Quando o cansaço vira preguiça

Aquele momento em que é difícil levantar da cama. A realidade pesa e os corpo dói. Cansaço mental, físico e espiritual em pleno começo da semana; um cansaço que nada está relacionado com dormir muito ou pouco. Mesmo porque, quando não se está feliz, os problemas deitam conosco e passam as noites em claro nos acompanhando, a atormentar os pensamentos e nos encher de dúvidas e questionamentos.

A preocupação se confunde com a preguiça a partir do momento em que nossa rotina passa a ser afetada e tudo é tão cansativo: o trabalho, a atividade física, os estudos e até mesmo o tempo com a família. A paciência desaparece junto com nosso rendimento e o que era apenas uma preocupação se torna uma tormenta.

Fico pensando em como superar estas barreiras e ter coragem para enfrentar o dia depois de uma noite sem dormir; não é fácil colocar os problemas na gaveta e procurá-los apenas quando formos resolvê-los. O fato é que se pensarmos ou não a respeito de nossas dificuldades, elas não ficarão menos difíceis de serem solucionadas. Preocupar-se apenas aumenta nossa ansiedade e expectativas, o que pode gerar frustração se não resolvermos tal problema conforme o esperado.  E lidar com a própria expectativa é o mais complicado: como não se aborrecer por algo que ainda nem aconteceu?

Acredito que parte da solução está em manter a calma e tomar a decisão com a mente sã e corpo descansado. Deixar se levar pelo problema, não dormir e insistir em resolver sem pensar só irá retardar seu desenvolvimento. Confie: nada se resolve com a cabeça quente ou coração apertado. Nenhum problema é tão grande que não possa ser resolvido com a tranquilidade de um dia após o outro: não há nada melhor do que uma noite no meio para refletir melhor, descansar a alma e preparar-se para o dia que virá a seguir.

Levar uma preocupação para a cama não vai resolver a vida de ninguém: pelo contrário, só irá atrapalhar e adiar sua solução. Portanto, aqui fica a minha dica para ter uma semana tranquila, plena e feliz: não deixe com que seus problemas invadam sua intimidade, seu coração e seu inconsciente. Ao chegar em casa, lembre-se de guardá-los em um lugar protegido de você mesmo e que sejam lembrados apenas no dia seguinte. Eles não ficarão mais fáceis de ser solucionados, mas você estará em melhores condições para resolvê-los melhor.

foto

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, acabou de chegar aos 30 com histórias [quase] normais.

    3 thoughts on “Quando o cansaço vira preguiça

    1. Maisa Amadei

      Com certeza!!!
      Estou passando por uma fase em que todos os dias parecem intermináveis e o trabalho esta me consumindo, acaba sendo difícil não deixar os problemas invadirem nossa vida..
      Mas o equilíbrio deve ser encontrado.. Só assim conseguimos eliminar os problemas, e viver um dia após o outro..
      Adorei o texto, e me identifiquei muito..
      Beijooos

      [Reply]

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *