O Bailinho da Caubi

 

Dia 16 de fevereiro foi meu aniversário ~ sim, fiquei um ano mais velha e agora estou no auge da maturidade dos 32 anos #sqn hahahaha ~ e este ano resolvi emendar a comemoração com o Carnaval. Como foi tudo na mesma semana, aproveitei a oportunidade da família reunida no sítio do interior para celebrar com todos que estavam ali.

E a organização da festa ficou por conta da Carol, da @luovidee. Desde o momento que comentamos sobre a minha festa de aniversário, ela abraçou a ideia e decidiu fazer um tema surpresa! Sim, eu não sabia de nada até a data do evento. Imagina a curiosidade?
Como nos conhecemos há muito tempo, eu estava bem tranquila porque a Carol conhece muito bem meus gostos e meu estilo… mas será que ela iria acertar nos detalhes?

Com a paleta de cores azul (marinho e celeste), lilás, rosé e branco, a Carol se inspirou nos blocos de Carnaval, bailes de salão, luzes e uma mistura de estilos para compor a mesa. Outra inspiração da Carol foi a mini Caubi, de alguns outros Carnavais atrás.

Logo na parede, era possível encontrar frases de marchinhas de Carnaval escritas em pratinhos de festa, dando um toque super colorido e alegre à festa.

Ao centro, ficava o bolo e em volta dele, muita luz com abacaxi e flamingo iluminados além de um unicórnio super fofo e flores espalhadas dentro de vasinhos e caixotes com frases de músicas de Carnaval.

Com a estrela luminosa azul, as madeleines entraram em cena com confeitos no mesmo tom.

E como estávamos no ambiente ‘rural’ do sítio, a Carol customizou, carnavalizou e “caubilizou” vacas, bois, cabras e bodes e os animais foram para um baile à fantasia com diversas estampas, dando muita cor ao ambiente entre serpentinas, brigadeiros e um globo de discoteca feito com lantejoulas.

E inspirada nos trios elétricos de Carnaval, a Carol criou o “flamingos elétricos” com uma pipoca feita de flamingos cantando e dançando atrás do trio. Tudo isso iluminado por um sorvete gigante ao lado de uma estação de brigadeiros.

O bolo ficou por conta da minha mãe, que fez o seu famoso bolo de cenoura com brigadeiro (a receita você encontra aqui) e resolvemos cobrí-lo com confeitos coloridos representando confetes de Carnaval. Aquele toque de cor para alegrar a mesa e entrar no clima de folia.

E aqui aquela foto especial com o balão do tema Bailinho e a mini Caubi, a boneca de feltro feita especialmente pra mim ~ e confeccionada pela Carol ~ inspirada em uma fantasia de Carnaval que eu usei na minha infância.

E aí, o que achou deste Carnaval?
Que a gente possa levar esse clima para o resto do ano né? 🙂

    O pão caseiro do Portal da Gastronomia

     

    E a semana começa por aqui com uma receita maravilhosa: pão caseiro do Portal da Gastronomia! Esta foi a receita vencedora na categoria ‘salgado’ da festa de 5 anos do blog. Os meninos capricharam e lavaram o pão recém-saído do forno…. bem quentinho e muito cheiroso!

    Pedi para os meninos do Portal a receita para compartilhar com vocês e descobri que é muito simples de fazer e fica deliciosa! Que tal aproveitar o tempo mais frio e fazer hoje mesmo esta receita? Veja aqui o passo a passo e corre pra cozinha!

    Ingredientes:
    1 1/3 copo de água (aproximadamente 300ml)
    1 1/2 colher de sopa de margarina
    1 1/2 colher de chá de sal
    4 colheres de sopa de leite em pó
    2 colheres de sopa de açúcar
    4 copos de farinha de trigo (aproximadamente 960ml)
    2 colheres de chá de fermento biológico seco

    Modo de fazer:
    Primeiro coloque os ingredientes líquidos em uma vasilha e depois os secos. Misture aos poucos, até formar uma massa homogênea.

    Depois, sove bem a massa durante aproximadamente 10 minutos e deixe descansar por pelo menos duas horas.

    Em um forno preaquecido a 200 graus, leve o pão para assar por cerca de 30 a 40 minutos (dependendo da potência do seu forno). Retire da forma e está pronto para servir!

    E aí, o que achou desta receita?
    Conta aqui 🙂

      5 anos de blog!

       

      E neste final de semana, foi a comemoração de CINCO ANOS (nossa, como está passando rápido!!) da Casa da Caubi. Quando escrevi o primeiro post em 25 de maio de 2012 jamais imaginei que chegaria até aqui. Não fiz planos nenhum para o blog: ele foi simplesmente acontecendo.

      Para quem não conhece exatamente como surgiu a Casa da Caubi, aqui vai um breve histórico. A data do primeiro post coincidiu com a primeira noite que passei fora da casa dos meus pais, o dia que saí de casa para morar com o meu namorado da época. Alguns meses depois, o relacionamento não deu certo e tomei a decisão de continuar morando no mesmo apartamento, sozinha.
      Foram meses realmente muito difíceis…. se eu não tivesse todo o apoio da família e de amigos ~ nessas horas a gente descobre quem são eles ~ não sei se teria conseguido superar. E, como válvula de escape, comecei a escrever sobre toda aquela mistura de sentimentos e a publicar no blog como se fosse um diário. Naquele momento, descobri que não estava sozinha: todo mundo já sofreu de amor nessa vida e de alguma forma conseguiu superar.

      E quanto mais eu escrevia, mais amor eu recebia, muitas vezes de pessoas que nunca tive contato além do mundo virtual. Tudo isso me fortaleceu bastante até que consegui mudar de apartamento, começar do zero e a escrever a minha própria história, com a minha identidade e personalidade.

      Ao longo desses anos aprendi a lavar, passar, cozinhar, decorar, trocar lâmpada, fotografar e muito mais coisas que jamais acreditei que pudesse ser capaz. Em cinco anos conheci me tornei uma nova pessoa e aprendi a ser eu mesma. E a vida só me recompensou: o blog foi caminhando com seus próprios pés e as pessoas começaram a saber de verdade quem é a Caubi.

      Ganhei pessoas maravilhosas. Conheci lugares incríveis. Comi pratos surreais. E agradeci a Deus. Todos os dias. Porque a vida tem mesmo dessas coisas… a gente demora muito tempo para entender que quando a gente perde, a gente ganha muito mais. E que se eu tivesse seguido por outro caminho, não teria conquistado tudo o que tenho hoje. AMOR. Família, amigos, seguidores.

      Hoje só tenho uma certeza na vida: o universo devolve pra gente tudo o que entregamos a ele. E a Casa da Caubi foi a resposta para todas as minhas perguntas.

      Pude compartilhar com algumas pessoas super queridas. Veja um pouquinho dessa festa, que foi puro amor.

      Os convidados foram ‘desafiados’ a levar receitas feitas por eles mesmos, para que todos nós pudéssemos provar e eleger a melhor receita da festa! Todo mundo se empenhou demais e só tinha delícias!

      E a Bru levou o prêmio de melhor receita da festa (em breve vou mostrar o prato e o passo a passo por aqui…)!! Não percam, a receita dela esta simplesmente incrível 🙂

      Que venham mais 5, 10, 15…. muitos e muitos anos de vida.
      Aqui, continuarei espalhando o amor. Ontem, hoje e sempre <3

        Espalhe o amor: 4 anos de blog

         

        … sim, o tempo está passando muito rápido! Me lembro daquele maio de 2012 como se fosse ontem: criei um blog para contar como seria a vida e a rotina de quem tinha acabado de sair da casa dos pais. Daquela pessoa que não tinha certeza se daria conta do recado ou se aprenderia as tarefas para comandar um lar.

        4 anos se passaram e eu estou aqui, comemorando! O blog foi se transformando e, assim como eu, hoje tem motivos de sobra para sorrir: amadurecemos, crescemos e hoje caminhamos em busca daquilo que a gente acredita. Comida, amor, viagem, casa e caseirices. Família, amigos, amor e cor. Tudo isso é a Casa da Caubi que deixou de ser apenas linhas de desabafo e hoje é uma das minhas maiores paixões e orgulho.

        Fico muito feliz pela pessoa que me tornei e o reflexo que o blog se tornou. E vem muita coisa boa por aí, aguardem… nos últimos 4 anos eu mudei de casa, a San casou, a Bia se tornou cantora, o Lucas está desenvolvendo novas ideias de blogs e o Peu vai ser pai. Que a vida continue nos iluminando pra trazer mais novidades pra nossa Casa 🙂

        IMG_6927

        E ontem fizemos nosso piquenique para celebrar os 4 anos de existência. Chamamos a família e alguns amigos para comemorar com a gente e trazer algumas receitas. Um pouquinho do resultado você pode conferir aqui:

        IMG_6868

        IMG_6933

        IMG_6914

        IMG_6902

        IMG_6970

        Lançamos uma competição entre os convidados a qual a melhor receita do dia seria divulgada no blog. Nossos amigos se empenharam e, para nossa alegria, não teve apenas um vencedor: foram três receitas que fizeram o sucesso do nosso piquenique. Em breve vamos divulgar as receitas caseiras (e autorais) do bolo de coco da Naty, do bolo de maçã da Josy e do cuscuz da tia Rita. Aguardem que será de dar água na boca…

        IMG_6860

        E que seja apenas o começo. Porque quando tem amor, não precisamos de mais nada.

        IMG_6956

        IMG_6942

        Que venham mais 4, 10, 100 anos… porque enquanto houver amor, continuaremos a nos inspirar, escrever, cozinhar e espalhar a nossa Casa por aí 🙂

          30 anos, a festa!

           

          E finalmente chegaram os 30! Aproveitei o final de semana pós Carnaval para reunir os amigos no salão de festas em casa e comemorar. Quis fazer tudo temático e ressaltar bastante a transformação e a passagem para os 30 anos.

          IMG_2301

          Espalhados pelas mesas de doces e salgados estavam as tags ’30’ que encomendei na Paper Company, uma fofura! Aproveitei a oportunidade para servir aos convidados uma das minhas receitas favoritas, o cupcake de Nutella (a receita você encontra aqui!) e fiquei feliz que muita gente aprovou!

          IMG_2307

          IMG_2332

          IMG_2363

          Além de cupcake de Nutella, servimos brigadeiro, balinhas e minha fez fez a sua especialidade também: cupcake de banana sem açúcar, que fez o sucesso daqueles que não podiam comer chocolate ou açúcar.

          IMG_2303

          Já na mesa de salgados, servi mini lanches de vários sabores entre eles rosbife, salmão, pernil e peito de peru.

          IMG_2328

          E, para que os convidados pudessem se sentir parte da festa, montei uma estação de hot dog. Em uma cesta, coloquei os pães dentro de saquinhos individuais. A panela de fondue se improvisou como panela de salsicha, a qual o convidado poderia se servir à vontade e acrescentar ao lanche batata palha, mostarda e catchup. Simples e informal. Agradou a todos!

          IMG_2335

          Já no outro canto da mesa, as suqueiras ocuparam o espaço de suco e água, para quem não tomava cerveja nem refrigerante ~ que ficaram em outro cantinho dentro de baldes de gelo.
          Esta era a ideia: muita cor e simplicidade, para que todo mundo pudesse se sentir em casa e comemorar bastante comigo.

          IMG_2334

          Perto da mesa de doces coloquei os balões numéricos e, na parede do fundo, fiz uma montagem das comemorações dos meus 29 aniversários. Deu um trabalhão mexer no acervo de fotos da minha mãe, mas o resultado ficou muito legal 🙂

          IMG_2309

          O bolo era de brigadeiro e as bandeirinhas com as letras que formavam meu nome também eram personalizadas 🙂

          IMG_2330

          Foi uma noite de celebração: os 30 anos me trouxeram muito aprendizado e muitos amigos pra eu chorar, rir, me apoiar e, acima de tudo: comemorar! A minha palavra para este ano é gratidão. Sou grata pela família e amigos que construí e conquistei ao longo destes anos e espero continuar assim para os próximos 30 anos também \o/

          IMG_2376

          E que venham os 30… ainda tenho muito para continuar a ser feliz! <3