogão. E ela foi a primeira grande mudança da cozinha. Além disso, o espaço ocupado pela geladeira se tornou uma grande bancada, dividindo a pia entre áreas seca e molhada.

A transformação da cozinha do sítio
A transformação da cozinha do sítio

Bem no centro da cozinha, ganhamos uma ilha: um antigo sonho da minha mãe. E para aproveitar o espaço, ela é repleta de armários, o que ajudam ainda mais na praticidade para ter utensílios e alimentos do dia-a-dia sempre à mão.

Do outro lado, a geladeira ganhou a companhia de muitos armários, uma cristaleira e dois nichos para acomodar o forninho e o mico-ondas.

Além disso, logo acima temos dois espaços para colocar com enfeites que combinem com a decoração do ambiente.

Por fim, os ambientes ganharam uma integração com uma prateleira suspensa em marcenaria e serralheria ~ da mesma cor do trilho de iluminação ~ que fizeram toda a diferença entre a cozinha e a sala de almoço.

Quer ver mais? Então, clique aqui e vem pro Youtube da Caubi conferir o tour completo pela nova cozinha do sítio!

    Tour completo da casa nova

    Depois das obras, a calmaria

    Finalmente, acabaram-se as obras e reformas por aqui e então chegou o momento de comemorar: vai ter tour completo da casa nova!

    Tour completo da casa nova

    Depois de alguns anos, reformando um cantinho por vez, a área social do meu apartamento está pronta. Não dá nem para acreditar! Agora, minha casa está com a minha cara em todos os detalhes por aqui. Ou seja, muita cor, muitas plantas e muita alegria em cada cantinho.

    Tour completo da casa nova

    Com os espaços integrados e sem paredes, a casa parece maior que seus 82 metros quadrados. Eu transformei um dos quartos em sala e a minha área social se transformou em uma só: cozinha, sala de tv, cantinho do café, varanda, churrasqueira. Tudo no mesmo espaço para poder aproveitar bem cada cantinho do apartamento.

    Varanda integrada
    Tour completo da casa nova

    E por aqui, aproveito cada espaço para preencher com plantas naturais. Como o sol bate em pontos diferentes e com intensidades diferentes em cada cantinho da casa, é possível misturar diversas espécies por aqui.

    Plantas de casa

    E enfim, a última parte da casa a ficar pronta: meu cantinho do café. Anteriormente, ali naquele canto da sala, logo na entrada na casa, ficava uma sala de jantar. Como eu tenho uma mesa para seis lugares na varanda com espaço maior, melhor circulação e melhor claridade, a sala de jantar ficava de lado e tinha se tornado um espaço inútil na minha sala.

    Portanto, com apenas uma mesa para refeição, ganhei um espaço dedicado ao café e aos drinks. Além disso, foi possível ganhar mais espaço com alguns armários e gavetas para poder organizar e setorizar utensílios da casa para servir e cozinhar.

    cantinho do café

    Ainda, ganhei mais espaço de circulação entre os ambientes da casa, o que facilita na limpeza e aumenta a sensação de liberdade.

    Então, vem conferir o tour completo no Youtube da Caubi:

      Receita do dia: um risoto surpreendente

      Risoto de pesto com tomates, queijo coalho e raspas de limão

      Então hoje temos um desafio por aqui. Convidei a Cynthia do @menudodia para criar uma receita com o que eu tinha na minha geladeira. E o desafio foi enorme já que fizemos tudo isso à distância. Ou seja, ela criou uma receita online e eu cozinhei em casa. E o resultado foi a receita do dia: um risoto surpreendente de pesto com tomates, queijo coalho e raspas de limão.

      Veja abaixo o passo a passo dessa delícia para fazer por aí porque uma das minhas especialidades é o risoto. Mas desta vez, a Cynthia surpreendeu e muito. Portanto, recomendo você experimentar essa receita por aí também.

      A receita de um risoto surpreendente

      Ingredientes:
      Litro de água
      1 tablete de caldo de legumes
      1 xícara de chá de arroz arbóreo
      Taça de vinho
      1 colher de sopa de manteiga
      1 colher de sopa de molho pesto
      6 tomatinhos cereja
      1 colher de sopa de tempero de alho
      1 pedaço de queijo coalho
      Azeite e sal a gosto
      Queijo parmesão ralado
      Raspas de 1 limão

      Modo de fazer:
      Primeiramente, aqueça o caldo de legumes e o mantenha em fogo baixo.

      Enquanto isso, em outra panela, doure o tempero de alho em um pouco de azeite, junte o arroz e refogue por 2 minutos. Acrescente a taça de vinho, e então mexa um pouco e vá adicionando 1 concha de caldo por vez. Mexa sem parar. Então, adicione o molho pesto e continue mexendo.

      Em seguida, volte a adicionar mais caldo quando o anterior tiver sido absorvido. Continue até que o arroz esteja al dente (25 a 30 minutos).

      Enquanto isso, em uma frigideira, frite pedaços do queijo coalho com o tomate até ficarem bem dourados. Reserve.

      Na panela do risoto, desligue o fogo, acrescente a manteiga e o queijo parmesão.

      Finalmente, é só empratar: sirva o risoto e disponha o queijo coelho e os tomates. Finalize com as raspas de limão. Então, está pronto para servir. Bom apetite!

