Vídeo novo: Colônia

Vamos para Köln? Traduzindo para o português, Colônia é a quarta cidade mais povoada da Alemanha e cortada pelo Rio Reno.

Esta foi uma das minhas cidades favoritas nesta viagem, que possui muita cultura e, ao mesmo tempo é aconchegante e muio alegre.

Colônia foi uma das cidades mais bombardeadas da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial, sendo que a Força Aérea Real  jogou 35.268 toneladas de bombas na região durante o conflito.

O bombardeio reduziu a população em 95%, principalmente devido à evacuação e destruiu quase toda a estrutura da cidade. Com a intenção de restaurar tantos edifícios históricos quanto possível, a reconstrução bem sucedida do pós-guerra resultou em uma paisagem urbana muito mista e única.

A Catedral de Colônia ~ Kölner Dom ~ é a quinta igreja mais alta do mundo e foi considerada um patrimônio da humanidade. Este é o ponto mais visitado da Alemanha. Esta Catedral demorou aproximadamente 600 anos para ser construída e resistiu aos 14 ataques de bomba da Segunda Guerra Mundial

Segundo a lenda, nesta catedral estão guardados os restos mortais dos três reis magos (no vídeo eu mostro onde eles estão, não perca!).

A ponte Hohenzollern  é um ponto obrigatório para quem vai à Colônia. Destruída em 1945 pelos militares alemães em uma tentativa de evitar a invasão das tropas aliadas na cidade, ela foi reconstruída logo após a guerra e voltou a ser utilizada em 1948. Atualmente mais de 1300 trens cruzam a ponte diariamente. 

Ao longo da ponte encontram-se cadeados com nomes de casais. Segundo a lenda, um rapaz apaixonado escreveu seu nome e de sua amada em um cadeado, prendeu na grande da ponte, pegou a única chave existente e arremessou no Rio Reno. Assim, a única forma de acabar com o amor deles seria achando a chave e abrindo o cadeado. 

Por isso, cada casal apaixonado que passa pela ponte, prende um cadeado de amor eterno.

Depois da caminhada, uma pausa para o almoço. Sentamos no Cafe Reichard, bem em frente à Catedral. Vista linda, comida deliciosa.

Minha escolha: wiener kalbsschnitzel, ou carne de vitela empanada com batatas e salada.

Logo depois, veio a caminhada em direção ao Schokoladenmuseum, ou Museu de Chocolate. No museu, é possível conhecer um pouco sobre a origem e história do chocolate e acompanhar o processo produtivo da Lindt. A visita termina dentro de uma loja repleta de chocolates diferentes e deliciosos.

Colônia foi amor à primeira visita. Já saí de lá querendo voltar.

E aí, o que achou dessa viagem?
Conta aqui 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *