Sobre a quinoa

Para quem me acompanha há um tempo por aqui e pelo instagram (se não conhece, siga a @casadacaubi) já viu que estou tentando mudar os meus hábitos alimentares. Não está sendo nada fácil para quem é fã de carteirinha de pizza, macarrão e pão francês, mas, aos poucos, a gente vai aprendendo a gostar de alimentos diferentes e mais saudáveis e descobre que comer bem pode ser gostoso.

Uma descoberta nessa minha nova fase foi a quinoa. Sempre torcia o nariz para experimentar, mas depois que aprendi algumas receitas e todas as propriedades positivas deste ingrediente, comecei a gostar.

A quinoa é uma semente nativa da Cordilheira dos Andes e é utilizada desde os tempos dos Incas. Ela é conhecida como ‘grão de ouro’ por ser considerado um alimento rico em nutrientes e pode ser encontrado no mercado em grão, farinha ou em flocos.

Ela é da mesma família do espinafre e é muito rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e antioxidantes. A quinoa não contém glúten e é um dos alimentos mais complexos que existem.

Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 g de proteínas, 68 g de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 calorias. Ela pode substituir o trigo na produção de farinha, a soja na produção de óleo, o  milho para biodiesel e o arroz na alimentação.

A quinoa ajuda para quem quer ganhar massa magra e perder peso. Ela é fonte de fibras que fazem com que a liberação de glicose no sangue ocorra mais lentamente, o que evita os picos glicêmicos. Com isso, há um menor acúmulo de gordura no corpo, além de haver um prolongamento da sensação de saciedade.

Um dos pontos mais importantes antes de consumir a quinoa é a sua higienização. A quinoa contém saponina, o que deixa o grão mais amargo. Antes de cozinhar, coloque a quinoa em uma peneira bem fina e deixe a água escorrer bem, mexendo com os dedos de vez em quando. Depois de lavado, o grão está pronto para o consumo.  

Para quem me acompanha há um tempo por aqui e pelo instagram (se não conhece, siga a @casadacaubi) já viu que estou tentando mudar os meus hábitos alimentares. Não está sendo nada fácil para quem é fã de carteirinha de pizza, macarrão e pão francês, mas, aos poucos, a gente vai aprendendo a gostar de alimentos diferentes e mais saudáveis e descobre que comer bem pode ser gostoso.

Uma descoberta nessa minha nova fase foi a quinoa. Sempre torcia o nariz para experimentar, mas depois que aprendi algumas receitas e todas as propriedades positivas deste ingrediente, comecei a gostar.

A quinoa é uma semente nativa da Cordilheira dos Andes e é utilizada desde os tempos dos Incas. Ela é conhecida como ‘grão de ouro’ por ser considerado um alimento rico em nutrientes.

Ela é da mesma família do espinafre e é muito rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e antioxidantes. A quinoa não contém glúten e é um dos alimentos mais complexos que existem.

Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 g de proteínas, 68 g de carboidratos, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 calorias. Ela pode substituir o trigo na produção de farinha, a soja na produção de óleo, o  milho para biodiesel e o arroz na alimentação.

No próximo post vai ter uma receita deliciosa com quinoa, não perca! 🙂

    Vídeo novo: Caubi recebe Menu do dia

    Sexta-feira é dia de vídeo novo no Youtube da Caubi! E nada melhor que receber os amigos em casa para provar receitas novas, diferentes e deliciosas né?

    No primeiro ‘Caubi recebe’ do ano, a Cynthia do Menu do Dia veio preparar uma das suas especialidades: a surpresa de uva com brigadeiro branco e preto para adoçar o seu final de semana.
    Uma receita com ingredientes baratos e super fácil de fazer, dá o play aqui pra conferir o passo a passo:

    Ingredientes:
    2 latas de leite condensado
    2 colheres de sopa de manteiga sem sal
    2 caixinhas de creme de leite
    1 caixa de uva verde sem caroço
    2 barras (300g) de chocolate ao leite

    Modo de fazer:
    Leve o leite condensado e a manteiga em fogo baixo, mexendo sempre até que chegue na consistência de brigadeiro. Retire do fogo, acrescente o creme de leite e mexa muito bem. Despeje num refratário e leve para gelar por cerca de 20 minutos.

    Enquanto isso, lave as uvas verdes sem semente e corte ao meio.

    Quando o creme estiver consistente, disponha o máximo de uvas sobre o creme até preencher toda a superfície.

    Por último derreta 2 barras de chocolate ao leite com 1 caixinha de creme de leite no micro-ondas ~ mexendo a cada 30 segundo.
    Despeje por cima das uvas e cubra com raspas de chocolate.

    Leve para gelar por 20 ou 30 minutos. Está pronto para servir!

    E aí, o que achou desta delícia? Conta aqui e aproveite para se inscrever no Youtube da Caubi e conferir muitas novidades por lá também 🙂

      Danoninho caseiro – e light!

      Que tal começar a semana de um jeito super doce e refrescante? Esta receita de danoninho caseiro é uma delícia e você pode comer sem culpa porque ele é super natural, ideal para o verão e para quem não quer consumir muitas calorias.

      Veja como é rápido e fácil de fazer!

      Ingredientes:
      2 inhames médios
      1 caixinha de morango
      1 banana
      Suco de 1/2 limão
      1 colher de chá de mel – ou xilitol

      Modo de fazer:
      Tire as folhinhas do morango, lave e congele. Descasque a banana e congele.

      No dia seguinte, cozinhe os 2 inhames com água até que fiquem bem macios. Leve ao processador ou liquidificador e bata até que fiquem uma pasta homogênea. Acrescente as frutas congeladas, esprema 1/2 limão e bata até misturar tudo.

      Para deixar a mistura mais doce, acrescente mel ou xilitol.

      Leve à geladeira por 10 minutos e está pronto para servir! Bom apetite!

      E aí, o que achou desta receita? Conta aqui 🙂

        Camarão na mini moranga

        Hoje tem uma receita super deliciosa e especial por aqui. Eu e minha mãe preparamos com o maior carinho para um almoço em família e foi um sucesso: camarão na mini moranga é um prato com vários passos porém muito simples para preparar e ideal para aquela celebração especial.

        Vem ver o passo a passo para testar por aí também:

        Ingredientes:
        6 mini morangas
        1 cebola picada em cubinhos
        600 g de abóbora japonesa picada em cubos médios
        600 g de camarão
        200 g de requeijão
        200 ml (3/4 de xícara) de água
        3 colheres (sopa) de cachaça
        Azeite
        Sal
        Pimenta do reino

        Modo de fazer:
        Pincele as mini morangas com azeite e cubra-as com papel alumínio ~ use o lado brilhante para dentro. Leve ao forno a 180 graus por cerca de 30 minutos, até que fiquem macias.

        Refogue a cebola em um fio de azeite até ficar transparente. Acrescente a abóbora e refogue. Junte a água e deixe cozinhar até que a abóbora esteja macia. Bata tudo no liquidificador e acrescente o requeijão. Tempere com sal e pimenta do reino.

        Aqueça uma frigideira com um pouco de azeite e doure os camarões, dos dois lados, rapidamente. Tempere com sal. Coloque a cachaça numa concha e leve-a na beirada da chama, no fogão. Assim que começar a pegar fogo, vire sobre os camarões, flambando-os.

        Com uma faca afiada corte uma “tampa” em cada moranga. Com uma colher retire as sementes, tomando cuidado para não perfurar as mini morangas. Coloque creme de abóbora, camarões e o requeijão.
        Leve ao forno a 200 graus por 10 minutos, só para aquecer tudo ~ camarão não pode cozinhar por muito tempo! Sirva a seguir.

        Bom apetite!

        E aí, o que achou deste resultado? Conta aqui!

          Spaghetti de pupunha

          Que tal começar a semana com uma receita leve e super diferente? Por aqui testei o spaghetti de pupunha com tomates e nozes e amei! Uma mistura de sabores deliciosa e surpreendente. Vem ver como fazer:

          Ingredientes:
          350 g de palmito pupunha fresco desfiado
          1 xícara de chá de de tomate sweet grape
          3 colheres de sopa de azeite
          2 ramos de manjericão
          ¼ de xícara de chá de nozes picadas
          Sal e pimenta-do-reino moída na hora

          Modo de fazer:
          Lave e seque os tomates e o manjericão. Corte os tomates ao meio e reserve as folhas de manjericão.
          Se quiser, toste as nozes picadas numa frigideira em fogo médio, só até perfumar, e espalhe num prato para esfriar. Elas ficam mais crocantes. 

          Leve uma panela pequena com água ao fogo alto. Quando ferver, misture 2 colheres de chá de sal, junte o palmito e deixe cozinhar por apenas 30 segundos.
          Desligue o fogo, retire o palmito com uma escumadeira e transfira para uma tigela – reserve 1 xícara da água do cozimento. 

          Leve uma frigideira grande ao fogo médio. Quando aquecer, regue com o azeite e doure os tomates por 2 minutos, mexendo de vez em quando, sem deixar desmanchar. 

          Junte o palmito e refogue por mais 2 minutos, sem parar de mexer. Misture um pouco da água do cozimento, cerca de ¼ de xícara, e desligue o fogo. Como a água do cozimento já é salgada, prove antes de temperar com sal e pimenta-do-reino.
          Misture metade das folhas de manjericão, polvilhe com as nozes picadas, decore com o restante do manjericão e sirva a seguir.
          Se quiser, regue com mais um pouco de azeite.

          Bom apetite!

          E aí, o que achou do resultado?? Conta aqui!