      Receita do dia: um risoto surpreendente
      Receita do dia: um risoto surpreendente de pesto com limão

      E então, vem pro Youtube da Caubi conferir em detalhes como foi este desafio:

      E aí, o que achou desta receita? Conta aqui! E aproveite também para se inscrever no canal do Youtube para não perder nada!

        Como fazer waffles em casa

        Duas receitas em uma única forma

        Por aqui, seguimos em casa e em Quarentena. E hoje chegou a hora de mostrar como fazer waffles em casa. Não quis investir muito dinheiro em uma máquina profissional que, além de ocupar muito espaço também é cara. Então, resolvi testar uma forma de waffle, no estilo sanduicheira – ou tostex. Vem conferir o resultado em duas receitas super especiais e fáceis de fazer para você testar aí mesmo!

        Aliás, estas receitas de waffles podem ser feitas na frigideira, sanduicheira… do jeito que você preferir.

        Porque tudo o que mostramos por aqui é para que você possa fazer do seu jeitinho e do seu gosto por aí.

        Como fazer waffles em casa: salgado

        Esta receita é a mesma do pão de queijo de frigideira, adaptada para o formato de waffle porque fica ainda mais delicioso quando servido em formato de coração né?

        Ingredientes:
        3 colheres de sopa de goma de tapioca
        1 colher de sopa de queijo cottage ou requeijão
        1 ovo
        Sal a gosto

        Modo de fazer:
        Primeiramente em uma tigela, adicione todos os ingredientes e então misture tudo com a ajuda de um garfo ou fouet.

        Em seguida, no tostex de waffle untado com umas gotas de azeite, leve a mistura ao fogo e deixe dourar dos dois lados por alguns minutinhos tomando cuidado para não queimar.

        Então, desligue o fogo e tire da forma. Está pronto para servir.

        Como fazer waffles em casa salgado

        Como fazer waffles em casa: doce

        Esta é uma receita da Sandra Reis, super fácil e prática que, além disso, fica deliciosa para acompanhar o café.

        Ingredientes:
        1 xícara de chá de farinha de trigo
        3 colheres de sopa de açúcar
        1 pitada de sal
        2 colheres de chá de fermento químico
        1 ovo 3 colheres de sopa de óleo
        1/2 xícara de chá de leite

        Modo de fazer:
        Primeiramente em um bowl, misture a farinha, o açúcar, o sal e o fermento. Reserve.

        Então, em outro bowl, bata bem o ovo com o óleo e o leite e, quando estiver tudo bem misturado, junte aos ingredientes secos, misturando até formar uma massa homogênea.

        Em seguida, no tostex de waffle untado com umas gotas de azeite, leve a mistura ao fogo e deixe dourar dos dois lados por alguns minutinhos tomando cuidado para não queimar.

        Por fim, desligue o fogo e tire da forma. Está pronto para servir.

        Como fazer waffles em casa doce

        E então, o que achou destas receitas? Se você também amou mas quer saber mais detalhes do passo a passo, vem conferir o vídeo no Youtube da Caubi como fazer waffles em casa.

        Tenho certeza que vai ser um sucesso por aí!

        E não se esqueça de me contar o que achou! 🙂

          Vídeo novo: um tour completo da cozinha

          Vem conhecer a minha cozinha

          Hoje é dia de vídeo novo por aqui! Então, que tal aproveitar esse tempinho na sua casa para conhecer a minha casa? Depois de conhecer a sala integrada, chegou a hora de um tour completo da cozinha.

          Quando a minha cozinha aparece por aqui, me perguntam se ela é nova. No entanto, a cozinha foi um dos primeiros cômodos que decorei por aqui logo que me mudei.

          Inclusive, ela sofreu pouquíssimas alterações desde que eu comecei a morar aqui porque considero este cômodo um dos principais da casa, já que com certeza é onde eu passo mais tempo quando estou por aqui.

          Por se tratar de uma cozinha americana e ser toda aberta e integrada à sala e à varanda, ela enfim acabou se tornando parte fundamental da decoração e da identidade visual da Casa da Caubi.

          tour completo da cozinha
          visão geral da cozinha
          minha cozinha decorada

          Um tour completo da cozinha

          E para mostrar esta integração entre os ambientes, primeiramente é possível observar a unidade entre os pisos. Escolhi o mesmo porcelanato para todos os ambientes integrados para ficar com a ideia de continuidade.

          Além disso, a marcenaria da cozinha é a mesma da sala: armários brancos com detalhes em madeira. Quando me mudei para cá, contratei uma arquiteta que projetou a cozinha. Logo depois, a Natalia Salla ~ que foi responsável pela reforma da sala e do meu cantinho do café ~ me ajudou nos armários da sala, para manter as mesmas cores e características da cozinha.

          Aliás, as cores da cozinha também combinam com o resto da casa. São tons de madeira e um marsala bem sóbrio para contrastar com as cores das panelas ~ que ficam espalhadas pela casa ~ e os imãs de geladeira, que são a marca registrada daqui.

          E então, preparado para vir comigo neste tour? Clique aqui e seja muito bem-vindo à minha cozinha!

          E claro, me conta o que achou 🙂