E quando a vida me der limões…

Acontece. Comigo, com você e com todo mundo. Em certas épocas, a vida simplesmente nos entrega alguns limões – de forma inesperada – e muitas vezes não sabemos o que fazer com eles. Sem a gente esperar, aparece um saco de problemas batendo invadindo a nossa porta, exigindo dilemas a serem resolvidos e decisões a serem tomadas imediatamente. E sempre aparece tudo de uma vez: sem pausa para pensar, ou respirar. Apenas agir.

Temos então a oportunidade de testar nossa força, fé e habilidade para ficar de pé nas situações extremas. E a gente chora, grita, se revolta, fica triste e pensa em jogar tudo para o alto e desistir. Mas a gente não desiste. Eu ainda não descobri de onde tiramos recursos e energia para transformar os limões da vida em passado, aprendizado, evolução e crescimento. De uma maneira ou outra, conseguimos superar. E estamos prontos para as próximas surpresas da vida, sejam elas doces como laranja lima ou azedas (e amargas ao mesmo tempo) como limão maduro.

Não sabemos o que vem pela frente. Mas eu acredito que de certa forma, todos os sacos – e quilos – de limão que apareceram em minha vida serviram para me transformar em uma pessoa melhor, mais forte e preparada para lidar com as partes desagradáveis da vida. Afinal, quando o doce está bom, para que tentar melhorar? É o azedo que tentamos mudar; aquele sabor amargo que deixa a boca com gosto ruim, o coração negro e a alma vazia que precisamos tirar do caminho para voltar a sentir o gosto doce (e porque não salgado?) da vida novamente.

Então, aqui fica meu conselho: ao invés de somente adoçar o limão, porque não plantar uma árvore desta fruta? Não para espalhar seu gosto azedo para o mundo, mas sim para mostrar para você mesmo que há sempre uma saída e um novo jeito de fazer diferente (e melhor!). E o limão que se multiplicar vai dar flores, frutos, embelezar o ambiente e nos dar a chance de fazer tortas, mousses, sucos, caipirinhas, temperar os alimentos e ainda alimentar os animais. Porque eliminar o problema se podemos crescer com ele?

SONY DSC

SONY DSC

Lição do dia: para cada limão que azeda um dia, há centenas de pés perfumando uma vida.

 387 total views,  2 views today

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    6 thoughts on “E quando a vida me der limões…

    1. Júlia F.

      Gabi, esse texto veio em uma hora super pertinente na minha vida! Obrigada e otima semana! Bjao

      [Reply]

      caubi Reply:

      Oi Ju!
      Fico muito feliz 🙂
      Pra mim tb tá servindo viu…. bjoosss e obrigada pela visita.
      Uma ótima semana!

      [Reply]

    2. Maria Helena Goulart de Faria

      Texto lindo…e principalmente transformador…parabéns pelo seu entendimento da vida…

      [Reply]

      caubi Reply:

      Muito obrigada!
      A nossa visão de mundo vai mudando né..?
      Obrigada pela visita!

      [Reply]

    3. Maria Cleo Goulart

      Parabéns pelo texto .Como você disse todos nós recebemos alguns limões em nossa vida,
      o importante é aprender como utilizá-los ……..e.você está conseguindo…….Beijos

      [Reply]

      caubi Reply:

      Muito obrigada pelo carinho e leituras de sempre 🙂
      Bjoosss

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *