Vídeo novo: quiche low carb da Nutri

Que tal começar o dia com uma receita deliciosa, fácil, prática e low carb? Sim, tudo isso é possível! A nutri Lilian Nasser ensina a fazer no vídeo de hoje uma quiche de grão de bico com recheio de palmito e alho poró.

Aperta o play e vem conferir o passo a passo desta receita:

Ingredientes:
Massa:
250 g (meio pacote) de grão de bico cozido
3 colheres de sopa de azeite
Sal e orégano a gosto

Recheio:
2 talos de alho poró
1 cebola grande
1 xícara de palmito picado
4 ovos
1 pote de 200 g de creme de ricota
1 colher de chá de sal
1 colher de café de pimenta
1 colher de café de noz moscada
1 colher de café de açafrão da terra (cúrcuma)

Modo de fazer:
Massa:
Deixe o grão de bico de molho por aproximadamente 12 horas em imersão no vinagre. Depois deste tempo, cozinhe na panela de pressão o grão de bico na água para que ele fique bem macio.

Leve o grão de bico ao processador com sal, orégano e azeite e bata até formar uma massa homogênea. Despeje esta mistura em uma fôrma de fundo removível (cerca de 20 cm de diâmetro) e leve ao forno a 180 graus por aproximadamente 15 minutos.

Recheio:
Refogue a cebola no azeite até que fique dourada. Acrescente o alho poró e em seguida adicione o palmito. Tempere com sal e pimenta a gosto. Reserve.

Em um bowl, bata os ovos com um fouet e acrescente o creme de ricota e os temperos ~ sal, pimenta, noz moscada e cúrcuma. Mexa bem até ficar uma mistura uniforme. Acrescente a mistura de alho poró e palmito e mexa até incorporar todo o recheio.

Retire a massa do forno e recheie a quiche com a mistura de alho poró, palmito e creme de ricota. Volte para o forno por cerca de 20 minutos ou até dourar a massa.

Retire do forno, desenforme e está pronto para servir. Bom apetite!

E aí, o que achou desta receita? Conta aqui! 🙂

    Paulista de sotaque e raízes caipiras. Aquariana, corinthiana, administradora, eterna romântica e dona de casa amante de panos de prato, potinhos e canecas. Um pouco fotógrafa, aprendiz de escritora, cozinheira em evolução e sempre otimista. Dramática e criativa, atravessando os 30 com histórias [quase] normais.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    *
    *