5 anos depois

Por Peu.

“No dia 29/08/14 vai fazer exatos cinco anos que um acontecimento mudou minha vida.

Essa semana um grande amigo me lembrou desse acontecimento com a música “O tempo não pára” e a frase é o que melhor exemplifica tudo o que consegui pensar sobre o assunto. Cinco anos hoje parece ser ontem, há cinco anos pareciam ser nunca. Talvez eu tenha me perdido no tempo/espaço, talvez o tempo esteja andando em um ritmo diferente ou simplesmente aprendemos a caminhar lado a lado. Ainda tem muito que melhorar, caminhamos como duas crianças briguentas de mãos dadas. Um puxando o outro, sempre discordando da velocidade alheia e se estapeando pelo caminho, mas sempre com respeito e cuidado.

Alem da convivência, com o tempo aprendi diversas outras coisas pelo novo caminho que se abriu para mim a partir de Agosto/09. Umas tantas eu logo ‘desaprendi’, outras esqueci, algumas apenas deixei de treinar. Outras tantas vêm sendo lapidadas e repensadas. Já mudei pra quem rezo, porque bebo, passei a gosta da musica que odiava e a odiar a que eu amava, a comer o que não comia e a fazer coisas que eu estranhava. Nesses cinco anos devo ter feito tudo isso no mínimo umas 10 vezes.

Acredito que essa tenha sido a maior lição de todas, precisei de um tranco forte para entender que não precisamos ser tão engessados. A vida é de quem é flexível, assume mudar de idéia, de cor preferida e de cerveja favorita. A vida tem que ser solta, leve e fluir. Querer controlar a vida é o mesmo que tentar mudar o fluxo de um rio. Não deveríamos ter medo de nos deixar levar pelo fluxo da vida, nos soltar nos braços do acaso e talvez o mais importante, não ter medo de errar e recomeçar. Raul Seixas diz isso já faz tanto tempo, que não sei como demorei tanto para acreditar.

“…Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

[…]

Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor…”

Ainda falta aplicar muita coisa e também aprender muito, mas quando paro para pensar naquele garoto de 5 anos atrás fico feliz com o rumo que as coisas tomaram e com tudo que fiz nesses anos. E no final das contas é só isso que importa.

Não tenho duvidas quando digo que foi a melhor coisa que aconteceu comigo.

“…estava vendo esse vídeo e me lembrei que as imagens do show ao vivo deste clipe foram gravadas em um show que eu estava no dia em que sofreu seu acidente de moto. É meu velho, o tempo não para.”

Que o tempo não pare e nós também não!!!
Grande abraço e até a próxima.

P.S. Que nós mudemos de idéia, de cidade ou de país, mas a amizade sempre continue a mesma. Um forte abraço ai pra Bahia.”

Untitled

Em tempo: hoje é aniversário do Peu e o blog deseja tudo de melhor pra ele, não só hoje como sempre! Se o mundo tivesse mais pessoas incríveis como ele, com certeza viveríamos em um lugar melhor. Portanto, o presente é nosso por ter o Peu como parte desta Casa. Muitas felicidades “José” 🙂

    Uma rapaz “de família”, nascido no interior e que veio ainda pequeno pra São Paulo, mas que não deixou o jeito bruto, rústico e sistemático de ser para trás. Trabalho com tecnologia e gosto muito de criar; aliás acho que exercitar a criatividade e botar a mão na massa são a minha praia. Não gosto de fórmulas, receitas, regras e ordens. Acredito que essas coisas limitam nossa capacidade de criar e ir além do que já fizeram. Dizem que sou chato, louco e do contra, mas eu discordo de tudo isso rsrsrs… Sou muito prático. Sou uma tentativa de conciliação entre ser empresário, amigo, dono de casa, cozinheiro, apreciador de cerveja, bom filho e bom vizinho. Mas no final das contas sou apenas mais um cara que gosta muito de estar entre amigos, de musica, cerveja e churrasco.

    3 thoughts on “5 anos depois

    1. maria rita

      Parabéns Pedro, pelo seu dia e pelas conquistas.
      Abraço.
      ‘… Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi”

      [Reply]

    2. maria jose ramos

      ” pra alguns fui herói, pra outros fui ninguém. deus sabe que fiz o diabo pra me conhecer…”
      Bons tempos pra você Peu ! Feliz aniversário

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *