Pão de linguiça com queijo

 

A receita de hoje é para a gente se deliciar e preparar a mesa para o final de semana que tá chegando. O Portal da Gastronomia criou este pão com linguiça e queijo super prático, rápido e com sabor incrível! Ideal para o lanche da tarde, veja como preparar este pão para seus convidados:

Ingredientes
1 1/3 copo de água
1 1/2 colher de sopa de azeite de oliva
1 1/2 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
4 copos de farinha de trigo especial
2 colheres de chá de fermento biológico seco instantâneo
200 g de queijo muçarela fatiado em cubos
1 linguiça calabresa fatiada em cubos

Modo de fazer:
Pré aqueça o forno a 200 graus.

Em uma tigela grande coloque todos ingredientes e misture com o auxílio de uma colher até que massa fique bem difícil de mexer.

Transfira o conteúdo da tigela para uma superfície lisa, bem limpa e levemente enfarinhada. Sove o pão até que a massa fique lisa, homogênea e não grude mais na sua mão.

Acrescente o queijo e a calabresa e molde a massa no formato desejado. Desta vez, os meninos separaram a massa em 7 bolas diferentes, colocaram em uma forma redonda com buraco no meio.  Deixe a massa descasar por pelo menos uma hora ou até que ele dobre de tamanho. Leve ao forno e deixe assar por cerca de 40 minutos.

Retire do forno e está pronto para servir!

E aí, o que achou do resultado?
Conta aqui 🙂

    Vídeo novo: viajando com a Peugeot

     

    Embarque em mais uma aventura com a gente! Desta vez estamos a bordo de um Peugeot 5008 e iremos mostrar todas as novidades e funcionalidades deste carro incrível em uma viagem de São Paulo a Monte Azul Paulista.

    Com um design totalmente inovador, viajamos por mais de 800 km a bordo deste carro com 4 passageiros e um motorista em muito espaço e conforto. Aperte o play, confira todos os detalhes e se apaixone por este carro também!

     

    E aí, o que achou desta aventura? 🙂

    12 total views, 1 views today

      Vídeo novo: viagem para Cunha

       

      Hoje tem vídeo novo no canal do Youtube!
      Uma viagem pelos lavandários de Cunha e as belezas naturais desta cidade tão pertinho de São Paulo. Aperta o play e vem conhecer um pouquinho mais comigo (e com a minha família!).

      E aí, o que achou deste lugar incrível?
      Conta aqui 🙂

      3 total views, no views today

        Um final de semana em Cunha

         

        Este final de semana foi super especial por aqui 🙂

        Consegui reunir uma parte da família e fomos para Cunha, no interior de São Paulo. Com quase 22 mil habitantes, a cidade fica a pouco mais de 250 km da capital, na região do alto Paraíba. O município  ocupa 1.410 km² de colinas e montanhas, aninhadas entre as serras da Quebra-Cangalha, da Bocaina e do Mar. Limita-se com Ubatuba, São Luiz de Paraitinga, Lagoinha, Guaratinguetá, Lorena, Silveiras, Areias, São José de Barreiro no estado de São Paulo e Angra dos Reis e Paraty no estado do Rio de Janeiro.

        Com altitude média de 1.100m, o ponto mais alto da cidade é o Pico da Pedra da Macela, a 1.840m do nível do mar; ponto super especial em que é possível avistar Angra dos Reis e Paraty com uma vista de tirar o fôlego. Infelizmente, não conseguimos fazer esta trilha desta vez. Por ser bem cansativo e exigir um preparo físico extra, deixamos para uma outra oportunidade…

        Mesmo assim não faltaram atividades em meio à natureza, estúdios de cerâmica, cervejas artesanais e muita história.

        Saímos de São Paulo bem cedo e seguimos em direção à Cunha pela Rodovia Dutra: com duração de pouco mais de 3 horas e 30 minutos de viagem, chegamos ao nosso destino em um sábado frio porém ensolarado e sem nuvens. Nossa escolha de hospedagem foi a pousada Cheiro da Terra. Com ótima localização e atendimento super cordial, cada parte da família ficou hospedada em um chalé diferente super aconchegante e confortável.

        Em seguida, saímos para explorar a cidade e fomos conhecer o Ateliê da Cerâmica, a igreja matriz e almoçamos por ali mesmo (em breve irei escrever especialmente sobre os lugares que fizemos nossas refeições e recomendar comidinhas deliciosas para quem está planejando uma viagem para Cunha, não deixe de acompanhar os próximos posts!).

        A pausa para o café da tarde ficou por conta do Moara Café: um dos lugares mais fofos que já fui com uma mistura de plantinhas, comida caseira, empório e exposição de antiguidades… tudo muito lindo e super especial. Esta é uma parada obrigatória!

        Em seguida fomos ao Contemplário e depois ao Lavandário. Ambos ficam na mesma estrada e é possível visitar os dois locais no mesmo dia. Primeiro fomos ao Contemplário para conhecer as plantações de lavanda, alecrim e outras ervas. Em seguida, fomos ao Lavandário para admirar o por do sol, um dos mais lindos da região (que eu já vi na vida!).

        Se você está procurando um lugar para descansar e conectar-se à natureza, Cunha é o lugar. Em todos os lugares que passamos, é possível sentir a paz e a tranquilidade de uma cidade que vive do turismo e do seu comércio local de cerâmica, pinhão e shitake.

        Além disso, a hospedagem e as refeições oferecem um ótimo custo x benefício em um lugar bem pertinho de São Paulo.

        Esse foi só o primeiro post, pra dar aquele gostinho de ‘quero mais’. Irei compartilhar por aqui sobre as comidinhas e vem aí um vlog com mais detalhes dos passeios.
        Não perca 🙂

        4 total views, no views today

          Vídeo novo: viagem Tramontina

           

          E hoje tem vídeo novo no ar!

          Na semana do dia 5 de março fui convidada pela Tramontina para conhecer a TEEC – fábrica que produz os equipamentos de cozinha da marca – em Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul.

          Com uma estrutura moderna, grande parte da fábrica é automatizada e robotizada. São produzidos diariamente mais de 7 mil itens entre pias, cubas, tanques, coifas, cooktops, fornos, lixeiras, cachepôs e acessórios.

          A Tramontina atua no mercado brasileiro e no exterior com 10 fábricas no Brasil (sendo 8 no estado do Rio Grande do Sul) e 16 centros de distribuição fora do país. É uma empresa familiar com mais de 107 anos de compromisso com o cliente e com a gestão da qualidade.

          No dia da visita foi possível acompanhar a produção de coifas (única empresa no Brasil com produção de coifas no próprio país) e comprovar a qualidade e o carinho com o que tudo ali é desenvolvido.

          Além disso, pudemos conhecer a loja conceito da Tramontina em Farroupilha e se apaixonar pelas pessoas e pelas cidades gaúchas.

          Aperta o play e vem comigo nessa viagem!

          E aí, o que achou desta viagem?

          Corre pro canal da Casa da Caubi no Youtube e se inscreva pra receber as novidades antes de todo mundo! 🙂

          5 total views, no views today