A semana 20

 

É engraçado como foi tão difícil de escolher um nome, mas depois parece que ele já era seu desde sempre. Agora além dos pronomes você também tem um nome, Lucca.

Você tem crescido bastante e as pessoas até acham que sua mãe está grávida de gêmeos rsrsrs (eu até que iria gostar). Cada dia que passa parece que o peso da responsabilidade aumenta e não paro de pensar no mundo que você vai conhecer. Como e para que devemos te preparar?! Qual o limite do entre preparar e proteger?!  São tantas questões, tão poucas respostas e já pode ir se acostumando que é isso que chamamos de vida.

Sobre o mundo que você vai conhecer, eu sinceramente tenho meus receios. A coisa por aqui anda feia, o país está em crise, a corrupção em alta e as pessoas cada dia menos tolerantes. O egoísmo predomina, notícia boa é exceção e não é só no Brasil não. Espero que aí no futuro tudo esteja mais calmo.

Independente de como estiver a situação por aí eu gostaria de te ensinar uma palavra:” EMPATIA – A empatia é, segundo Hoffman (1981), a resposta afetiva vicária a outras pessoas, ou seja, uma resposta afetiva apropriada à situação de outra pessoa, e não à própria situação…”.  Para facilitar, empatia é se colocar no lugar do outro e tentar perceber uma situação a partir do seu ponto de vista. Essa palavra, que nem é tão grande, pode fazer muita diferença, nunca se esqueça de usá-la.

Essa semana também comprei meu primeiro presente para você. Eu queria que fosse algo especial, que levasse um pouco de mim e que também pudesse fazer parte da sua vida. Por isso decidi te apresentar a uma pessoa que me inspirou e me entreteve muito: Sherlock Holmes.

sherlock

Enquanto você não pode ler sozinho pode contar comigo, tenho certeza que vamos nos divertir muito com essas histórias.

Essa semana ainda, ouvi muito uma das minhas bandas favoritas e que fez parte de muitas passagens da minha vida. Você não precisa gostar do que eu gosto, mas espero que tenha boas recordações assim como eu tenho e que não se prenda a rótulos e nem em escolhas. Você não precisa ouvir só um estilo de música, escolher apenas uma cor ou um comida favorita, ser de esquerda ou de direita, ter apenas uma religião.

No entanto se decidir escolher algo, lembre-se de respeitar as escolhas dos outros, saber que não existe uma verdade única e que, no final das contas, o que importa não é estar certo e sim estar sinceramente feliz.

Bjs do seu Pai (cada dia mais sinceramente feliz).

 

Cartas de hoje, para amanhã sobre o ontem.

 642 total views,  2 views today

    Uma rapaz “de família”, nascido no interior e que veio ainda pequeno pra São Paulo, mas que não deixou o jeito bruto, rústico e sistemático de ser para trás. Trabalho com tecnologia e gosto muito de criar; aliás acho que exercitar a criatividade e botar a mão na massa são a minha praia. Não gosto de fórmulas, receitas, regras e ordens. Acredito que essas coisas limitam nossa capacidade de criar e ir além do que já fizeram. Dizem que sou chato, louco e do contra, mas eu discordo de tudo isso rsrsrs… Sou muito prático. Sou uma tentativa de conciliação entre ser empresário, amigo, dono de casa, cozinheiro, apreciador de cerveja, bom filho e bom vizinho. Mas no final das contas sou apenas mais um cara que gosta muito de estar entre amigos, de musica, cerveja e churrasco.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *