Dica de cinema: Para sempre

Ontem (in)felizmente assisti a um filme que me fez pensar muito sobre os detalhes e o valor que eles tem em nossas vidas . Para sempre é um daqueles romances hiper dramáticos, que provavelmente só nós mulheres gostamos de assistir. Para quem gosta do gênero P.S. Eu te amo, Amor além da vida e Cisne Negro, este filme preenche todos os quesitos de amor, sofrimento e aquela pitada de lição de vida.

É a história de um casal que está junto há quatro anos, são casados e vivem um amor cheio de pequenos (e fofos) detalhes. A rotina deles é mostrada através de alguns flashes de momentos marcantes do casal, quando de repente eles sofrem um acidente de carro. Paige (personagem de Rachel McAdams) fica um tempo em coma e, depois de acordar, perde a memória dos últimos cinco anos de sua vida. Ou seja, ela não faz ideia de quem é Leo – seu marido, vivido por Channing Tatum.

Enquanto Leo luta para que sua esposa se lembre dele ou da vida que tinham antes do acidente, Paige tenta se redescobrir a partir de fatos e memórias do passado, que ela havia abandonado. Então se desenrolam, além do drama do casal, conflitos familiares e um antigo noivo, o qual Paige era apaixonada antes de conhecer Leo.

Baseados em fatos reais, é realmente uma história linda, de persistência, esperança e amor eterno. O personagem de Leo fala muito a respeito de momentos de impacto, como eles definem quem somos e para onde iremos seguir e como nossas memórias vividas são importantes para aquelas pessoas que compartilharam conosco.

Apesar do drama, o final é surpreendente e foge dos clichês de romance. Me fez pensar muito em como muitas vezes a gente deixa escapar momentos importantes de nossas vidas ou não dá valor aos detalhes – estes sim ficarão em nossa memória para sempre.

Agora, você não deve estar entendendo o infelizmente do começo do texto. Como eu não estava em um dos meus melhores dias de humor e alegria, chorei feito uma criança que perde seu bichinho de estimação atropelado por um caminhão. Em algumas partes solucei, juro. Então, atenção! Esteja com uma caixa de lenços ao lado. Mas eu garanto: vale muito a pena!

Em tempo: este filme ainda está nos cinemas, dê uma folga nas tarefas de casa e aproveite o final de semana para assistir!

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    One thought on “Dica de cinema: Para sempre

    1. cléo goulart

      Minha querida, tenho certeza que vou gostar .Assiti a todos os outros que voce comparou e amei.
      Mas vou aguardar o DVD, pois esse tipo de filme não faz o tipo do Décio.
      Boa viagem e ótimo final de semana.
      Beijos a voce e ao Vitor .MÁ

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *