O lançamento do licor Amarula e a preservação dos elefantes

 

A cada 15 minutos um elefante morre no mundo e, se a espécie continuar a ser abatida por caçadores em busca do comércio ilegal de marfim, em 20 anos há risco de não ser encontrada na natureza. É com esse alerta que o licor sul-africano Amarula apresenta o seu novo posicionamento e a sua nova garrafa ao mercado mundial. A marca convida consumidores de todo o mundo a celebrarem os gigantes gentis – como são chamados os elefantes – e se juntarem em prol de sua preservação.
Desde 2002, o projeto Amarula Trust ajuda os ambientalistas a estudar o comportamento dos elefantes e a protegê-los na região da África do Sul. E este ano a marca firmou uma parceria com a WildlifeDirect, uma organização de proteção a animais selvagens em todo o continente africano.

O lançamento da marca foi batizado carinhosamente de Jabulani, a nova garrafa que herda o nome de um elefantinho sul-africano que se perdeu e foi abandonado quando era bebê, resgatado e adotado por uma nova manada. Em termos de design, apresenta novas curvas e as presas do elefante estão gravadas diretamente no vidro. Seu conceito estético representa o compromisso com a preservação desse animal.
Esta nova garrafa celebra o ícone da Amarula, o elefante – animal que além de estar presente no rótulo da bebida, atravessa as savanas africanas atraído pelo cheiro exótico do fruto da árvore de Marula. Esta nova garrafa reforça o compromisso da marca em ajudar a salvar os elefantes.

O mais legal deste lançamento é que parte da receita das vendas de Amarula ao redor do mundo é revertida ao Amarula Trust e a outros programas de preservação dos elefantes, incluindo o WildlifeDirect.

No Brasil a marca apoia o Santuário dos Elefantes ~ localizado na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso ~ no resgate destes animais que sofrem maus tratos, em circos e zoológicos em toda a América do Sul. Nos meses de junho e julho, a cada garrafa da bebida vendida, R$ 1 será revertido ao Santuário.

Todas essas iniciativas estão alinhadas ao novo posicionamento mundial da marca, o “Made From Africa”. O conceito norteará a comunicação da Amarula em 2017 e trata-se de uma evolução do “Spirit Of Africa”, que tinha a proposta de valorizar a escolha do público pela marca através da origem e a produção da bebida. O novo conceito possui a proposta de apresentar a sinergia do DNA do licor com a natureza e a uma África versátil e moderna, conectada com a moda, com a música e a cultura. Para quem não conhece, Amarula é feito a partir do fruto da árvore Maruleira, que cresce livre e sem cultivo, nas planícies da África subequatorial. Estes frutos, produzidos apenas uma vez por ano, amadurecem sob o sol de verão da África e são colhidos à mão pelas comunidades locais. É simplesmente uma delícia 🙂 vale a pena provar, ainda mais quando a marca apoia uma causa tão nobre né?

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *