E existe alma gêmea?

A realidade é triste e talvez seja até um pouco cruel, mas preciso compartilhar um fato aqui: não existe alma gêmea. E justo para mim, que acreditava em novelas, Cláudia Raia e Edson Celulari, contos de fadas e finais felizes, cheguei a esta conclusão com a pior lição que a vida poderia me ensinar: a desilusão amorosa.

E, por pior que pareça, é justamente em momentos de dor que enxergamos a vida com maior clareza, sobriedade e maturidade para encarar os fatos e deixar de ver apenas a fantasia. É neste momento que conseguimos evoluir, melhorar, não cometer os mesmos erros do passado e ver que, apesar do final feliz, a Pequena Sereia abriu mão de tudo para viver um grande amor. E se fosse no mundo real, porque não o Príncipe quem deveria largar tudo pelo seu grande amor, sua cara metade?

Apesar de acreditar no amor eterno, não acredito em alma gêmea ou na tampa da panela; se não encontrar ninguém seria então uma frigideira para sempre? A verdade é que eu não quero me relacionar com alguém como eu. Afinal, quem gostaria de viver com o próprio reflexo do espelho?

A pessoa ideal é aquela que conhece seus defeitos e, mesmo assim, te ama. Alguém que entende suas falhas e te mostra um outro lado do mundo. E, ao conhecer alguém com outras características, aprendemos a respeitar o próximo e a ver que nem tudo é como a gente enxerga ou acredita.

Às vezes fico imaginando como seria encontrar por aí alguém como eu, com os mesmos costumes e as mesmas manias. Eu, junto com alguém tão ansioso ou maníaco por limpeza. Jamais iria dar certo: pessoas brigando pela máquina de lavar roupa.

Quero viver em um mundo com pessoas diferentes de mim, que percorreram caminhos distintos e têm preferências musicais que não as minhas. Viajar a lugares desconhecidos, experimentar comidas novas e conversar mais sobre a vida, só pra variar um pouco. Ter aquele frio na barriga por não saber o que o outro está pensando e a incerteza de como será o próximo encontro.

Que a nossa vida seja menos planejada e mais aventurada, mas vivida. Esperar nossa alma gêmea apenas nos impede de viver algo que pode ser maior do que um simples clichê.

… porque se existisse alma gêmea, meu pingüim não teria se apaixonado pela galinha d’angola. E eles estão muito felizes desde que se conheceram. Em cima da minha geladeira.

SONY DSC

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    6 thoughts on “E existe alma gêmea?

    1. Maria Helena Goulart de Faria

      é fato… no amor o que existe é aceitação, cumplicidade, amizade, tolerância…e apesar DE…eu te amo…as diferenças é que somam…tampa da panela, metade da laranja…são cliches…o que vale mesmo “…é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã…”

      [Reply]

      caubi Reply:

      É verdade. Amar estar em aceitar, conviver e melhorar. Sempre.
      Bjoosss

      [Reply]

    2. Karen

      Exatamente… Acho que o amor não pode ser explicado e esses clichês são pura bobagem! O que importa é amar… e mesmo passando por alguma desilusão… o importante é ter amado um dia e sentido esse sentimento tão sublime! Que venham novos amores 😉

      Bjs!

      [Reply]

    3. Maria Cleo Goulart

      Amor, Amor é um sentimento forte e sublime ……..e para ele não
      há explicação …..acontece e nunca sabemos como e porque .
      E vamos aprendendo a conviver com as diferenças …….olha o
      que você esta vivenciado na sua casa ” o lindo Amor do Pingüim e a
      Galinha d’ Angola ” coisa mais fofa !!!!!!! Nada de alma gêmea …..

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *