Plantas dentro de casa

 

Quem acompanha o blog e as redes sociais da Casa da Caubi sabe que plantinhas e temperos no cantinho da varanda são minha grande paixão. Mas não foi sempre assim… moro há quase 6 anos sozinha e fui aprendendo com o tempo ~ e os conselhos de mami ~ que cada planta precisa de um cuidado diferente e depois de muitos erros, aparecem alguns acertos e elas vão durando cada vez mais.

Portanto, resolvi compartilhar por aqui algumas dicas que aprendi ao longo desse tempo para fazer com que seu jardim e/ou hortinha dure mais, mesmo que elas fiquem dentro de casa.

PLANTAS EM APARTAMENTO
Eu nunca morei em casa, mas sei que o modo de cuidar das plantinhas dentro de apartamento é bem diferente. Para fazer esta adaptação é preciso verificar alguns fatores como posição do sol ao longo do dia, temperatura e umidade dentro de casa.

Aqui em casa, todas as minhas plantas e temperos ficam na varada. O sol que bate por aqui é o sol da tarde, que é bem forte principalmente no verão e deixa o ambiente muito quente porque a varanda é fechada com vidro. Esse é um dos principais pontos para prestar atenção: plantas de sombra não se dão bem no ambiente da varanda, portanto quando eu compro orquídeas, lírios da paz ou antúrios, por exemplo, deixo na sala de jantar para não receber tanto sol diretamente. Em tempos de verão, minhas plantinhas ficam mais afastadas do calor e deixo que elas recebam a luz do sol na hora mais fresca; sol direto e muito calor podem queimar as plantas e a ausência dele deixam as plantinhas mais fracas.

Outro ponto importante: é preciso ter plantas de acordo com o espaço que você tem disponível. Não adianta eu tentar criar uma samambaia por aqui, pois ela não irá crescer com saúde ou então irá expandir além do espaço disponível. Os temperos mais indicados para espaços pequenos são orégano, manjericão, manjerona, pimenta, alecrim, hortelã e tomilho. Para plantas, tenho bastante suculentas e algumas jibóias que se adaptam a espaços pequenos.

O mais indicado é cultivar as plantinhas e temperos em vasos separados, para que cada uma cresça no seu próprio ambiente, seu próprio tempo e criem suas raízes separadas. Eu junto algumas delas dentro do meu caixote, mas sempre em vasos separados, pois além de tudo, os vasos com furinhos embaixo são os mais indicados para que as plantinhas possam respirar adequadamente.

Eu raramente tiro as plantinhas do vaso que as acompanham quando eu compro do mercado ~ aquele de plástico preto, sabe? ~ mas se você quiser começar seu vaso, para os temperos o mais indicado é plantar em um solo leve, sem pedras ou pedaços de madeira para não atrapalhar o crescimento da raiz.

Os temperos gostam bastante do clima da primavera e verão, com sol e temperatura na casa dos 25 graus. Tome cuidado para não passar muito disso senão as plantas queimam com facilidade e, se tiver muito frio, elas morrem mais rápido também.

Vale a pena se atentar à quantidade de água para as plantinhas, para dosar bem e fazer com que elas durem por mais tempo. Por aqui, eu já compro os temperos mais ‘adultos’, então normalmente rego uma vez por dia. Para quem está começando agora, existe um teste simples e bem eficaz para ser feito e checar se a plantinha está com água o suficiente: pegue um pouquinho de terra do seu vaso e aperte. Se escorrer água pela terra, o vaso está encharcado e com muita água; se a terra esfarelar entre seus dedos, o vaso está muito seco. O ideal é ter a terra úmida, mas sem exageros. Eu sempre molho minhas plantinhas na parte da manhã.

É importante saber que cada plantinha precisa de atenção e cuidado individual, além do seu próprio tempo. Com carinho e atenção, elas crescem e se adaptam ao seu ambiente.

E aí, o que achou destas dicas?
Conta aqui 🙂

    Vasinhos com cápsulas de café

     

    Sabe aqueles projetos que a gente testa, faz em casa e fica simplesmente apaixonada? Então, este é o caso. Vi em algum lugar pela internet vasinhos de suculentas feitos com cápsulas de café. São lindos e delicados e resolvi fazer por aqui. Resultado: vasinhos super diferentes, delicados e totalmente personalizados. O melhor de tudo, você também pode fazer por aí.

    Fiz um passo a passo para deixar o seu cantinho ainda mais colorido. Veja abaixo e teste hoje mesmo:

    • Separe as suas cápsulas usadas.

    • Abra delicadamente com uma faca ou tesoura pelas bordas e tire a ‘tampa’ da cápsula.

    • Retire o pó de café de dentro da cápsula, mas não se preocupe se ficar um pouco pelas bordas… pó de café é um ótimo adubo para as plantas.

    • Observe a parte arredondada na parte de trás da cápsula e dê uma leve empurrada para que esta parte afunde e a cápsula possa ficar mais reta, podendo ser apoiada em superfícies como mesa, balcões, etc.

    • Coloque a suculenta ou a plantinha de sua preferência na cápsula e acerte a terra com uma colher ou uma pinça.

    • Seu vasinho está pronto! É só regar de acordo com a plantinha ~ suculentas devem ser molhadas uma vez por semana com pouquíssima água ~ e enfeitar a casa!

    E aí, o que achou do resultado?
    Conta aqui 🙂

      Bolo de fralda: o passo a passo para fazer em casa

       

      Pra continuar os preparativos do chá do Lucca, a San fez um passo a passo do bolo de fralda que fez o maior sucesso na decoração. Além de fácil de fazer, fica lindo na mesa. Veja aqui o tutorial para te ajudar se você estiver pensando em organizar a chegada do seu bebê.

      Material necessário:
      62 fraldas
      Elásticos de dinheiro número 18
      Fitas da cor de sua preferência
      Cola quente
      Sapatinho de bebê
      Suporte ou prato de bolo

      IMG_8732

      Modo de fazer:

      Enrole a fralda e junte de três em três com o elástico. O importante é não dar 2 voltas com o elástico para não amassar muito a fralda (assim você pode usá-la no bebê quando ele nascer).

      Imagem1

      Depois junte os conjuntos de 3 para de acordo com o tamanho do suporte. Veja se ficou algum ‘buraco’ entre os encaixes e coloque fraldas avulsas. A San fez o bolo com dois andares, sendo o primeiro andar com 36 fraldas e o segundo com 26.

      No bolo do Lucca nós decidimos usar as cores azul, preto e branco para a decoração, por isso a San usou duas fitas coladas com cola quente, uma por cima da outra.

      IMG_8743

      Junte as duas pontas da fita e finalize com um laço. A San fez um laço com a fita azul e finalizou com a fita preta e branca colando com cola quente.
      Coloque o sapatinho no topo para finalizar e está pronto para enfeitar a mesa!

      IMG_8265

      E aí, o que achou dessa ideia?
      Conta aqui pra gente 🙂

        Fralda, doces e chá de bebê

         

        Pra quem acompanha o blog, sabe que o Peu vai ser pai em breve! (a Mi, esposa dele já está com 8 meses de gestação) e, pra comemorar esse tão esperado bebê, a turma do blog se reuniu esse final de semana e fez um chá de fraldas surpresa para o Lucca!

        Combinamos uma pizza na casa da San e, sem contar nada pro Peu e pra Mi, nos organizamos e fizemos a decoração e os docinhos. Estava tudo bem simples, mas muito lindo! As cores principais da decoração foram o branco e azul com ursinhos e um uniforme do Corinthians ~ claro que mesmo antes de nascer ele já sabe que vai ser do timão rsrsrs.

        A San fez o bolo de fralda e em breve iremos postar por aqui como fazer… é super fácil e fica muito legal para colocar na mesa do chá ao lado dos docinhos ou do bolo de verdade. As letras da palavra ‘Lucca’ foram compradas em uma loja de artesanato e a San pintou no tom de azul da decoração.

        Eu fiz a lousa com algumas bandeirinhas pra dar um toque de ‘scrapbook’ à mesa e o resultado foi esse aqui:

        IMG_8249

        IMG_8257

        IMG_8265

        A San fez cupcake de banana com cobertura de doce de leite e beijinho de coco pra comer na colher.

        IMG_8268

        IMG_8259

        IMG_8535

        E aí, o que você achou?
        Quando a gente coloca amor naquilo que a gente faz, sempre fica mais bonito 🙂

          Caseirices no Open House da San

           

          Há algumas semanas a San mudou de casa e, para comemorar com a família e os amigos, fez um Open House no melhor estilo “caseirices” com a decoração personalizada e feita à mão. Além de ter ficado linda, deu um toque personalizado e especial à festa. Veja alguns dos detalhes da decoração e o passo a passo para que você possa usar na sua festa também.

          Garrafinhas de água


          DSC_3322

          Garrafa de água de 500 ml
          Papel rendado redondo
          Carimbo com o monograma*
          Fita de cetim
          Canudo de papel
          Cola quente

          * Carimbo: A San fez um monograma com as iniciais dela e do Marcelo, para ser o símbolo do casal. O carimbo foi feito na Carimbo Tigre, que personaliza com o que você desejar.

          Primeiro, a San carimbou os papéis e colou nas garrafas no lugar do rótulo com a cola quente. Depois, mediu a fita para conseguir passar pela garrafa e pelo canudo e fazer um laço, aí só juntei as garrafas com os canudos e o resultado ficou incrível.

          DSC_3342

          Vaso com origami e flores
          Papel de origami nas cores do tema da festa
          Palito de churrasco
          Vaso pequeno de vidro
          Flores
          Cola quente

          A San fez a dobradura de tsuru (pássaros de origami) e coração e, depois com ajuda da cola quente, colou os origamis nos palitos de churrasco. No dia da festa a San comprou as flores do tipo “mosquitinho” e próximo à hora da festa colocou água até um pouco menos da metade do vaso e misturou as flores com os palitos de origami, espalhando os vasos pelas mesas e ambientes da festa.

          IMG_3734

          Bexiga com fotos
          Bexigas da cor do tema da festa
          Fitas de cetim
          Fotos da sua preferência
          Cola quente

          Com a cola quente a San colou a fita nas fotos, considerando que o ideal é que as fotos fiquem na altura da cabeça dos convidados.

          DSC_3329

          Depois encheu as bexigas e amarrou as fotos nas pontas.
          Como a festa da San foi no salão de festa do prédio, foi usado fita crepe com pouca cola para grudar as fotos no teto. Se o ambiente for maior ou se não permitir colar com fita, é possível encher as bexigas com gás hélio e o efeito fica o mesmo.

          DSC_3347

          E aí, gostou das ideias?
          Conta aqui pra gente 🙂