Recebendo os amigos em casa

 

Uma das coisas que mais gosto de fazer em casa é receber os amigos. Além de trazer alegria e boas energias para dentro do lar, acredito que é possível comer muito bem em um ambiente descontraído e sem gastar muito. Por isso, sempre que bate a saudade ou a vontade de se reunir, dou a sugestão de trazer as pessoas pra cá e logo me inspiro para montar mesas deliciosas e com muito carinho.

Antes de tudo, já começo a organização pelo número de convidados: este é o principal ponto para saber o tamanho da reunião e o tipo de recepção para organizar. Se for uma quantidade pequena de pessoas, é possível fazer um jantar e acomodar todos sentados. Já com um número maior, sempre prefiro finger foods, para que não haja a necessidade de talheres e os convidados possam ficar espalhados pelos ambientes sem a necessidade de comer à mesa.

Outro ponto importante para considerar: existe alguma restrição alimentar? Eu, por exemplo, sou alérgica à queijo gorgonzola e tenho algumas amigas que não bebem bebidas alcoólicas. Então, é preciso adaptar o cardápio para quem você vai esperar. Vale a pena prestar atenção aos detalhes para tornar a casa o ambiente mais acolhedor o possível.

Além disso, gosto bastante de caprichar no visual da mesa. Toalhas coloridas, flores e acessórios são alguns itens de decoração que você sempre irá encontrar por aqui. Além de deixar o ambiente lindo, mostra aos convidados que eles são bem-vindos e que você pensou com muito carinho para recebê-los. Gosto também de misturar as louças sem seguir um padrão.

Você pode também criar uma mesa de acordo com um tema específico: estação do ano, dia da semana, feriado, etc… solte sua imaginação!

Eu gosto bastante de misturar sabores, cores e texturas à mesa. Acredito que podemos fazer algo simples e misturar com comidinhas mais sofisticadas. Por exemplo, é legal montar uma tábua com queijos variados para petiscar… mas porque não servir também um pão quentinho para comer com azeite, sal e pimenta?

Quando abro as portas de casa, invisto bastante na variedade: doces e salgados juntos para provocar a degustação e porque não criar novos sabores? E nem sempre isso está relacionado com altos investimentos. Queijo, pão, frutas, tomate, patês e geleias são comidinhas que rendem bastante e agradam a maioria das pessoas.

A gente não precisa de desculpas para receber os amigos em casa. Basta usar a criatividade e o amor, que é possível tornar uma visita em parte do nosso lar.

E aí, o que achou das dicas?
Conta aqui 🙂

5 total views, 1 views today

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *