Artesano: o pão caseiro da Pullman

 

Ontem chegou aqui em casa uma caixa recheada de delícias! Recebi a novidade da Pullman, o pão Artesano ~ com alguns acompanhamentos ~ que é tão gostoso que só provando para saber o que estou escrevendo… rsrsrs

Com casca rústica, fatias mais grossas, miolo fofinho e uma maciez incomparável, o produto é diferente de todos os outros pães do mercado. Vai bem com manteiga, com geleia, com azeite, Nutella, cream cheese… ou seja, vai bem com tudo! Quando torradas e quentinhas, suas fatias ficam crocantes por fora e muito macias por dentro. Este pão tem sabor e cheiro de produto artesanal, como se a gente tivesse feito em casa.

E a ideia da Pullman é justamente esta: oferecer um produto com sabor e textura de artesanal mas com a praticidade de encontrar o pão pronto na prateleira do mercado.

Este pão já está disponível nos principais supermercados de São Paulo, Brasília, Goiânia, Uberlândia, Belo Horizonte e Londrina e o valor sugerido é R$ 7,49.

 

 

E aí o que achou da novidade? Já experimentou?
Conta aqui 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    2 thoughts on “Artesano: o pão caseiro da Pullman

    1. Renata S. Magalhães

      Boa noite!
      A onde encontro o pão pullman artesano em Belo Horizonte?

      Aguardo retorno

      Renata

      [Reply]

      Caubi Reply:

      Oi Renata, boa tarde tudo bem?
      Muito obrigada pela sua mensagem. Você pode entrar em contato com a Pullman através do site: https://www.bimbobrasil.com.br/fale-conosco/ e verificar qual o ponto de venda mais próximo a você.
      A empresa também tem um telefone 0800 702 4626.

      Bjos!!

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *