Receita do dia: dadinho de tapioca

Hora do happy hour! Que tal trazer o bar para dentro de casa? Nada melhor que dadinho de tapioca para receber os amigos e curtir uma noite deliciosa com uma receita super prática e que é um sucesso! Veja como fazer e leve o clima de boteco para sua casa.

Ingredientes:
250 ml de óleo de soja
Um vidro de geleia de pimenta
150 g de tapioca granulada
100 g de queijo parmesão ralado
45 g de leite em pó
200 ml de água
3 g de sal

Modo de fazer:
Antes de começar, escolha o modo de preparo: dadinho de tapioca assado ou frito. Caso prefira assado, preaqueça o forno a 200 graus. Se preferir frito, não precisa ligar o forno.

Em uma panela, dissolva o leite em pó com 200 ml de água em fogo alto e espere ferver.

Enquanto isso, em um bowl, misture a tapioca granulada com o queijo e tempere com o sal. Em seguida, despeje o leite fervendo e misture até que fique homogêneo e comece a endurecer.
Importante: misture rapidamente para logo em seguida despejar no recipiente.

Pegue uma assadeira antiaderente pequena com tamanho aproximado de 20 cm. Transfira a massa de como que fique com cerca de 3 cm de altura, alisando a superfície até ficar uniforme. Leve à geladeira e espere endurecer por aproximadamente 15 minutos.

Quando a massa estiver bem firme, desenforme da assadeira e transfira para uma tábua. Corte em cubos de aproximadamente 3 cm.

Para assar os dadinhos, coloque-os de volta na assadeira deixando um espaço de 1 cm entre eles. Leve ao forno e asse por aproximadamente 25 minutos ou até ficarem dourados.

Para fazer o dadinho frito, esquente o óleo em uma panela funda, em fogo médio. Coloque os dadinhos um a um e frite aos poucos, virando os lados de vez em quando, até que fiquem dourados.


Retire da panela, deixe esfriar por alguns minutinhos e está pronto para servir. Fica perfeito com geleia de pimenta. Bom apetite!

E aí, o que achou do resultado? Perfeito para testar hoje né?

Esta é uma receita da parceria Pão de Açúcar e Cheftime, vale a pena conferir todos os detalhes clicando aqui.

    À mesa: simplicidade, cor e camarão

    Que tal começar a semana com as melhores energias à mesa? Por aqui, comecei o dia inspirada com uma mesa super alegre e com elementos bem simples de fazer para receber um prato elegante e delicioso: camarão à provençal.

    A partir da receita escolhi uma mesa que pudesse combinar e contrastar com o camarão. Com uma toalha no tom jeans e os pratos Flint Le Creuset, coloquei guardanapos amarelos para acompanhar junto com uma jarra e astromélias na mesma cor. Ao invés de porta guardanapo, dei um nó em cada um deles e coloquei sobre o prato: um jeito diferente de servir.

    Para dar aquele charme à mesa e à receita, alguns dos temperos usados ficaram por ali mesmo junto com limões sicilianos, dando uma informalidade e certo humor para a composição.

    E este foi o resultado: elegância e simplicidade. Para acompanhar o camarão, vinho e muito amor.

    E veja como é fácil fazer esta receita por aí:

    Ingredientes:
    20 camarões grandes limpos (ou camarão rosa médio)
    Sal e pimenta do reino a gosto
    1/2 xícara de chá de manteiga
    1/4 xícaras de chá de azeite
    4 dentes de alho bem picados ou amassados
    3 colheres de sopa de ervas frescas (tomilho, alecrim, manjericão)
    3 colheres de sopa de salsinha crespa picada
    3 colheres de sopa de ciboulette ou cebolinha francesa picada

    Modo de fazer:
    Tempere os camarões com sal e pimenta e reserve.
    Leve uma frigideira ao fogo, quando estiver quente, derreta a manteiga junto com o azeite.  Jogue os camarões e deixe-os dourar em fogo médio, por cerca de três minutos de cada lado (cuidado para não passar do ponto). Acrescente o alho. Junte as ervas e deixe de no máximo mais três minutos no fogo.

    Por último, polvilhe a salsinha e a ciboulette sobre os camarões e sirva imediatamente. Bom apetite!

    E aí, o que achou da receita para começar a semana? Conta aqui! 🙂

      Queijo brie com mel e alecrim

      Que tal experimentar um aperitivo super fácil de fazer e que vai surpreender seus convidados? Eu testei e provei o queijo brie ao forno com mel e finalizado com alecrim e ficou maravilhoso! Uma verdadeira explosão de sabores acompanhado por torradinhas.
      Veja como fazer:

      Ingredientes:
      1 queijo brie redondo (200g)
      2 colheres de sopa de mel
      1 ramo de alecrim e tomilho
      Torradinhas variadas para acompanhar

      Modo de fazer:
      Preaqueça o forno a 180 graus por 15 minutos. Enquanto isso, coloque o queijo brie em um refratário que possa ir ao forno ~ por aqui escolhi um ramequin de cerâmica e regue com as 2 colheres de mel.

      Leve ao forno por cerca de 10 minutos ou até que o queijo comece a derreter. Tempere com ramos de alecrim e tomilho e sirva à mesa com torradinhas.

      Bom apetite!

      E aí, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂

        Gelado de maracujá

        Que tal começar ou encerrar o dia com uma receita super fácil e refrescante? Essa receita é da minha amiga Teretetê na Cozinha e logo que vi, já quis testar. Veja como é fácil fazer este gelado de maracujá:

        Ingredientes:
        Polpa de um maracujá
        300ml de leite
        2 colheres de leite em pó

        Modo de fazer:
        Leve ao freezer a polpa do maracujá e o leite. Deixe de um dia para o outro para congelar.

        Retire o maracujá e o leite do freezer e bata do liquidificador ou mixer com as colheres de leite em pó.

        Se precisar, adoce com mel e acrescente algumas folhas de hortelã. Sirva em uma taça e bom apetite!

        E aí, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂

          Sobre a quinoa

          Para quem me acompanha há um tempo por aqui e pelo instagram (se não conhece, siga a @casadacaubi) já viu que estou tentando mudar os meus hábitos alimentares. Não está sendo nada fácil para quem é fã de carteirinha de pizza, macarrão e pão francês, mas, aos poucos, a gente vai aprendendo a gostar de alimentos diferentes e mais saudáveis e descobre que comer bem pode ser gostoso.

          Uma descoberta nessa minha nova fase foi a quinoa. Sempre torcia o nariz para experimentar, mas depois que aprendi algumas receitas e todas as propriedades positivas deste ingrediente, comecei a gostar.

          A quinoa é uma semente nativa da Cordilheira dos Andes e é utilizada desde os tempos dos Incas. Ela é conhecida como ‘grão de ouro’ por ser considerado um alimento rico em nutrientes e pode ser encontrado no mercado em grão, farinha ou em flocos.

          Ela é da mesma família do espinafre e é muito rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e antioxidantes. A quinoa não contém glúten e é um dos alimentos mais complexos que existem.

          Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 g de proteínas, 68 g de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 calorias. Ela pode substituir o trigo na produção de farinha, a soja na produção de óleo, o  milho para biodiesel e o arroz na alimentação.

          A quinoa ajuda para quem quer ganhar massa magra e perder peso. Ela é fonte de fibras que fazem com que a liberação de glicose no sangue ocorra mais lentamente, o que evita os picos glicêmicos. Com isso, há um menor acúmulo de gordura no corpo, além de haver um prolongamento da sensação de saciedade.

          Um dos pontos mais importantes antes de consumir a quinoa é a sua higienização. A quinoa contém saponina, o que deixa o grão mais amargo. Antes de cozinhar, coloque a quinoa em uma peneira bem fina e deixe a água escorrer bem, mexendo com os dedos de vez em quando. Depois de lavado, o grão está pronto para o consumo.  

          Para quem me acompanha há um tempo por aqui e pelo instagram (se não conhece, siga a @casadacaubi) já viu que estou tentando mudar os meus hábitos alimentares. Não está sendo nada fácil para quem é fã de carteirinha de pizza, macarrão e pão francês, mas, aos poucos, a gente vai aprendendo a gostar de alimentos diferentes e mais saudáveis e descobre que comer bem pode ser gostoso.

          Uma descoberta nessa minha nova fase foi a quinoa. Sempre torcia o nariz para experimentar, mas depois que aprendi algumas receitas e todas as propriedades positivas deste ingrediente, comecei a gostar.

          A quinoa é uma semente nativa da Cordilheira dos Andes e é utilizada desde os tempos dos Incas. Ela é conhecida como ‘grão de ouro’ por ser considerado um alimento rico em nutrientes.

          Ela é da mesma família do espinafre e é muito rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e antioxidantes. A quinoa não contém glúten e é um dos alimentos mais complexos que existem.

          Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 g de proteínas, 68 g de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 calorias. Ela pode substituir o trigo na produção de farinha, a soja na produção de óleo, o  milho para biodiesel e o arroz na alimentação.

          No próximo post vai ter uma receita deliciosa com quinoa, não perca! 🙂