Da China para a parede: o adesivo decorativo

Há algumas semanas chegou em casa a minha segunda compra da China. Não sei porque, mas sempre tive vontade de ter um adesivo em uma parede de casa para descontrair o ambiente e dar um toque personalizado à parede. Aqui no Brasil {mais especificamente em São Paulo} adesivo para parede é super caro e este valor fica ainda mais salgado se for preciso que alguém aplique para você.

Pesquisei bastante por aí e vi que – aparentemente – não era tão complicado assim fazer a aplicação. Fechei os olhos e fiz compra no Ali Express e paguei cerca R$ 34. O adesivo chegou assim aqui em casa:

IMG_1842

E a surpresa aconteceu quando eu abri. As palavras estavam meio misturadas e desalinhadas. Foi quando bateu um frio na barriga de colar as palavras todas tortas. Pedi ajuda para o meu pai colar pra mim durante um tempão; fui persistente e ele só ficou me enrolando… até que um dia cansei: resolvi eu mesma arregaçar as mangas e colar o adesivo na parede.

IMG_4831

Com bastante calma, li o manual ilustrado que veio junto com o produto umas mil vezes pra ter certeza de que estava indo pelo caminho certo; afinal, se algo desse errado, como eu iria conseguir outro adesivo? O primeiro passo é colar um filme transparente no adesivo, e fixar bem sem deixar formar nenhuma bolha.

IMG_4832

Depois, recortei as palavras e montei um quebra-cabeça na parede, para ter uma prévia de como iria ficar.

IMG_4837

E então começou a parte mais delicada e mais trabalhosa: fixar as palavras na parede. Primeiro, é preciso tirar a parte branca de trás de cada adesivo; ele fica preso ao filme adesivo transparente. Depois, é preciso colar o filme transparente na parede, fixar a palavra e puxar delicadamente. Palavra por palavra.

IMG_4840

IMG_4839

Acho que demorei quase umas duas horas para terminar de fixar todas as frases na parede. Finalmente pude entender porque cobram tão caro para instalar o adesivo… realmente dá muito trabalho! E requer bastante concentração… no final já estava meio de saco cheio e por pouco não perco o último T. Ufa! Ainda bem que deu tudo certo. E este foi o resultado:

IMG_4841

“As melhores coisas da vida são as pessoas que você ama, os lugares que você foi e as memórias feitas ao longo do caminho.”

IMG_4842

E aí, gostou do resultado final? Juro que não ficou torto… a foto que ficou meio estranha rsrsrsrs 😛 😛

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *